0

 

Reencontro... e revelações!


Meu guerreiro,

De repente a vida se fez em harmonia
Os véus se desvelaram
A manhã que antes era triste
Torna-se cadenciada... plena em emoções!

Você não enxerga mais o horizonte apenas...
Vislumbra o Cosmo e o poder da Gratidão.
Descobre-se a si e no outro.
E o outro se revela em pleno amor e cumplicidade.

Do caos surge a imensidão
Da escuridão surge a luz
Do Sol a certeza
Do Pai e da Mãe... a revelação!

Que se faça e se cumpra...
Tal como é
Plenitude e harmonia
Paixão e amor

Calmo... sublime... ardente... único!
… pois em ti descobri o dom de amar.


Renata
(13/11/2015, 18:17h)



Sobre a Corujinha e a GM


“Deixamos em tuas mãos, num tempo longínquo... as chaves que abrirão uma nova era para este mundo terreno, saibas agora... amado coração... que há uma guardiã destes Portais que ainda terás de encontrar...
Ela será a tua conexão entre o Céu e a Terra e carrega em si mesma, a senha que te colocará diante da tua Grande Missão...” 

(Mestra Nada – Março/2011)

Saudações, queridas águias!!!

É muito lindo e sublime... reler esta parte da mensagem da minha mentora espiritual – Mestra Nada – ditada há 5 anos. Muito se passou desde aquela época e muitos enganos cometi neste período durante a minha busca pela companheira ideal, na qual era o sonho de um guerreiro que nada mais ansiava do que voltar para casa e deitar sua cabeça no colo da amada.

E tem sido mais sublime e revelador reler as cartas e poemas da Corujinha que dedica a este guerreiro, nas quais ela entoa as mais lindas expressões sobre o amor, amar e ser amor... transformando situações transcendentais em... momentos mágicos!

São verdadeiras revelações que desvelam os mistérios entre casais, almas gêmeas e complementos divinos...

As expressões: “quem ama cuida!” e “somente o amor cura!”... tem sido uma das lições mais dignificantes e exemplar que uma alma guerreira poderia almejar numa encarnação terrena. E tem sido estas lições que a Corujinha vem passando para todos nós, da GM e do CNA, onde causou uma verdadeira transformação nos relacionamentos entre todas as águias, criando laços de integração, participação e interação inédita, exemplificando a verdadeira fraternidade humana, meta da Grande Missão.

A “visão da coruja” é algo mágico... e transcendental. É a marca de uma sacerdotisa. A compreensão da Corujinha ultrapassa qualquer entendimento humano. Ela vê a alma de cada pessoa e possui o sentimento do amor maternal que sobressai em suas reflexões, análises e orientações direcionadas às águias que integram a GM. O que ela sempre recomenda é a prática contínua da compaixão e misericórdia, o que sabe fazer com maestria e sabedoria.

Para mim, pessoalmente, a convivência ao lado dela tem sido um aprendizado além da imaginação ou expectativa. Tem surpreendido sempre. Este é o encanto dela... sabe amar! E foi dela as maiores revelações sobre as baixas que ocorreram dentro da GM, principalmente quando ela mesmo desvendou os mistérios do Lado 2 (Sombra) sobre as ex-águias. E, foi firme quando disse amorosamente:

As que saíram... meu guerreiro, por incrível que pareça... não tiveram culpa!

A afirmação dela, ressoou no meu coração, pois sabia o que tinha ocorrido com todas, mas apenas agora, alguém surgia, investigava tudo e simplesmente dizia isto com toda a segurança. Em nossas conversas diárias, falamos muito sobre isso... o Lado 2 e o Lado Sombra de cada alma encarnada na Terra. Como isso influencia negativamente o destino das águias que vieram com um propósito divino e que desviam pela questão do plexo solar.

Isto tudo foi se confirmando conforme recebíamos orientações e instruções dos nossos irmãos – Povo de Aruanda – em nossos encontros diários, em que sempre ocorre a confirmação ou uma nova revelação sobre as águias que passaram pela GM. No último, uma entidade enviada pelo Pai  Xangô disse sobre uma das águias:

- Ela tinha uma linda missão com a GM e o Pai, mas desistiu. Escolheu servir a profissão pessoal, que faça desta então uma linda missão!

Sim, tinha a plena convicção sobre isto e a missão desta águia, a quem dediquei todos os esforços para o seu resgate, pois havia sido instruído. E, quando após tanto navegar e perto da praia, desistiu... nada mais pude fazer. Deixar uma águia voar livremente é um dos nossos propósitos. O livre arbítrio impera em nosso mundo.

O Plano Divino ainda está além da compreensão de uma consciência física encarnada.

- Siga a Rosa e o seu destino!

Esta foi a orientação recebida pela Mãe Divina e depois dita pela Kwan Yin... a Mãe Maria foi a que mais instruía sobre isto junto à minha mentora espiritual, Mestra Nada...

Eram a senha e a chave.

E a busca do guerreiro... terminava.

