0


A SINA DE UM GUERREIRO

Que os “olhos” sejam os do Coração e,
os “ouvidos” sejam os da Alma!

A Verdade se encontra na Luz,
A Vida flui através do Ser Interno,
Não há outro Caminho senão a do Amor!

Esclarecimentos pessoais sobre as últimas ocorrências

Saudações da Luz queridas Águias!

Corações, antes de iniciarmos aqui uma conversa entre irmãos e irmãs, peço humildemente que releiam o texto publicado no dia 05/07/2015, que saiu sob o título de “Minhas Reflexões – A Despedida de um Guerreiro” em Caminhando com o Mestre.

A SEPARAÇÃO CONJUGAL

Um comunicado público que não foi feito na época em que ocorreu, deve-se apenas ao respeito à pessoa envolvida e ao silêncio que seria necessário diante de tantas ocorrências negativas advindas de todos os lados. A incompreensão surgiria de forma natural, mas o discernimento sempre foi pedido.

Devido a ocorrência de fatos em função de uma guinada surpreendente na minha vida, venho por meio desta, informar oficialmente que a minha separação conjugal ocorreu no dia 12 de agosto de 2015, e que desde esta data passei a conduzir as atividades dentro da GM de forma direta e pessoal.

Portanto, tudo o que veio a público em nada configura com a realidade dos fatos que vem sendo divulgados. Fica a critério individual a análise do trabalho que vem sendo conduzido por mim há 10 anos, na Grande Missão de forma transparente e verdadeira. E há 3 anos caminha a GM no plano físico.

O livre arbítrio sempre foi respeitado. A luz não interfere nesta linha do desenvolvimento do aprendizado humano. A força que impulsiona a Luz adiante é o poder do Amor que une e eleva. O amor que engrandece a relação e a convivência fraternal. Jamais a Luz atua para denegrir ou para caluniar. A Luz é concebida pela atuação da Justiça Divina.

Assim deve ser a conduta de todas as águias em sua missão Crística.

A simples observação, uso e prática da norma da GM já evita o conflito: os 3 D’s.

Nada mais precisa ser dito quando o Amor ressoa no coração. Isso é amar.

O Plano Divino é realizado através do Amor em ação, da Luz evidenciada e do Poder de Deus na Terra.

Em Amor e Luz,
Paz em Cristo!
Shima.
(12/10/2015)

O que ocorreu nos bastidores...

Na questão do Visto de Permanência dela, a entrada do processo no CNIg/MTE (Conselho Nacional de Imigração/Ministério do Trabalho e Emprego) foi oficializado em dezembro/2012, mas foi indeferido em 11/06/2013 e saiu publicado no DOU em 25/06/2013, pág. 59/Seção 1. No mês de maio tinha vencido o Visto de Turista. Não houve prazo legal para dar entrada em outro processo que viabilizasse a permanência dela no Brasil.

Com a Certidão de Casamento emitido em 17/02/2014 após cumprir o prazo legal de 180 dias, um novo pedido do Visto de Permanência foi requerido junto ao Ministério da Justiça em 11/03/2014 e foi deferido com a publicação no DOU em 10/10/2014, pág. 31/Seção 1 e, o Visto Permanente foi expedido em 31/03/2015.

No final de junho/2015, 3 meses depois, a relação conjugal terminou e a ocorrência da separação aconteceu em agosto/2015, conforme o comunicado acima.

O INÍCIO DO DILEMA DO DIVÓRCIO...


Para quem tem mencionado que me recuso a dar o divórcio a ela, informo que dei entrada em um processo litigioso através do meu advogado em 12/11/2015, visto que a mesma se recusou a assinar o divórcio de forma amigável por 3 vezes consecutivas. E aqui está o comprovante de que já tinha efetivado o pedido do mesmo judicialmente.


Em 10/12/2015 foi protocolado na Vara da Família a entrada do meu pedido de Divórcio Litigioso, conforme consta no processo a seguir:


O Processo foi efetivado em novembro de 2015 e Protocolado em 10/12/2015

(*) Em 28/07/2016 - o processo se encontrava paralisado no Fórum pois ela não foi encontrada pelos Oficias de Justiça por sucessivas vezes no endereço informado, assim como as tentativas de se conseguir a localização da mesma foram infrutíferas.

(**) Em 10/11/2016um ano depois de dar entrada no processo de divórcio litigioso, ainda nada tinha se definido.

(***) Em Fevereiro/2017, por pressão familiar aceitei abrir mão dos meus direitos como avalista e concordei em assumir integralmente as dívidas dela junto à Financeira. Somente assim, o acordo foi assinado pela outra parte.

