0


Servidores,

Trazemos para o vosso conhecimento e compreensão, um tema que é considerado, por muitos homens comuns e também por alguns discípulos, como uma fantasia das mentalidades mais emotivas e das almas românticas.

Falar-vos-emos sobre as Chamas Gêmeas ou Complementos Divinos, sua criação, peregrinação, encontros e desencontros.


O que vamos colocar sobre a criação destas Chamas, todos vos já lestes ou ouvistes falar:
Na Sagrada Respiração, a Centelha Divina é criada por Deus/Pai/Mãe como o Ser de Fogo Branco, contendo os aspectos ou polaridades, positivo e negativo (masculino e feminino), que estão ali encerrados na Unidade.

Fica Ela livre para fazer Sua escolha, evoluindo e trabalhando como unidade no Serviço Cósmico, ou depois de certo tempo, esta Chama Única decide individualizar-se e, no momento da Sagrada Exalação, "O Sopro Divino", bifurca-se Ela na Presença Eu Sou. Então acontece o que todos vos sabeis: os Raios Gêmeos projetam-se em formas físicas individualizadas começando uma longa peregrinação pela Roda das Encarnações.

Podeis estar com a seguinte inquirição para fazer-Nos:

- Sendo estas Chamas individualizadas em positivo e negativo (masculino e feminino), na sequencia das encarnações Elas tomam sempre a sua característica original, ou passam por ambos os sexos para vivenciarem as experiências necessárias à sua evolução?

R. - Digo-vos, discípulos servidores, depois de individualizadas estas almas passarão, obrigatoriamente, pelas variações das suas originarias polaridades. Isto decorre da necessidade de acúmulo de experiências e, logicamente, pelos inevitáveis resgates cármicos. Mas, a característica de cada uma é a que terá predominância ao longo das muitas encarnações. No ultimo encontro, porém, estas Chamas irão fazer a sua união na polaridade que é sua de origem e que lhes coube como característica individual, no momento da separação. Unidas voltam a atuar alegremente como UM só

Cada experiência, vivenciada por estas individualidades, leva-as a um grande afastamento e, consequentemente, muitos sofrimentos são causados pela ânsia que o homem tem em viver e procurar a felicidade de forma errada.

Estas Chamas, em raras ocasiões, encontram-se em uma ou outra encarnação. Mas, como pessoas comuns, dificilmente se aperceberão da íntima união que existe entre elas, e raramente conseguirão viver uma união perfeita. Nestes raríssimos casos, o grande causador destes encontros frustrados é o desnível de consciências, além do fato dos homens não estarem conscientes da Voz Interna.

 Entendemos que, para o entrosamento harmonioso na vida dos casais, haja necessidade que as consciências estejam em estágios semelhantes que são, a Nosso ver, os níveis espiritual, educacional e intelectual. É  preciso que, em termos de pessoas comuns, pelo menos, duas destas características se façam presentes, para propiciar a essas emanações de vida uma união satisfatória, onde haja dialogo e interesses comuns. Quanto as Almas Gêmeas, logicamente, deverão possuir as três qualidades para uma harmoniosa vivência a dois.

Abrimos aqui um parêntese para chamar a vossa  atenção para as uniões entre os casais comuns onde a vida Doméstica é um acumulo de experiências e resgates cármicos, no recesso do lar. A falta de ideais elevados é um dos grandes motivos do tédio e desajustes conflituosos que todos vós sabeis existirem. Ha necessidade que os cônjuges estribem suas vidas a dois em reais valores e respeito mútuo, e assim possam construir  uma sólida amizade que irá tomar o lugar da paixão dos primeiros tempos. Uma vida alicerçada em valores autênticos, onde a lealdade, o respeito e o esforço de ambos deem, aos filhos, frutos desta união, a segurança e o exemplo para suas vidas futuras. Esta é a meta segura para a solidificação da família, como alicerce de infraestrutura em uma sociedade mais homogênea em suas bases. Procurai sentir no amago do vosso ser esta verdade: "a família é a célula mater da sociedade". Frisamos, ainda, a necessidade de uma vida com os incentivadores exemplos das lições espirituais que devem pautar a existência de todo ser humano.   

Retornando ao assunto encontro das Chamas Gêmeas digo-vos, estas como individualidades criadas por Deus/Pai/Mãe depois de viverem ao longo dos tempos todas as experiências que lhes aprazem e também aquelas que a Lei de Causa e Efeito lhes impõe viver, começam a voltar Suas Consciências para a vida espiritual que logicamente nada mais é do que a chamada do Ser Interno para o trabalho de retorno à sua origem. Começa, então, um trabalho gradativo de purificação, elevação da consciência, e provavelmente uma aproximação mútua, se ambas estiverem fazendo o mesmo esforço.