Assim que a Corujinha assumia o seu lugar na Grande Missão, tudo deixou de ser virtual e passou a ser manifestado no plano físico.... e a UTL – União dos Trabalhadores da Luz foi a sua primeira responsabilidade como dirigente da GM, criando várias salas de encontros e reuniões em nossas conversas particulares, onde explanava os novos projetos para todas as águias. Novos estudos foram iniciados e principalmente, deu um novo impulso no Projeto Terra, sustentado pela CNA.

Analisou a situação da GM como um todo e recomendou uma renovação profunda em alguns setores, principalmente no caso do DCM – Divisão Cruz de Malta – em que ela transformou no ISG – Instituto Saint Germain -, uma empresa voltada para a pesquisa e difusão do conhecimento holístico. Através do ISG, criou a Editora, o Ensino À Distância e agora acompanha a formação de cada águia dirigente do CNA para a capacitação ao serviço à Luz no plano físico.

A Corujinha é médium desde a infância e durante toda a sua vida vivenciou situações que um ser humano jamais acreditaria ser possível para uma personalidade encarnada, de tão absurda, bizarra e surreal que passou por sua vida. E, foi através de ataques constantes por parte das trevas e seres alienígenas negativos que a fortaleceram em sua caminhada. Os registros dos resgates feito por ela no Tribunal do Conselho Cármico, revelam o segredo da Coruja Branca.

Foi também através de uma entidade da Umbanda que conheci em 1977, e o qual tinha um imenso respeito por me salvar a vida várias vezes na época da minha juventude, que reencontrei agora, quando ele mesmo, orientou a Corujinha para entrar no PTL – Portal dos Trabalhadores da Luz. A história com esta entidade do Povo de Aruanda e como foi feita a conexão dela com um guerreiro fica para um próximo artigo... é muito longa. Foram as últimas 52 reencarnações com finais inesperados, que proporcionaram a oportunidade de concluirmos uma grande missão iniciada eras atrás.

Assim que a Corujinha entrou para a GM, começou a receber “ataques” internos movidos por ex-águias devido a questões originadas por egos e vaidades. Junto com o comandante Ashtar, fizemos o seu isolamento e recolhimento para preservá-la dos ataques e receber uma maior proteção do próprio Comando. Criei o CCI – Centro de Comunicação e Inteligência do NA, um canal de comunicação direta dela com Ashtar, o meio pelo qual sempre mantinha minha conexão com Ele. A Corujinha foi então nomeada e aceita por todos os Comandos Estelares como uma representante direta do NA nas comunicações e mensagens neste nível de consciência.

No CCI, a Corujinha passou a receber treinamentos e aprimoramentos para esta nova missão de forma secreta e sigilosa, passando por várias iniciações como sacerdotisa. Ela possui a egrégora da Coruja Branca, reconhecida universalmente com a própria entidade espiritual encarnada no orbe terrestre, um símbolo que representa a Mãe Divina e sua energia feminina manifestada por esta ave mística.

Em muitos resgates umbralinos... a presença da Coruja Branca, foi fundamental para o retorno à Luz de muitos irmãos e irmãs que estavam atuando nas trevas mas que no passado atuaram como sacerdotes e sacerdotisas do Pai Micah e da Mãe Divina... nestes resgates conseguiram reencontrar a si mesmos e o propósito divino que deviam cumprir na Terra. Foram momentos emocionantes e inesquecíveis quando reconhecemos estes velhos irmãos de jornada na luz.

Entre os treinamentos mais rigorosos ocorridos no CCI para a preparação da Corujinha, foram as etapas relacionadas a desvendar e identificar os hologramas falsos que causavam os desvios de condutas e mensagens errôneas por parte de alguns canalizadores. Foram várias vivências e testes promovidos pelo Comando Ashtar e pelo Tribunal do Conselho Cármico para que ela, alcançasse o patamar ideal de ser a “Ponte” entre o Céu e a Terra, como foi previsto anos atrás em uma mensagem da minha mentora espiritual.

Todo o canal puro é desprovido de ego e vaidade. E a Corujinha, apenas demonstrou sua aptidão natural como essência divina nestas canalizações, mesmo em condições adversas e sob ataques severos constantes, permaneceu leal e firme no propósito de servir ao Pai e a Mãe, recebendo a proteção total do Comando Ashtar e da Hierarquia Espiritual.

Foi através da Corujinha que a GFH chegou à Fonte Primordial.

É também por iniciativa da Corujinha que hoje, a nosso pedido, o NA possui um protocolo de segurança máxima apenas reconhecido pelas Hierarquias Espirituais, onde cumprimos rigorosamente as normas e as codificações secretas. Isto tem evitado infiltrações e interferências nas canalizações e clonagens de seres da Luz, por parte das Trevas.

Foi inclusive por parte da Deusa da Corujinha que hoje o NA possui uma placa de aviso e alerta para invasores, o que garante uma maior segurança. Na calçada do lado de fora do NA foi instalado uma tenda de atendimento espiritual sob a direção do Povo de Aruanda e muitos resgates são feitos bem diante da entrada do NA.

