0

SAUDAÇÕES DA LUZ, QUERIDAS ÁGUIAS!

REFLEXÃO - MENSAGEM DO PAI MICAH

Hoje de manhã (14/04) estava muito pensativo sobre alguns acontecimentos surrealistas que fazem parte da nossa caminhada, onde o discernimento deve ser aplicado de forma lúcida e serena, pois as escolhas envolvem decisões... E decisões na vida precisam do bom senso, de uma atitude amorosa.

Todas as vezes em que me encontro num dilema, pois isso é parte da vida de um guerreiro, encontro na alegria das orientações e recomendações do Pai Micah a força que sempre busco nestas horas de amargura. A atenção Dele é algo indescritível, pois olha a cada um com olhar amoroso, sorridente... paternal.

Ele ama suas "Crianças" - é assim que que se refere a todos nós nos encontros que temos - tem sido assim, há mais de 10 anos, desde o Japão.

Ouvi-Lo é sempre uma emoção inenarrável de tão belo que são Suas palavras, num tom angelical, majestoso e alegre. Tudo o que Ele disse desde aquela época até os dias atuais ocorreram... as recomendações são de uma sabedoria e previsão incrível, pois mesmo quando não é possível compreender no momento, mais adiante se confirmam ou se realizam.

Assim tem sido também com a Mãe Divina...
É como estar em Casa, de volta aos braços amorosos de Quem nos criou.

A mensagem:


Saudações amados filhos,

Aqui quem fala é o Pai Micah.

Filhos, por muitas encarnações o ódio e insegurança perpetraram ações danosas ao plano divino.

O ímpeto quando mau utilizado gera distorções, estas distorções quando flamejadas geram desconexão com a Fonte.

Há de se ter o entendimento da humildade nas ações do servir...

Que o exemplo de águias que geram danos e perdas devido a arroubos emocionais sirvam a vocês como um mastro do sinal advindo de forças anti-crísticas...

Quem segura a bandeira é cada coração cativo... se o mastro for de luz teremos a bandeira crística... se o mastro for posicionado com intenções ou julgamentos pessoais que contradizem a memória e intenção do Todo vivente da raça humana, torna-se um fardo de difícil compreensão...

Um chão fofo não segura o mastro, mas permite a semeadura...

Percebam que a semeadura pode ser de ervas comestíveis ou daninhas... uma cria outra suprime... suga, desintegra o plano inicial...

Que o seu coração seja o mastro da bandeira crística, coração cativo na arte de despertar e sustentar o amor divino livre de julgamentos mas consciente da cosmoética vigente.

Deixo aqui a codificação necessária para este despertar consciencial.

Com amor sempre e esperança em cada servir.

Pai Micah. 

14/04/16 10:48h
Canal: Renata I. Zimmermann (Coruja Branca).


Em amor e luz,
Gratidão ao Pai e à Mãe!
Shima.
Namastê.

Postar um comentário

 
Top