0
Foto: ilquieora.blogspot.com.br


REFLEXÃO - SIGAM O CORAÇÃO

Corações amados,

Não importa os desfechos na vida se foram bons ou maus, pois o que é mais importante é o aprendizado e o crescimento mútuo em qualquer relacionamento humano.

Jamais potencializem a negatividade. Vibrem Amor e Luz e tudo fica bem.
Perdoem-se, perdoem aqueles que apenas foram instrumentos para o nosso polimento interno e para o nosso despertar espiritual e consciencial. As "pedras no caminho" existem para que possamos compreender a nossa caminhada terrena.

Não julguem e muito menos condenem. Apenas devem entender que somos caminhantes das estrelas e entre erros e acertos, aprendemos a reconhecer a nossa divindade.

Mágoas e ressentimentos não ressoam com o coração sagrado. Reconciliem-se consigo mesmo, pois onde não há julgamento e nem condenação não há culpas. Portanto, ouça o coração. Siga o coração. Somente o Amor que habita dentro pode curar e promover a Paz.

Ofereço aqui, àqueles que de alguma forma tenham se decepcionado, magoado ou ressentido com qualquer decisão que tenha tomado ou assumido, que aceitem o meu pedido pessoal de perdão. Vem do coração. Jamais causaria um dano de forma intencional. Se houve é porque também sou humano como vocês. Perdoem-me!

Peço apenas que sigam em paz o seu novo caminho. Deixem as pedras no lugar onde as encontraram, só farão acumular pesos desnecessários na própria caminhada. Sejam almas livres não importa quão frustrante ou amargurado tenha sido a experiência numa relação. Nem tudo é ponto negro. Há miríades de pontos luminosos e divinos em qualquer relacionamento.

Entre a alegria e a dor, a diferença é um momento, um instante. A escolha é opcional a todos e é oferecida de forma amorosa como teste para a subida no degrau do conhecimento e da sabedoria humana. Perdoar é reconciliar-se com sua própria alma viajante. Hoje aqui, amanhã ali. Assim é a roda da Vida.

A cada ciclo, uma guinada na vida fecha as portas, mas também abre imensas portas de oportunidades e novos aprendizados. Se olharmos para o chão coberto de pedras perdemos a oportunidade de vislumbrar o horizonte radiante a nossa frente e à nossa volta, deixamos de contemplar as colinas verdejantes em flores e encantos.

Vamos sorrir nesta próxima etapa confiando em nossos mestres, mentores e guias que nos conduzem de forma sábia e amorosa, instruindo-nos a prosseguir no Caminho do Coração onde a Verdade se encontra. Saibamos interpretar os sinais da Vida. Cumpra-se o nosso mandato divino de sermos Uno com a Vontade do Criador.

O sentimento de Gratidão ainda é o método ideal para se criar a fraternidade humana na Terra.

A Paz é uma meta.

O Caminho é a do Coração.

Sejam Amor!

Beijos no coração,
Shima.
27/09/2015


VAMOS REVER A PRÁTICA DO DISCERNIMENTO

É muito importante neste momento atual analisarmos alguns aspectos internos na nossa conduta diária. A turbulência da mudança necessária advinda da própria Transição Planetária ocasiona os conflitos e discórdias entre nós, pelo fato da nossa atmosfera estar impregnadas dessas energias segregadoras e manipuladoras que acabam irremediavelmente interferindo em nossos pensamentos e emoções.

Basta abrir uma "brecha" em nosso plexo solar onde a atuação do ego inferior se aloja. Esta brecha é como um "gatilho" que uma vez disparado descarrega toda a nossa "tendência" que funciona como a munição desta "arma" destruidora. Esta "arma" funciona como um sistema de autodefesa como se fossem "escudos" e "espadas".

O medo levanta o escudo, a raiva e o ódio, mágoas e ressentimentos disparam a "língua ferina" que funciona como espada. No "calor" das emoções, a falta do discernimento e do bom senso desencadeia a "guerra" que poderia ser evitada se a paciência, tolerância e compreensão fossem a prática amorosa em qualquer evento ou relacionamento.

A humildade é o nosso reconhecimento de que somos aprendizes e estamos numa escola da vida. O orgulho é desprezar a escola e os alunos. A humildade eleva o ser no degrau a sabedoria. O orgulho só reconhece o caminho do abismo que separa os seres irmanados no Amor. A compreensão vive na alma, quando o coração vibra amorosamente.

Peço carinhosamente que compartilhem estas mensagens sobre a prática do discernimento entre seus familiares, amigos, colegas e irmãos, para que a Luz do Amor Crístico que é a nossa Bandeira, seja levada para todos os recantos do mundo. Um dia um sonho irá tornar-se realidade: a Grande Fraternidade Humana na Terra.


A REFLEXÃO SOBRE O DISCERNIMENTO

"Pensar é meditar. Cada palavra, frase ou expressão, trazem mensagens contidas nas entrelinhas. Leia, releia e reflita... e uma Luz surgirá!" (Shima)

A atuação trevosa no mundo interfere muito no livre arbítrio através do sentimento do medo. Sabemos que a Luz atua amorosamente e compreende as limitações humanas... já a Treva busca o caminho da interferência e sedução, atuando para desviar os incautos e ingênuos para o caminho do mal.

O Amor atrai e une...o Medo separa e desagrega... um cria a harmonia e o equilíbrio e o outro o conflito e a discórdia. A semente da dúvida é lançada nas mentes e corações dos trabalhadores da Luz para causar o desvio, enquanto a confiança é a força inerente da alma. Na dualidade o caminho da escolha é um processo individual... ou se segue a vontade da alma ou o desejo do ego inferior, não há meio termo nisso. Ou é ou não é.

Por isso, pensar que os anjos de Luz serão em algum momento a própria Treva é um engano e ilusão, pois o que ocorre é apenas um desvio no percurso, que mais adiante ou em outra vida futura, os farão retornar ao caminho do bem. As tendências negativas afloram quando um ser de Luz se deixa apanhar pelas baixas vibrações e mergulha no mundo ilusório, onde as sombras tem o seu domínio ainda...

Pensar, refletir sempre no antes, durante e depois, facilita o raciocínio lógico e o discernimento entre o que é bem e mal fica evidente. Por isso a reflexão que sempre é pedida entre nós: "Meditar sempre no que é dito... como dito... e porque dito!".

Paz em Cristo!
Shima.
Namastê

Postar um comentário

 
Top