As reuniões e encontros diários feitos no NA com o Comando ou a Hierarquia Espiritual, é marcado por uma forte segurança, inclusive já foram feitas várias filmagens das Sondas (Bolhas de Luz) que fazem a limpeza energética e combate  invasões no interior do NA, além daquele vídeo onde uma Escolta do Comando Ashtar nos acompanha em qualquer deslocamento fora do NA.

Dois meses antes da Corujinha entrar para o PTL, aqui no NA apareceu duas imensas corujas brancas que pousavam à noite no telhado do fundo, de frente à janela do meu quarto, partindo sempre ao amanhecer quando me levantava. Hoje, essas corujas brancas atuam na vigilância do NA e quando elas soltam o alarme... imediatamente todos os Guardiães entram em alerta máximo. Pois sempre se confirmam instantes depois, os ataques umbralinos.

Atualmente a Corujinha registrou uma empresa, o ISG – Instituto Saint Germain – e colocou esta entidade a serviço do Pai e da Mãe Divina, dos quais ela recebe as recomendações, instruções e orientações para as atividades que vem criando e desenvolvendo ao longo dos últimos meses. O EAD vem sendo criado através de uma plataforma em que desenvolve os trabalhos a partir do seu conhecimento em TI – Tecnologia da Informação - ocasionado por sua passagem como funcionária da Embraer e nas áreas de Terapias Alternativas, aplica seu conhecimento como Terapeuta e Bióloga. A criação de uma ONG e de uma Fundação está em fase de conclusão sob a direção dela.

Como editora, produtora e webdesign reestruturou a Editora do ISG onde já catalogou várias edições de títulos, trilogias e séries dos textos e artigos publicados em Caminhando com o Mestre. É  da iniciativa dela a criação de diversos cursos sobre espiritualidade, autoconhecimento, meio ambiente, cultura, terapias e artes. É fundadora da Shakti Revista. No NA instalou a OMNI Estúdio de Gravação, que edita os vídeos do CM. Criou também em equipe, um site próprio e mais 4 estão em construção, além de várias salas de estudos, reuniões e cursos on line em fase de implantação.

Como sacerdotisa da GM é a dirigente máxima do Templo do Amor Divino (TAD) do qual coordena e supervisiona os vários setores como o TC (Templo da Cura), o TCV (Templo da Chama Violeta), o TSG (Templo do Santuário do Guerreiro), o TMD (Templo da Manifestação Divina), o TP (Templo da Purificação), o TIN (Templo da Integração Natural), o TAG (Templo de Amor à Gaia), o TL (Templo Lunar), o TCA (Templo Cristal Azul), e o TS (Templo Solar). Além desses está sob o seu comando o CLL (Comando Legião da Luz), o CS (Conselho das Sacerdotisas), o JD (Jardim das Deusas) e o CFS (Centro de Formação Sacerdotal).

Desde a chegada da Corujinha na GM, foi notável o crescimento das atividades nos grupos internos na questão de treinamentos, instruções e orientações, além das missões e operações secretas que desenvolve junto ao CAD (Comando Águia Dourada) e o CA (Comando Ashtar). O aumento de membros nos grupos internos ultrapassou milhares de águias, sem falar na quantidade de artigos e textos que são publicados a partir dos seus trabalhos e suas canalizações. Livros canalizados por mestres, mentores, guias espirituais e comandos estelares, serão publicados em breve.

Além do Projeto Terra destinado ao CNA – Comunidade Ninho das Águias, a Corujinha se empenha nas atividades em várias frentes, destacando-se o Projeto para Crianças e Adolescentes a ser implementado no GNA – Grupo Escoteiro Ninho das Águias, baseado na sua experiência como bióloga na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e como Conselheira Tutelar na garantia do cumprimento dos Direitos de Crianças e Adolescentes.

Atualmente está conduzindo os trabalhos do Lançamento do Livro “O Voo da Águia – Caminho para  o Despertar”, onde desenvolve uma campanha de marketing e divulgação a nível global. Foi inclusive por iniciativa dela que este livro deixou de ser um projeto e virou uma realidade. Em apenas três semanas, após enviar-lhe o link dos artigos, a Corujinha apresentou os planos de ações que deveriam ser feitos em curto espaço de tempo e devido a esta atividade, optou por dar continuidade à Shakti Revista, após o lançamento do livro.

Muitas informações, novidades e revelações sobre a Transição Planetária, o Plano Divino e o Expurgo Planetário, virão ao conhecimento dos leitores e membros da GM.

Fica aqui a minha gratidão pessoal à Corujinha, pelo aprendizado mútuo, pela parceria incondicional, pela companhia que ultrapassa noites sem dormir, pela sua cumplicidade nos momentos de conflitos, e sua lealdade de guerreira junto à missão crística que assumimos cumprir juntos. Sua sabedoria e conhecimento são os alicerces que sustenta hoje a Bandeira Crística e a sua humildade e simplicidade, o maior exemplo na arte do Servir.

Gratidão Renata!

Em Amor sublime,
a alegria de estar contigo!
Shima.
Namastê.

Gratidão ao Pai e a Mãe!

Postar um comentário

 
Top