0


Saudações da Luz, Queridas Águias!

É com muita alegria, satisfação e uma imensa emoção que hoje, dia 15/06/2017, por volta das 11:16h da manhã, recebi a notícia de mais uma impressionante marca alcançada pelo Blog Caminhando com o Mestre.

Hoje, pela razão de você existir e ser um buscador da verdade crística, estou comemorando os 500 mil acessos aos meus artigos.

Há um significado de suma importância nesta conquista, pois escrevo sobre temas relacionados à espiritualidade, autoconhecimento e as experiências que tenho com o meu trabalho pessoal como missionário através da GM (Grande Missão).

Muitas polêmicas são geradas quando se fala da espiritualidade, muito é preciso ainda se avançar pela escuridão da alma, promovendo a quebra de paradigmas, preconceitos e tabus. Mas já tinha consciência sobre isto quando comecei a escrever os primeiros artigos em fevereiro de 2005.

Relutei muito durante todo o ano anterior (2004), quem diria... me sentia constrangido em relatar fatos da minha vida e trocar estas experiências com  o público. Naquela época não tinha interesse algum, apenas registrava o que passava e deixava guardado no fundo de caixas e gavetas, sem que isto pudesse contribuir com nada nem ninguém, mas só hoje tenho esta consciência.

E tudo começou de verdade porque as informações dos Mestres não paravam de chegar. Lá no Japão, enquanto trabalhava chegavam a todo o momento através de orientações, instruções e revelações. E minha cabeça fervilhava, numa expansão intensa tanto do meu cérebro quanto da minha mente.

O processo de absorver, digerir e entender tudo que chegava ao meu conhecimento era intenso. E o mais curioso, tudo ocorria de forma tão rápida que saia anotando em qualquer pedaço de papel, papelão e bloco que encontrava pelo chão da fábrica.

Tentava registrar em detalhes... Gráficos, símbolos, mensagens, impressões, sensações e percepções. As cenas pareciam gravadas na minha mente e quando chegava em casa escrevia sobre tudo o que tinha ocorrido e isto acontecia até durante o sono, nas projeções astrais que fazia de forma consciente.

E não parava por aí, comecei a ter manifestações físicas como avistamento de naves, contatos e milagrosos amparos que recebia durante os vários acidentes que aconteceram na minha passagem pelo Japão. Eram tantos registros e anotações que não cabiam mais numa caixa e já começavam a se avolumar nas prateleiras da estante.

A verdade bem sincera é que eu tinha um desejo secreto de compartilhar com o mundo tudo o que ardia dentro de mim, mas temia o preconceito das pessoas e tinha medo das reações que adviriam das revelações que estavam em minhas mãos. Além do mais a minha timidez era latente. Preferia o silêncio a uma exposição desastrada.

Mas em fevereiro de 2005 o querido Mestre veio e começou a conversar sobre este propósito de escrever e compartilhar as minhas experiências com outras pessoas e tudo o que estava vivenciando ali no Japão.

A cada encontro, eu negava de forma taxativa...
Mas Ele pacientemente e de forma alegre, sorridente e paciente ia me convencendo. Foram 14 dias de encontros ininterruptos mesmo enquanto fazia o trabalho com as peças na fábrica.
As conversas se desenrolavam tranquilamente enquanto Ele também me contava histórias.... e revelações.

No 14º dia de forma carinhosa, me disse:

- Vamos pescar?

E instantaneamente mostrou uma visão incrível sobre um futuro não muito distante. Nesta Visão revelou como seria a Sua Vinda ao planeta Terra. Confesso, foi difícil de acreditar. Ainda nesta vida Ele viria? Foi o primeiro pensamento que surgiu numa dúvida bem contundente.

Foi quando Ele apenas olhou no fundo dos meus olhos, balançou a cabeça e sorriu. Naquele instante, toda a dúvida se desfez... Aquele doce olhar simplesmente marcou a minha alma por toda a eternidade, eu não tinha mais dúvida!

Começava ali naquele instante, a história de um peregrino que passaria a trilhar os passos no caminho do discipulado cuja primeira tarefa era aprender a escrever suas experiências pessoais. Lembro que os cinco primeiros textos postados no Site Vida Nova, hoje conhecido como Somos Todos Um, foi terrível.

Ver o resultado das minhas primeiras publicações, corrigidas pela revisora do site, foi algo bastante constrangedor... Fiquei profundamente envergonhado pelas gafes, erros de concordância, pontuações, parágrafos e acentuações. Pudera, já tinha até esquecido parte do português... e haja erros!

Passei a noite toda e os dias seguintes estudando as correções que a revisora tinha feito, comecei a analisar a forma correta de apresentar e até escrever um texto. Assim terminei os 21 capítulos daquela primeira série que saiu com o título de “Reconstruindo a Ponte” e contava as primeiras experiências na minha peregrinação espiritual até o dia do meu despertar de consciência.

Depois escrevi as séries: Retorno ao Lar, Caminhando com o Mestre, Uma Lição Chamada... Vida!,  Momentos Mágicos e, Comando Ashtar com vários capítulos e temas específicos. Foram abordados assuntos sobre relacionamentos, despertar da consciência, autoconhecimento, operações resgate e a realidade do peregrino da Luz em sua busca interior.

