1


Saudações da Luz, queridas Águias!

Estamos a caminho do último trimestre da Subida na Rampa. 
Você sabe o que é isto?

Apenas mais três estações de desembarque e embarque se interpõem entre  o momento atual da viagem e o Portal da Órbita 4D, enquanto a Grande Colheita se faz presente a cada etapa desta jornada transcendental.

A Subida na Rampa é a nossa etapa dentro do processo ascensional, onde nossas consciências se expandem conforme Gaia inicia a sua caminhada rumo à quarta dimensão, e esse evento ocorreu em 20 de maio de 2015, quando milhares de trabalhadores da Luz em diversas partes do mundo, unidos num único propósito, entoaram a Grande Invocação. Neste ritual, um grande Portal de Luz foi acionado para que Gaia se libertasse das amarras da terceira dimensão.

Nessa nova jornada ascensional de Gaia, iniciou-se também o processo da separação do joio e do trigo (que é denominado como) ou seja, a Grande Colheita e isso significa que apenas as pessoas conectadas com a nova vibração advinda de Gaia poderão prosseguir nesta viagem, por isso falamos sobre a Subida na Rampa.

Desde que foi iniciada a Missão Paz na Terra em maio de 2013 e que prosseguiu na expansão da Teia Crística em maio de 2014, o evento seguinte de maio de 2015 marcou o início da Grande Colheita, quando Gaia iniciou o seu processo ascensional para a 4D.

MPT significa Missão Paz na Terra e foi criada com o propósito de estabelecer a reconciliação da Humanidade com Gaia e difundir as corretas relações humanas onde a fraternidade possa ser instaurada de forma consciente nas mentes e corações das pessoas sintonizadas com o propósito espiritual de implantar o Plano Divino na Terra.

Sem este estado de consciência onde o Amor Crístico se manifeste, seria impossível o despertar planetário para a ancoragem da Luz em nosso planeta. A Teia Crística pode então ser sustentada por essas consciências amorosas, ou seja, pelas pessoas de boa vontade e amor crístico. Então a MPT é o movimento da expansão destas consciências a nível mundial, cujo símbolo é representado pela Bandeira violeta contendo a Chama Trina como força irradiadora deste Amor Crístico.

Foi também em maio de 2015 durante a apresentação do Manifesto da UTL no Festival de Wesak  que fundou a GFH (Grande Fraternidade Humana da Terra) que Missão Paz na Terra hasteou a sua Bandeira Crística pela primeira vez no mundo de forma oficial.

O Festival de Wesak foi o evento escolhido para a entrega do Manifesto da União dos Trabalhadores da Luz por reunir uma vez por ano, a Hierarquia Espiritual Cósmica e Universal, os Seres Iluminados como Buda (Sidarta Gautama) e Cristo (Maitreya), a Grande Fraternidade Branca dos Mestres Ascencionados, os membros do Tribunal do Conselho Cármico da Humanidade e representantes da raça humana encarnada na Terra, num encontro de grande magnitude. É considerado a Festa da Humanidade Terrestre.

Neste Manifesto, consta a nossa invocação e pedido para sermos reintegrados na sociedade cósmica e universal como filhos e filhas de Deus Pai/Mãe. A UTL  representou todos os trabalhadores da Luz da Terra que se reuniram neste objetivo e propósito onde a intenção era a de fundar a Grande Fraternidade Humana da Terra, como uma entidade espiritual que representasse a raça humana terrestre diante do Grande Conselho Cósmico e Universal.

Em agosto deste mesmo ano, após cumprir os 12 Atos que referendava a Grande Fraternidade Humana da Terra como representante da Humanidade diante da Sociedade Cósmica e Universal, foram iniciados os primeiros contatos diretos com a Hierarquia Espiritual Solar e Intergaláctica e o Comando Supremo Estelar.

Estes 12 Atos simbolizavam o nosso comprometimento com a proposta contida no Manifesto da UTL, e estabelecia os 12 passos que deveriam ser cumpridos pela Humanidade em sua intenção de ancorar o Amor Crístico na Terra e no resgate cármico com a Mãe Terra (Gaia). Os 12 Atos estabelecia a Redenção e Reconciliação como raça humana em sua essência original de ser as consciências divinas encarnadas para a implantação do Plano Divino da Terra.

