0




A CORUJA BRANCA E O GUERREIRO

A minha relação consciente com Kwan Yin (que conhecia como Deusa Kannon) vem desde 1977, quando passei a conhecê-la e foi no Japão que passei pelo processo de iniciação no Templo Etérico da Chama Violeta localizado acima do Fujisan, onde em 1992 recebi as primeiras iniciações com essa divina manifestação da Mãe Divina.

Em 24/9/12... por volta das 23h30... ela apareceu durante um ritual que estava sendo feito no Ponto Focal de Luz, que ela mesma ativou no dia 20/5/12... só percebi a presença dela pelo perfume de Jasmin que tomou conta aqui em casa!!! (NA/RF)

Em 20/05/2012 foi Kwan Yin que ancorou no primeiro NA do Riacho Fundo/DF a Luz do Oriente (Pirâmide de Cristal de Luz), do qual se relaciona aos Portais de Luz que foram abertos no Japão durante a minha peregrinação lá.

Sobre o Código do Guerreiro (Bushido), o aprendizado sobre as condutas para o serviço à Luz veio de um mestre japonês. A Deusa Kannon (como ela é conhecida no Japão) foi a mentora e instrutora dele. Por 5 anos recebi ensinamentos, conhecimentos, práticas e orientações sobre os procedimentos de cura com a chama violeta, através deste mestre japonês.

Reencontro com a Deusa Kannon

Foi hoje, dia 20/03/2016, durante um registro sobre minhas atividades no Japão naquela época - analisava os fatos ocorridos -, que a amada Mestra Kwan Yin se manifestou aqui no NA pela primeira vez, através do canal, a Renata I. Zimmermann.

Enquanto falava dela para minha esposa, sobre as iniciações ocorridas comigo no Japão, ela veio e imediatamente senti a sua presença amorosa ao nosso lado. Conheço-a e sua energia e nossas conversas sempre ocorreram de forma normal como é divulgado em meus artigos.

Ela então pediu para a Renata, se podia se manifestar para mim, através dela, pois gostaria de conversar sobre um assunto de extrema importância, o que permiti, pois sempre será uma honra, alegria e gratidão ter a presença dessa divina mestra que me acompanha há quase quarenta anos.

Conversamos pessoalmente alguns assuntos, confirmando o que somente ela sabe dos nossos encontros anteriores e depois antes de partir deixou a mensagem para ser publicada pela Renata.

Assim tem sido os treinamentos desenvolvidos para as sacerdotisas que integram a GM, de serem preparadas intensamente para serem canais puros para a Hierarquia Espiritual e a presença da instrutora destes canais junto a Mestra Nada e Mãe Maria, que é a amada Kwan Yin, foi para consagrar a Renata nesta função e missão junto ao Pai e a Mãe Divina.

O codinome Coruja Branca ainda permanece para a maioria do público leitor, mas para as águias do Comando, pedi a Renata que assumisse o seu nome desta encarnação, assim como Shima assume a sua identidade diante dos trabalhos que são feitos nestes 10 anos.


Coruja Branca e Guerreiro são nossos codinomes registrados nos anais do Tribunal do Conselho Cármico de nossa jornada terrena desde a primeira missão na Terra há eras e são reconhecidos pelas Hierarquias Cósmicas e Universais.

As canalizações das Hierarquias Espirituais publicadas por mim e relacionadas à GM, que vieram assinadas como “Canal Protegido” desde agosto de 2015, eram frutos dos trabalhos da canal Renata I. Zimmermann. Assim foi feito na época para a sua proteção e também para preservá-la no serviço à Luz.

A Renata é médium consciente desde a infância... e seus mestres e mentores que se apresentaram aqui no NA são em sua maioria os mesmos que foram meus guias durante a minha vida inteira. E foi um destes conhecidos guias que a trouxe para o PTL.



As canalizações na GM e a Coruja Branca

É do conhecimento dos meus leitores, amigos e águias que desenvolvo os meus trabalhos junto à Hierarquia Espiritual, comprometido com a cosmoética e o meu compromisso pessoal junto ao Tribunal do Conselho Cármico a quem presto contas de tudo o que faço dentro da GM e com a publicação dos meus artigos no Caminhando com o Mestre e nos Momentos Mágicos.

Frutos deste longo trabalho que vem sendo feito há anos, ocasionou o despertar de muitas águias para que iniciassem seus vôos da liberdade de forma mais consciente e lúcida. A alegria e gratidão reside em ver e saber agora, que essas águias conseguem cumprir suas missões de vida.

Hoje, oficialmente, apresento a canal Renata I. Zimmermann como a nossa canalizadora da GM para todo o público leitor de nossos artigos, mensagens e textos publicados em nossos blogs, sites, grupos e páginas de divulgação da rede social.

Ela vem desenvolvendo um trabalho surpreendente dentro da GM através da criação de várias atividades o que tem atraído a atenção não somente das águias, como também de toda a Hierarquia Espiritual.

O Caminho do Coração - novo lema da GM - é fruto do seu trabalho.

De poucas centenas de águias que faziam parte dos grupos internos da GM, as atividades incentivadoras da Renata ocasionou a vinda de milhares de novas águias com a criação de várias frentes de ações focadas no propósito divino de serviço ao Pai Criador e à Mãe Divina.

Por isso, fica aqui a nossa gratidão e reconhecimento à Coruja Branca pelos lindos projetos que hoje integram as atividades da GM. Somente o blog Caminhando com o Mestre tem alcançado uma média de recordes de visitações: 5 mil leituras mensais.

Portanto, se dúvidas ou questionamentos houver quanto à canalização feita pela Renata, que antes de qualquer crítica ou julgamento, seja analisada o teor das mensagem se soa com a verdade crística. Como foi dito há 2 mil anos:

"Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá maus frutos. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos. Toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada ao fogo. Pelos seus frutos os conhecereis." (Mt: 7, 17-20)

Então, "Será pelo fruto que se conhecerá a árvore!", ou seja, um canal puro é reconhecido pelo serviço prestado à Luz e às Hierarquias Espirituais. Não cabe ao homem julgar, pois temos o Tribunal do Conselho Cármico que se encarrega do cumprimento da Ordem Divina.


E a nossa mentora, instrutora da GM é a Mestra Nada, membro deste Tribunal Cármico. A Mãe Maria escolhe suas Filhas para o serviço através dos registros akáshicos e sabe quem são suas sacerdotisas na Terra e o que fizeram em vidas passadas. Quem foi uma boa árvore e uma má árvore.

Por isso, corações, confiem e tenham a fé na Providência Divina, pois servir à Obra Divina é para poucos "porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição e numerosos são os que por aí entram. Estreita, porém, é a porta e apertado o caminho da vida e raros são os que o encontram". (Mt: 7, 13-14)

Assim é.

Em Amor e Luz,
Paz no Coração!
Shima.
Namastê.

Gratidão ao Pai e a Mãe.

Postar um comentário

 
Top