0
Visão da Terra no espaço


Primeiramente, lhe convido a assistir os dois vídeos a seguir , que permitem uma melhor compreensão deste artigo.



O movimento dos planetas e do Sol dentro da Via Láctea






Por que está sendo divulgada esta nova realidade sobre o nosso Sistema Solar e seu movimento, assim como a dos planetas?



Pois é preciso quebrar paradigmas novamente, como fizemos no passado... Séculos atrás pensavam que a Terra era plana (como um disco de CD) e quem ultrapassasse a linha do horizonte, cairia num abismo sem fim. Lembra disso?



Também afirmavam que a Terra era o centro do Universo e que até o Sol girava em torno do nosso planeta azul...

Quem tentasse provar o contrário era queimado vivo nas fogueiras da Inquisição.


O avanço tecnológico e a construção de poderosos telescópios  que foram instalados aqui na Terra, bem como em sua órbita, permitiu o acesso a informações mais precisas sobre o Universo, em especial sobre este Braço de Òrion que é parte da Via Láctea, a nossa galáxia. Sem falar nas sondas que são enviadas para pesquisas e observações além do nosso sistema solar.



E você... Ainda permanece no passado?
... nas velhas crenças?



Perceba que muitas informações que estão chegando sobre sóis, planetas e outros orbes foram descobertas recentemente. Alguns dizem que certos objetos cósmicos vem na nossa direção, no entanto, tal pensamento deve ser analisado sobre outro ângulo, a partir do movimento do nosso Sol e do nosso planeta nesta viagem cósmica.



Estamos indo na direção de um imenso conglomerado de estrelas que possui um grande Sol Central, no qual o Sistema Solar orbita e completa o seu ciclo "anual cósmico" a cada 26 mil anos, aproximadamente.



Vários 'sistemas solares' também viajam por este mesmo espaço cósmico. 
Não somos os únicos nesta Via Láctea.



Agora, uma visão do Universo...



Imagine quantos novos sistemas, estrelas, orbes, poderemos ter acesso à partir desta viagem de nosso Sistema Solar...


Em viagens intercontinentais é comum os aviões passarem por "zonas de turbulências" em determinados pontos da atmosfera que podem ocasionar graves acidentes aéreos. Então, nesta viagem cósmica, é certo que vamos passar por uma destas zonas "de interferência", mas que fazem parte do trajeto. 
Tudo é sincronicidade.


Efeitos sobre Gaia e a reação física do planeta



Sabemos que o corpo humano é suscetível a variáveis situações do ambiente externo que refletem nas condições dos órgãos internos. Em alguns casos, manifesta-se doenças, distúrbios, febre e até convulsões em estados mais graves. 

Então, lhe pergunto... Sendo a Terra um corpo físico de um espírito planetário não poderia ter estes sintomas também?


Seria apenas a raça humana 'privilegiada' até nisto? Ou seria a Terra, um corpo vivo?



A história da humanidade e de todas as civilizações que já existiram sobre a sua superfície estão registradas em diversos livros antigos e até nas escrituras sagradas do Oriente. E em várias passagens há registros de eventos catastróficos, principalmente de inundações.



Em ruínas antigas, sítios arqueológicos, encontram-se marcas da existência de mares onde atualmente se vê apenas terra, no interior de continentes. Vestígios de fósseis marinhos são encontrados no interior do Brasil. 
Não há como acharmos que os peixes nadavam em terra seca...




Vamos entender o corpo físico de Gaia?


                                                             Disponível em:https://youtu.be/9taN2Lz-dAw


É como se estivéssemos vivendo sobre a pele de um corpo humano. E por baixo desta pele há diversas camadas onde existem rupturas, fendas e fissuras, que fragmentam cada parte deste corpo físico. A água do planeta é como uma rede sanguínea.



O centro da Terra é como se fosse o nosso pulmão e o magma representaria o oxigênio que alimenta o corpo de Gaia. 
Na transpiração deste corpo as lavas que passam pelas falhas geológicas e fendas seriam como o suor que sai de nossa pele pelos poros. As acnes que surgem podem ser comparadas aos vulcões.




Veja agora um comparativo que gosto de fazer entre a pele de Gaia e a do corpo humano:





 Fonte: Wikipedia.