Para que a Humanidade venha a cumprir este propósito divino seria necessário o restabelecimento das conexões com a Fonte Primordial e a aceitação da Grande Fraternidade Humana da Terra como a nossa entidade espiritual representativa. Para isso tornar-se uma realidade no plano da manifestação física seria importante e decisivo os contatos com os nossos irmãos estelares, de forma consciente.

Estes encontros interdimensionais tinham o propósito inicial de estabelecer as conexões a níveis de consciência e lucidez com os nossos irmãos estelares sob as orientações de nossos mentores e mestres que conduziram todos os processos de aproximação e contato.

Nestes encontros iniciou-se o movimento para a precipitação da Hierarquia Espiritual no mundo físico conforme estava determinado no Plano Divino da Terra e, em setembro de 2015, a Transição Planetária tornou-se irreversível e assim foi decretado definitivamente o fim da era da escuridão em nossa humanidade.

Desde que o Grande Conselho Cósmico e Universal passou a intervir na Terra iniciou-se também o Juízo Final no processo evolutivo da Humanidade, ocasionando a separação do joio e do trigo conforme a determinação do Decreto Divino, publicado em julho de 2015 no blog Caminhando com o Mestre, inclusive, você pode encontrar o link do decreto Divino na descrição deste vídeo.

Em janeiro de 2016, foi aberto o Conclave Universal que vai decidir os destinos da Humanidade Terrestre nesta Transição, onde começa o Expurgo Planetário para toda a raça humana e todas as Emanações de Vida no planeta. Este Conclave Universal é dirigido pelos Anciões dos Dias, na presença de membros dos Conselhos Universais.

As consciências humanas que não alcançaram o patamar vibratório para a nova etapa de relacionamento com Gaia, deverão deixar o planeta assim que o desencarne ocorra. Os habitantes do mundo umbralino vem sendo retirados de todas as regiões e camadas existenciais, são seres de alto índice de negatividade que impossibilite novos aprendizados podendo ser extintos.

Além da extinção, existem os vereditos de exílio e banimento.

Centenas de raças planetárias deste e de outros universos vieram para o aprendizado terreno e mais de 65 bilhões de almas desembarcaram ao longo de eras e ciclos para a experiência humana na Terra.

A maioria dessas consciências não obtiveram êxito e por isso, irão passar pelo expurgo planetário, para que o desencarne ocorra e possam ser encaminhadas para outros campos de existências e aprendizados. Os eventos que irão ocorrer sobre todo o planeta tem esse propósito divino.

Apenas uma pequena parte da Humanidade atual, está conseguindo a passagem para a Nova Terra. Mas será esta mínima parcela que iniciará a civilização terrestre da nova era. No Plano Divino está determinado a reinstalação do Governo Planetário e sua reinserção na Sociedade Universal.

A Grande Colheita Final é o expurgo planetário acontecendo agora!

O Juízo Final é o julgamento que está ocorrendo no Conclave Universal sob a intervenção divina do Grande Conselho Cósmico e Universal. O Tribunal do Conselho Cármico da Humanidade atua diretamente durante todos os processos que envolve a própria raça humana e todas as emanações de Vida presentes em nosso orbe terrestre.

Todas as Consciências Superiores (Eus Superiores) estão presentes nestes julgamentos que envolvem seus fragmentos – as centelhas divinas – e estão acatando os vereditos decretados, cumprindo os acordos estabelecidos no Conclave do Conselho Cármico da Humanidade de 1987.

A pena máxima que é a extinção de vida pode ocorrer imediatamente após o veredito. A consciência quando extinta, é a centelha divina devolvida ao oceano cósmico da Criação como se fosse uma gota d'água. Como energia individualizada, a centelha se desintegra e, passa a fazer parte apenas do fluxo da maré cósmica e universal, da mesma forma como uma gota se dissolve num oceano de água.

