0


Reflexões - O acordar das Águias

O caminho da Luz não é um mar de rosas, o caminho costuma ser repleto de pedras.

Mas a alegria de qualquer peregrino é quando reencontra o seu mestre interior e começa a subir a montanha sagrada.

A ilusão é pensar que se sobe numa trilha reta, direto do sopé ao cume da montanha. Não, isto é feito dando-se voltas, circulando numa trilha como se fosse de forma espiralada.

A cada volta sempre se vê um pequeno atalho ou para cima ou para baixo que se entrecruza com a trilha anterior ou a da próxima volta...

A cada passo, tropeçamos, caímos, levantamos e prosseguimos...

Às vezes nos confundimos na escuridão da noite... ou até mesmo no meio das tempestades durante esta subida...

E no cansaço, tristeza, dúvida... os conflitos surgem...

É mais fácil de ser ver as encostas abaixo... difícil é perceber a trilha acima imersa ainda na escuridão ou entre as neblinas que encobrem o percurso...

Ser persistente, acreditar e confiar... somente se sustenta na fé.

Pois na primeira queda após alcançar a trilha acima feita por uma volta tormentosa, pode-se olhar muito para baixo...

O peso da subida está escrito na trilha deixada para trás de fácil visibilidade, esquecendo-se que o sopé é mais largo, sinuoso e imenso...

A cada subida os passos mesmos cansados dão menos voltas em torno da montanha que se afunila...

Ao ultrapassar a camada da neblina que impedia os raios do sol de penetrar nas densas nuvens das dúvidas, a caminhada está repleta de surpresas... ...

Ao se banhar nos primeiros raio de sol acima, uma radiante visão se descortina no horizonte...

À noite é possível contemplar os brilhos das estrelas... como lindos diamantes cintilantes a te acenar...

Persista... insista... e jamais desista... o cume da montanha é logo ali...

A um passo de ti mesmo...

Quando chegares ao topo... ao cume... verás algo divino...

Se preocupou tanto na subida com a dificuldade...

E esqueceste que havia algo dentro de ti...

No momento em que estiveres lá em cima...

Verás que terá somente a ti e nada mais...

A vislumbrar um mundo, o tempo e o céu

Onde apenas tu estás...

E na leveza desta vitória diga:

Eu amo!

E sorria.

Em Amor e Luz,
Paz na Terra!
Shima.

Postar um comentário

 
Top