0
Minhas reflexões - Depoimento de um guerreiro da Luz


Saudações corações amados,

Passaram-se quatro meses desde que aquele artigo foi publicado em 05/07/2015 – Minhas reflexões – A despedida de um guerreiro – em Caminhando com o Mestre e, muitas das águias não compreenderam o significado do evento que foi mencionado naquele dia, principalmente sobre a mensagem que está contida nas entrelinhas do referido texto.

O momento atual da GM está focado na conquista alcançada ao longo de três anos de atividades de chamadas aos Trabalhadores da Luz, dos Guerreiros da Luz e das Águias do Comando, para o serviço aos nossos mestres, mentores e guias espirituais, cujo propósito é a manifestação do Plano Divino na Terra.

Nesta caminhada, milhares de irmãos e irmãs passaram pelos diversos grupos de estudos, atividades, serviços, operações e missões, desenvolvidas pela GM através de mais de 40 setores entre salas, divisões, unidades, departamentos e comandos operacionais. Incluindo as visitas e leituras no Caminhando com o Mestre, Momentos Mágicos e várias páginas que foram criadas durante este trajeto.

Centenas destes servidores da Luz atuaram diretamente dentro da GM ou das atividades promovidas internamente, e também as baixas ocorreram durante as diversas campanhas e operações na “guerra” entre a Luz x Treva por causa das constantes ondas de oposição na implantação do amor crístico sobre o nosso planeta.

Muitos Trabalhadores da Luz se afastaram diante dos pesados conflitos criados pelos irmãos trevosos. Centenas de Guerreiros da Luz sucumbiram diante dos embates contra as forças negativas e, incontáveis Águias do Comando desistiram da missão de sustentar a Bandeira Crística.

Outras águias do Comando simplesmente atuaram como servidores das trevas dentro do propósito divino desenvolvido pela GM, ocasionando a intervenção direta do comandante Ashtar na guerra que se instalou no mundo umbralino, a partir da ação da ordem dos magos negros e dos comandos alienígenas que agem diretamente contra a missão crística, com a cumplicidade destas águias encarnadas.

Na inocência que caracteriza os anjos de Luz, ficou impossível acreditar na ação nefasta destas águias que simplesmente desviaram outras irmãs e irmãos que vieram para cumprir o plano divino na Terra. Estas ações seguidas de ataques psíquicos e usos de artefatos implantados em corpos sutis, desencadearam a reação das forças da Luz, que agora atuam em todas as camadas da manifestação da Vida no planeta.

Nas ações de libertação destas águias irmãs, a reação da treva foi devastadora, mas a ação da Luz foi contundente e saiu-se vitoriosa.

Nestes combates, várias ordens negras desfecharam ataques contra o NA da GM, onde dezenas de magos negros foram aprisionados e retirados da Terra e inúmeros comandantes alienígenas foram capturados ou aniquilados durantes os embates contra as frotas do Comando Estelar. A extinção de vida para si mesmo foi o pedido feito diante do Grande Conselho Cósmico e Universal, por alguns destes irmãos das trevas.

Desde que a Intervenção Divina foi decretada na Terra – “O Despertar Planetário - Mensagem do Interventor Divino (10/06/2015)”, o domínio da treva deixou de existir da forma como vinha sendo manifestada. Assim é na vida cotidiana das pessoas que são conduzidas pelo plano espiritual e desde que a ação da Luz se fez no mundo umbralino, a realidade física vem passando por transformações profundas, criando novos conflitos internos.

Os ditos “contratos” assinados com as ordens dos magos negros tem desencadeado as cobranças que tem afetado a vida de muitos trabalhadores da Luz, pois seus compromissos com as sombras, são oriundas de muitas vidas regressas e, dificilmente conseguem desfazer-se destas alianças nefastas, já que foram feitas de forma consciente.

A Grande Colheita começou a fazer sua triagem, não há meio termo ou omissão como ficar sentado em cima do muro. Isto não existe mais. Apenas a dualidade se faz presente e cada um escolhe para que lado vai seguir em sua caminhada futura. A Terra está destinada ao Reino da Luz, não haverá mais a sombra que tem encobrido as ações das trevas. Estes que escolheram o caminho da negatividade vão para outros orbes. Para a Terra não retornam mais após o desencarne. Assim vem ocorrendo de forma definitiva.

Uma ação direta contra o Plano Divino neste momento atual define a decretação do banimento (exílio) que acarreta a extinção da memória definitiva das experiências de vidas anteriores ou da extinção da vida em si como centelha. Muitos servidores da Luz que traíram o Pai nesta fase agora, estão sendo levados em suas consciências astrais, por atuarem através deste mundo de manifestação contra a Ordem Divina no plano físico, a estarem diante do Grande Conselho Cósmico e Universal para receberem o veredito final.

As próximas paradas na subida da Rampa vão definir a caminhada de muitas almas peregrinas na Terra. Isso inclui também o abandono e a saída da “Nave Mãe” (Terra) que irá prosseguir em sua viagem rumo à Quarta Dimensão, onde apenas aqueles que levam na fronte a marca crística poderão prosseguir, enquanto as forças de oposição ao amor divino não conseguirão se sustentar diante da elevada vibração que ocasionará em futuro breve o seu próprio desencarne em massa. O que não ressoar com o coração de Gaia, seguirá outro destino.

Que a Paz em Cristo permaneça em seus corações!

Assim é.

Em Amor e Luz,
Shima.
Namastê.

Gratidão ao Pai e a Mãe!


Postar um comentário

 
Top