As consciências que alcançaram um nível de vibração compatível ao seu planeta de origem, poderão retornar à sua essência matriz junto aos seus irmãos de nascimento estelar ou então, escolher o serviço ao Pai e à Mãe em outros recantos do Universo, já que cumpriram suas missões na Terra. Para estas almas divinas, ocorre o Retorno ao Lar.

O banimento decorre da incapacidade da consciência humana de permanecer na Terra na nova etapa, pois não evoluiu dentro do propósito divino estabelecido por sua consciência superior e nessa experiência humana, acarretou danos a si mesmo e a outros irmãos de jornada e poderá prosseguir sua jornada em outro orbe, cuja vibração é compatível com seu patamar evolutivo.

O exílio é uma penalidade grave que é determinado quando a consciência humana causou sérios danos ao Plano Divino na Terra. Em sua maioria, os casos relacionam-se à escolha pelo caminho anticrístico. Praticamente mais da metade da Humanidade optou por esta margem do rio, o lado da sombra, ou seja, permanecer na ilusão e na inconsciência.

Os exilados recomeçarão todo o processo evolutivo num orbe onde a energia crística inexiste. Assim como deverão utilizar veículos (corpos físicos) muitos parecidos com os dos reinos animais existentes no inicio da formação de um orbe planetário. Serão bem primitivos.

Os escolhidos a permanecerem na próxima etapa da Nova Terra são aqueles que trazem em seu coração a Bandeira Crística, a consciência desperta e a vontade de servir ao Pai e à Mãe Divina. O Amor por Gaia e o sentimento de gratidão à Mãe Natureza será a nova consciência neste planeta azul. E se você se sintonizou com nosso canal e está ouvindo esta mensagem é porque já iniciou o seu processo de despertar... por este motivo, esta série de vídeos tem o objetivo de esclarecer dúvidas que possam surgir no seu processo individual e lhe fornecer subsídios para a compreensão deste processo de transição planetária.

Como podemos entender este Expurgo Planetário?

Quando um governo de um país decide criar uma nova cidade numa determinada província, decreta a desapropriação da região onde será erigida este novo projeto. Para se construir um novo edifício será preciso a demolição prédio antigo e a retirada das ruínas para que o terreno seja limpo e preparado para a nova construção. Nisso, o governo faz o pagamento da indenização e o remanejamento dos moradores da região para outro local apropriado.

No Expurgo Planetário, dentro dos acordos estabelecidos no Decreto Divino, as consciências humanas incapazes de permanecerem no orbe terrestre, deverão ser enviados para outros orbes onde poderão prosseguir em seus processos evolutivos, conforme o patamar vibracional inseridos em seus códigos genéticos. Os que permanecem na vibração tridimensional serão levados para orbes desta mesma vibração. A diferença entre esses orbes da terceira dimensão serão definidos de acordo com as escolhas individuais, grupais e raças planetárias.

O grau de negatividade inserido no código genético determinará para qual orbe, um indivíduo será enviado. Os que vibraram na energia anticrística, serão enviados para orbes onde essa energia é a força reinante. Os que estão em estágio probatório entre as duas energias (luz e treva), irão para um planeta de expiação e provas novamente. A Terra está adentrando na vibração da Luz e Amor, por isso, está destinada àqueles que alcançaram esse estágio vibracional. A Paz será definitivamente estabelecida no orbe terrestre da quarta dimensão.

Espero que você tenha gostado deste vídeo e gostaria de lhe pedir que caso conheça alguém que se interesse por este assunto, por favor, compartilhe esta mensagem. Quanto mais águias pudermos atingir com esta mensagem mais poderemos auxiliar os mestres no processo de despertar planetário.
Se gostou, peço que curta o nosso vídeo pois assim você incentiva o nosso trabalho e podemos nos conectar a mais águias que também buscam respostas.

Agradeço pelos momentos que passamos juntos e aguardo suas dúvidas que serão respondidas em um vídeo brevemente. Até lá, lhe convido a assistir o próximo vídeo que abordará o tema dos contratos cármicos.


Um grande abraço e beijo no coração.

Shima.
Paz em Cristo.
Namastê.

Gratidão ao Pai e à Mãe.

Postar um comentário

 
Top