20 MESES DEPOIS... O FIM DO DRAMA

Homologação do Divórcio Litigioso
Em 20/04/2017




Detalhe: EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 66, DE 13 DE JULHO DE 2010
Dá nova redação ao § 6º do art. 226 da Constituição Federal, que dispõe sobre a dissolubilidade do casamento civil pelo divórcio, suprimindo o requisito de prévia separação judicial por mais de 1 (um) ano ou de comprovada separação de fato por mais de 2 (dois) anos.

As manifestações da Hierarquia Espiritual

11/12/2011 - Uma Orientação Pessoal

07/12/2012 - Mestra Nada -Meu Guerreiro

As mensagens dos mestres, mentores e guias espirituais da GM, durante esta fase de conflitos, seguem nos links abaixo:

08/09/2015 - Minhas Reflexões - A Sina do Guerreiro

17/09/2015 - Mãe Maria - Mensagem de Amor

27/09/2015 - Mensagem do Shima

10/10/2015 - Mestra Nada - Mensagem às Águias

12/10/2015 - Mãe Maria - Poder da Gratidão

12/10/2015 - Reflexão - A auto análise pessoal

14/10/2015 - Mestra Nada - Mensagem à GM

18/10/2015 - Mãe Divina - O Chamado

17/11/2015 - Mensagem da Mãe Maria - Sobre os 12 Atos

27/11/2015 - Mãe Divina - A Verdade

22/11/2015 - Pai Quirino - Reflexão

28/11/2015 - Comando Ashtar - Terceiro chamado

03/12/2015 - Pai João de Aruanda - A Terceira Chave

27/12/2015 - Mãe Divina - Alerta amoroso

14/04/2016 - Mensagem do Pai Micah

31/07/2016 - Mensagem de Miguel Arcanjo

Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!

Shima.

(****) A seguir, o trecho de um artigo publicado no blog Momentos Mágicos onde a Corujinha fala deste assunto polêmico:

(...)

As expressões: “quem ama cuida!” e “somente o amor cura!”... tem sido uma das lições mais dignificantes e exemplar que uma alma guerreira poderia almejar numa encarnação terrena. E tem sido estas lições que a Corujinha vem passando para todos nós, da GM e do CNA, onde causou uma verdadeira transformação nos relacionamentos entre todas as águias, criando laços de integração, participação e interação inédita, exemplificando a verdadeira fraternidade humana, meta da Grande Missão.

A “visão da coruja” é algo mágico... e transcendental. É a marca de uma sacerdotisa. A compreensão da Corujinha ultrapassa qualquer entendimento humano. Ela vê a alma de cada pessoa e possui o sentimento do amor maternal que sobressai em suas reflexões, análises e orientações direcionadas às águias que integram a GM. O que ela sempre recomenda é a prática contínua da compaixão e misericórdia, o que sabe fazer com maestria e sabedoria.

Para mim, pessoalmente, a convivência ao lado dela tem sido um aprendizado além da imaginação ou expectativa. Tem surpreendido sempre. Este é o encanto dela... sabe amar!


E foi dela as maiores revelações sobre as baixas que ocorreram dentro da GM, principalmente quando ela mesmo desvendou os mistérios do Lado 2 (Sombra) sobre as ex-águias. E, foi firme quando disse amorosamente:

As que saíram... meu guerreiro, por incrível que pareça... não tiveram culpa!

A afirmação dela, ressoou no meu coração, pois sabia o que tinha ocorrido com todas, mas apenas agora, alguém surgia, investigava tudo e simplesmente dizia isto com toda a segurança. Em nossas conversas diárias, falamos muito sobre isso... o Lado 2 e o Lado Sombra de cada alma encarnada na Terra. Como isso influencia negativamente o destino das águias que vieram com um propósito divino e que desviam pela questão do plexo solar.

Isto tudo foi se confirmando conforme recebíamos orientações e instruções dos nossos irmãos – Povo de Aruanda – em nossos encontros diários, em que sempre ocorre a confirmação ou uma nova revelação sobre as águias que passaram pela GM. No último, uma entidade enviada pelo Pai  Xangô disse sobre uma das águias:

- Ela tinha uma linda missão com a GM e o Pai, mas desistiu. Escolheu servir a profissão pessoal, que faça desta então uma linda missão!

Sim, tinha a plena convicção sobre isto e a missão desta águia, a quem dediquei todos os esforços para o seu resgate, pois havia sido instruído. E, quando após tanto navegar e perto da praia, desistiu... nada mais pude fazer. Deixar uma águia voar livremente é um dos nossos propósitos. O livre arbítrio impera em nosso mundo.

O Plano Divino ainda está além da compreensão de uma consciência física encarnada."


(...)

Sobre a Corujinha e a GM
http://sejaoamor.blogspot.com.br/2016/04/sobre-corujinha-e-gm.html

Postar um comentário

 
Top