Perceba que não há motivo para se criar polêmica ou entrar em estado de pânico com algo tão natural e cíclico no planeta. 
Fogo e água tem sido os instrumentos de limpeza neste orbe terrestre desde a sua criação. 

Nada é acaso ou "castigo divino".


Não pense que uma "salvação" virá dos céus. Isto é ilusão!



Agora, voltando a falar sobre Gaia, o que pensa sobre este ser planetário?
Já percebeu a dimensão do Universo?
Da nossa Via Láctea? E a Terra, significa alguma coisa para nós?





Veja Gaia como uma pessoa em estado de transformação interior, passando por febre, mudanças vibracionais, com dores no corpo, conflitos existenciais, ansiedade, náuseas, vertigens, vômito e até mesmo períodos convulsivos...



As reações de Gaia são de dimensões planetárias e não humana. 
O que para ela é apenas uma pequena "escoriação" mesmo como se fosse um simples ato de cortar uma unha do pé, para nós reflete em grandes abalos, como os terremotos de grande magnitude... 
Algo catastrófico para a raça humana... percebe?



Explosões solares, ejeções de massas coronais e o magma




Os eventos planetários decorrem da grande mudança ocasionada pela passagem do nosso Sistema Solar numa faixa de alta vibração energética que pode ser interpretada como um imenso portal no qual o planeta Terra será profundamente afetado, e como consequência dará o seu salto quântico para outro patamar dimensional.



Ejeção de massa coronal do Sol (Imagem: NASA/SDO)



A passagem do nosso Sol por esta faixa de alta vibração pode estar ocasionando a série de explosões solares, já que da mesma forma como um evento solar afeta a Terra é possível que isso ocorra com o nosso Sistema Solar, dada a correspondência dos fatos em si.



Quando há um extremo calor na atmosfera, nosso corpo tende a reagir contra este excesso desencadeando uma reação interna para diminuir a temperatura. Esta reação também causa distúrbios físicos em nosso corpo como taquicardia, alteração da pressão sanguínea e ocular, falta de ar, sonolência e até desmaios.



Ficamos encharcados de suor.



O que será que ocorre com Gaia neste caso? 
O magma não teria uma reação de "superaquecimento", visto que a massa coronal é constituído de plasma? 

Ou será que o campo eletromagnético da Terra (cinturão Van Allen) consegue conter todos os ventos solares em alta velocidade?



Gaia hoje, parece uma panela de pressão prestes a explodir.



Aí pode estar a explicação para as inúmeras ondas de terremotos e erupções vulcânicas.



As inundações e tsunamis nada mais são do que os efeitos destas ondas sísmicas, por isto é preciso acompanhar e estar atento às mudanças de "humor" do Sol, bem como analisar os sintomas do corpo de Gaia. Onde houver maior volume de ocorrências, podem estar os pontos mais fragilizados dela, neste momento.



O Trópico de Capricórnio, área crítica do planeta




Região do Atlântico no Litoral do Brasil, há uma depressão (Imagem Google Maps)



A série de ondas sísmicas no Chile e na Nova Zelândia recentemente, podem sinalizar um dos pontos em maior ebulição no interior da crosta terrestre... é preciso ficar atento a todas as fissuras e fendas que existem neste caminho que une as duas regiões.



A depressão submarina na costa brasileira, une-se a uma fenda que atravessa o continente africano até o Mar Vermelho. 
Esta depressão também pode estar ligada às fissuras que atravessam o continente sul-americano, passando por baixo de São Paulo e ligando-se ao Pacífico depois de atravessar o Mato Grosso do Sul, Paraguai, Argentina e Chile.



Então verifica-se que estas ocorrências estão na altura do Trópico de Capricórnio. Deixo isto como um alerta pessoal.



Fonte: Imagem retirada do Google.


Não sabemos onde está a válvula real de escape desta 'panela de pressão'.



Os estudos e pesquisas aliados ao bom senso é capaz de ampliar os horizontes do conhecimento humano e assim proporcionar a criação de sistemas de prevenção para as áreas de alto risco, em benefício da população que as habitam.






Veja mais - Sobre a Transição Planetária:


Em Amor e Luz,

Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

Postar um comentário

 
Top