1



Missão Paz na Terra – Ato 7 (7º Raio) – Vida em Amor

Saudações queridas águias!

Encerramos agora a etapa do Ato 6 – Verdade com Amor. E vamos prosseguir iniciando a nova etapa com o tema: Vida em Amor. O Ato 7 começa hoje.

Antes de falarmos sobre o Ato 7, vamos analisar o anterior e verificar os acontecimentos que se desenrolaram nestes últimos 10 dias, onde algumas situações foram extremamente reveladoras. Os que vêm acompanhando as tarefas desta segunda fase da Missão Paz na Terra, compreende o processo que é desenvolvido dentro de um trabalho focado no despertar da consciência individual, e agora a nível planetário.

É fato registrado que a primeira fase foi o chamado geral, para os Trabalhadores da Luz, que participaram ativamente no resgate de Gaia, dando início no mundo da forma à Transição Planetária. Mesmo sendo um assunto de difícil compreensão para este momento, é certo que com o passar do tempo, tudo comece a ficar cada vez mais claro e nítido. Tem sido assim o processo de despertar da consciência.

Esta segunda fase vem sendo programada por etapas, dando sequência no movimento global denominada de Missão Paz na Terra, onde as metas vem sendo realizadas de forma amorosa, consciente e harmoniosa, se observada de um ângulo acima das questões que envolvem os apegos e egos. Pois são esses dois aspectos que mais tem se chocado com este movimento. Ver o conjunto do trabalho que é feito é possível visualizar o propósito envolvido do início ao fim desta missão.

As etapas desta segunda fase abrangem o desenvolvimento prático dos seguintes aspectos: 
  • 1) Caminho do Amor - com a aplicação do 5º Raio Verde na intenção de promover a reconciliação das almas com suas personalidades encarnadas, revelando a unidade existente entre estas duas entidades, e como é possível caminhar amorosamente neste plano de manifestação.
  • 2) Verdade com Amor – usou-se aqui o 6º Raio Rubi/Rosa com o objetivo de amenizar a dor e/ou sofrimento ocasionado pela inatividade dos corpos sutis durante o longo sono, e curar os danos advindos da nova realidade, quando se acorda para enfrentar um dia ensolarado.

  • 3) Vida em Amor – será esta próxima etapa a ser percorrida, através de uma prática vivencial e também experiencial sobre a verdade contida no Amor Divino. É algo além da imaginação ainda, mas será possível a sua compreensão após a tomada de atitudes exemplares. Será exposto o ponto de vibração onde se aloja o Amor Incondicional que é no chackra cardíaco e não no plexo solar que tem sido desenvolvido neste tempo todo. O conflito atual será evidente nesta descoberta, mas com atitudes de compreensão será amenizado o choque desta verdade que ficou encoberto pela ilusão. O uso do 7º Raio Violeta/Ultravioleta fará o processo da transmutação. É uma etapa decisiva para o êxito do próximo passo contido no Ato 8.
  • 4) Ser Amor – “Ser” é a nova descoberta em relação ao “Estar”. O que muitos pensavam “ser” ruirá de vez, abrindo um novo paradigma sobre a forma de manifestar a essência divina contida em cada um neste plano terreno. O movimento amoroso será o fluxo energético em plena expansão, ativo e não estática. Atuante e não estagnada. Um canal poderoso para fluir essa Força a nível planetário, será aberta no Ato 8, com o fluxo do 8º Raio Branco Cristal, criando assim a Ponte entre a Humanidade e o Logos Solar. A partir deste evento, teremos a total liberação da ação do 32º Raio Salmão Dourado para efetivar as Escalas na Rampa da Transição Planetária e a abertura do processo da Colheita Final.

A polêmica ocorrida durante o Ato 6 é até compreensível e aceitável dentro deste processo desenvolvido, já que as reações negativas e consideradas até positivas foram mencionadas lá atrás, antes mesmo de chegar neste tema sobre a “Verdade com Amor”. Isto aconteceria, como de fato aconteceu. Agora, é juntar os cacos usando o discernimento, refletir bastante sobre o objetivo de tocar em pontos que para muitos, seriam intocáveis.

Como foi dito antes, chegou a hora do “despertador” tocar.

E, muitos se assustaram com o “toque” do despertador que para uns soou duro e até estridente demais, devido ao estado de sono profundo em que se encontrava. Mas outros perceberam de imediato, que era o momento de acordar e assumir a condição de estar desperto para encarar o novo dia. Para estes últimos, pegar as tarefas cotidianas é simples e compreenderam que a função do “despertador” é tocar para acordar. Se o som do toque desagradou, não significa que o aparelho é ruim, e sim que por estarmos mergulhado num lindo sonho, não queríamos mesmo sair deste mundo. Bater no despertador não vai ajudar a sair da cama.

Agora, vamos pegar a rua e ir para o trabalho.

Esta é a realidade desta etapa: Vida em Amor.

Como será isto?

Prática. Simplesmente praticar e exemplificar. Vamos deixar aqueles tempos dos corações de pedra, não estamos numa selva. Estamos dentro de uma família, uma grande família humana. Viver um estado de paz interior é compreender a sua condição divina de estar no aqui e agora. E assim sendo, é possível viver a vida expressando a atitude amorosa, amigável, solidária e fraterna. 

A saudação diária é o principal fator da unidade humana, conecta. O sorriso estampado no rosto e nos olhos é a expressão da alma angelical que expande a Luz no ambiente. O movimento durante todo o percurso do dia feito de forma amorosa é saudável para contagiar as pessoas, pois precipita a graça divina a todo instante, alegrando corações. O Amor cura.

Cada Ato aqui tem um propósito que se sustentam em metas que ao serem somadas no contexto mais amplo revela a nossa verdadeira condição humana como almas estelares.

Com o apoio imanente da ação da Luz Violeta, poderemos fazer uma transmutação no aspecto emocional e transferir a nossa polaridade para o corpo mental, onde nossas atitudes sofrerão mudanças transformadoras em nosso modo de ser e expressar. A transcendência ocorrerá primeiro na compreensão do que é o amor terreno praticado neste mundo nas relações interpessoais que são passionais movidas por apegos sutis e aprisionadoras.

Entenderá o mecanismo que interliga este amor terreno sob o domínio completo do ego inferior, nublando a consciência física para que o mundo do pensamento seja recheado de emoções transitórias e ilusórias, fazendo deste corpo também, um escravo para uso da personalidade humana, quando o correto seria o inverso.

Será esta inversão a ser feita através da compreensão, raciocínio e discernimento aplicado com muitas reflexões e práticas diárias. Pois o Amor Incondicional não se aloja no plexo solar e a prática neste nível de vibração, ocasiona as frustrações, decepções e depressões na caminhada de um ser. O que parece ser bom, não é a vontade da alma e sim o desejo do ego inferior. Esta ilusão quando acaba, também choca.

Mas, com Amor e Compreensão tudo fica bem.

Vamos caminhar neste dia com o sorriso leve, alegrando o nosso coração com a força da Vida em Amor.

Paz na Terra!
Shima.

Postar um comentário

 
Top