Durante 12 anos me dediquei a escrever artigos até mesmo quando a Grande Missão começou a tomar toda a minha atenção. Com o passar do tempo foi necessária a criação de grupos de estudos sobre os temas que escrevia e assim diversas pessoas foram chegando de forma surpreendente. Os primeiros encontros que promovia levavam cerca de 6 a 8 horas consecutivas entre estudos, conversas e bate papos sobre a espiritualidade e temas relacionados ao conhecimento oculto. O primeiro grupo de estudo chegou a ultrapassar 3 mil membros.

Nas salas era comum presenciar centenas de pessoas participando... Muitas começaram a despertar a consciência, me motivando a prosseguir firme e determinado nesta missão crística. Tudo era feito na internet, tanto no Facebook como no Skype.

Em pouco tempo havia mais de 40 grupos internos de estudo, atividades, treinamentos e aulas. Criou-se a partir daí as primeiras unidades para atuar no mundo umbralino através das Operações Resgate, surgia aí os grupos de primeiros águias do Comando.

Hoje, temos mais de 60 grupos internos, cujas atividades variam de acordo com o propósito ou missão. Todos os trabalhos são alicerçados nas publicações, mensagens e orientações postadas no Blog Caminhando com o Mestre.

A maioria das atividades que ocorrem dentro da GM (Grande Missão) é publicada neste blog. Há um acervo de centenas de artigos, textos, compactos, reuniões e operações que ainda não foram publicadas devido a necessidade de sigilo de alguns destes conteúdos, cujas publicações ainda não foram autorizadas pelos Mestres e estão relacionadas diretamente à ocorrências que transformaram o mundo atual, possibilitando a Ascensão de Gaia.

Muito deste material será transformado em livro, à medida que nos for autorizado.

Hoje posso dizer que estou imensamente feliz com esta realização e sucesso do blog Caminhando com o Mestre. Foi um desafio e tanto manter este trabalho após tantos ataques, incluindo as campanhas para destruir tudo o que foi feito com amor, carinho e doação. Quantas vezes ouvi que o blog iria acabar... assim como muitas palavras de baixo calão. Confesso que me cansei muitas vezes, até pensei em desistir, mas o amor que trago comigo me fez persistir.

Pessoas que se diziam Trabalhadores da Luz entravam nos grupos que criei para atrapalhar os trabalhos, assim muitos conflitos surgiram. Postavam no meu perfil palavras para promover discussão e mal estar. Ocorriam situações literalmente surreais promovidas por pessoas que se diziam da Luz mas que atuavam de forma destrutiva.

O caminho da Luz não tem sido um mar de rosas mas um caminho de pedras e espinhos. Sobrevivi a tudo... Como digo aos amigos: somos sobreviventes, já que muitos dos que me acompanham até hoje, foram alvos deste tipo de ataques e ondas de difamações. A maior vítima ainda tem sido a Corujinha e não se pode mencionar nem a verdade do que ocorreu com ela, por ética e respeito. Mas com ela não tiveram compaixão e nem escrúpulo.

Confesso que atribuo o sucesso alcançado neste Blog “Caminhando com o Mestre” à Corujinha. Pois como sempre mencionei foi dela as ações de melhorar tanto o layout do Blog como o incentivo de continuar a escrever. Assim, a Corujinha encontrou o blog com cerca de 150 mil acessos em junho de 2015 e conseguiu em dois anos, ultrapassar a marca de meio milhão de acessos através de uma melhor divulgação nas redes sociais.

E como ela gosta muito de frisar: “com artigos exclusivos escritos por mim”.

Não há como computar o número de leituras em outros sites que também compartilham os meus artigos, alguns ultrapassam milhões de acessos. O que espero é que todo este trabalho possa contribuir de alguma forma no crescimento das pessoas, ajudando a esclarecer as dúvidas daqueles que buscam sua luz interior para que possam encontrem na verdade crística a sua missão de vida.

Portanto, fica aqui registrado a minha profunda gratidão a você, Renata Zimmermann, a Corujinha que ensinou o caminho da rosa a um guerreiro que muitas vezes foi teimoso, mas que você soube suavizar o coração com o seu sorriso.

A você que tem me acompanhado nesta viagem divina em busca de conhecimento e troca de experiência, sinta neste instante a minha eterna gratidão!

Afinal, somos todos Um em conexão com o Todo.

A Escola da Vida é para todos, mas o aprendizado é individual.

Siga apenas a voz que soa no seu coração. A verdade está lá.

Agora, vamos comemorar!

O primeiro milhão está por vir.... e com muita alegria em poder estar junto a você, vivenciando esta jornada única na Terra.

Gratidão profunda!
Shima.
Namastê.

PS. E neste dia maravilhoso, Feriado de Corpus Christi vou lhe encontrar ao vivo às 20h BR (GMT -3) na minha página do Facebook para conversarmos sobre Chama Trina. Até daqui a pouco. Para acessar, clique no link abaixo e vem comemorar comigo:
https://www.facebook.com/escritorernestoshima


Postar um comentário

 
Top