Digo-vos, discípulos servidores,  é muito raro que estas duas Chamas se interessem e façam este trabalho simultaneamente. Quase sempre uma está mais adiantada que a outra. Acontece, porém, que esse complemento, que se adiantou em determinado espaço de tempo, sente que não poderá galgar sozinho o restante de sua caminhada evolutiva. E então ele, por vontade própria, impõe a si mesmo uma parada, pondo-se a trabalhar e incentivar o seu complemento, até que esse atinja o nível de consciência necessário para que juntos possam galgar todos os degraus da evolução até atingirem a Ascensão. Por Amor, e por sentir que não deve continuar sua carreira evolutiva sozinha, esta individualidade faz o supremo sacrifício de esperar por sua contraparte.

O mais comum e que uma destas individualidades, tendo alcançado um grau de evolução mais elevado, fique trabalhando no plano espiritual, em serviço agradecido em benefício à Vida, até que o seu complemento possa alcançá-la, e juntos continuem a sua evolução e trabalho, até novamente tornarem-se UM.

Quando estas individualidades complementares tem a rara oportunidade de encontrarem-se no plano físico, com níveis de consciências equiparados, elas conseguirão realizar a união perfeita. Isto por que seus ideais são semelhantes, e a nota que cada uma emite, forma um acorde perfeito. Vemos então, nestas raríssimas uniões no plano físico, quando existe esta perfeita sintonia, que estes pares irão desincumbir-se de um serviço agradecido que lhes proporcionará uma profunda alegria interior. Isto porque eles estarão colocando em ação o seu Plano Divino ou Razão de Ser que é inerente a ambos. Este Plano Divino está guardado no coração de cada um pelo Mestre Interno, e só poderá ser realizado plenamente por ambos. Isto devido ao fato de que cada uma destas Chispas Sagradas traz em si uma parte deste Plano e, para sua realização perfeita, e imprescindível à participação de ambos. Digo-vos, este Plano Divino sempre será um serviço agradecido prestado à Vida. Quer seja no campo espiritual ou filantrópico, dependendo do que foi deliberado quando ainda estavam no seio do Cosmo, antes de começarem a vivenciar as experiências da Roda das Encarnações.

Digo-vos que esta e a união perfeita, que todos os homens almejam, propiciando, aos dois complementos, a oportunidade de auto aperfeiçoamento, integração e a verdadeira simbiose, onde as personalidades se afinam de forma harmoniosa.

Discípulos servidores, esta procura e a ânsia de felicidade que leva os homens a sofrimentos atrozes. Não deveis procurar por encontros que vos propiciem uma felicidade fugaz. Procurai antes de tudo a união com o vosso Mestre Interno e, através desta união, Ele começará a atrair para vós tudo aquilo a que tendes direito como herdeiros divinos. Quando não derdes mais atenção às atrações enganadoras criadas por maya, quando só tiverdes a atenção e  Amor para Ele, e principalmente, quando Ele sentir que O quereis mais que os favores que advém deste encontro sagrado, tudo precipitar-se-á em vossas vidas e, quem sabe, este encontro com vossa Chama Gêmea também. Fazendo-vos viver a plenitude do Amor, em uma união perfeita de almas complementares.

Aqueles poucos que foram abençoados com este encontro no plano físico puderam, com razão, afirmar que vivenciaram o céu na Terra e conseguiram viver o verdadeiro objetivo do casamento espiritual qual seja, o desempenho do seu Plano Divino ou Razão de Ser.

Atentai ainda para esta verdade: só tereis a resposta afirmativa do reconhecimento do vosso complemento divino através do Mestre Interno. Procurai ouvir o vosso coração, para não cometerdes os mesmos enganos que são os causadores de tantos sofrimentos nas vidas dos homens.

No momento em que uma destas Chamas Gêmeas ascensiona Ela assume o compromisso, diante do Seu Cristo e do Conselho Cármico, de doar energia para que o seu complemento possa continuar seu trabalho no plano físico, com ânimo e forças redobradas, até estar pronto para a união final, quando ambos ascensionados se tornarão UM.  

O tempo, mais ou menos requerido, para que estes encontros se efetivem, nas condições ideais para a união final, equivale a uma Roda Cósmica, ou seja, 14.000 anos.

Vosso Instrutor,
DJWAL KHUL

Postar um comentário

 
Top