2


Minhas reflexões - A Missão Paz na Terra

Saudações corações de Luz!

Estamos avançando para o Ato 7 a ser realizado amanhã, dia 19/06, e até que alcancemos a etapa seguinte relacionada ao Ato 8, muita água vai rolar por baixo da ponte, isto porque, como foi dito semanas atrás, o Ato 6 seria devastador na vida de muitos trabalhadores da Luz, pois o tema “Verdade com Amor” causaria choques nas consciências destes irmãos e irmãs.

O que ocorreu durante a etapa do Ato 6 foi apenas levantar a “ponta do véu”, sobre alguns temas ou assuntos que envolvem o núcleo dos Trabalhadores da Luz. Jamais foi nossa intenção criar conflitos generalizados, mas sim acordar essas pessoas que precisam entrar no próximo processo do despertar planetário. E para isso precisam despertar suas próprias consciência deste sono ilusório.

O avanço da Luz cada vez incomoda quem sustenta a sombra. Isto é outro fato revelador que veio à tona estes dias. Ocorreu antes e foi contida a reação negativa, quando passaram a atacar a Missão Paz na Terra. Desta vez não será diferente. Há anos vem sendo tema de estudos a atitude de negação quando uma verdade é revelada. Dói até a alma. Por isso tudo vem sendo trazido a conta-gotas.

Apenas duas pontas deste véu foram levantadas e não tirada. Não cabe a nós esta atitude e sim de quem se deixou envolver por esta teia maligna. Se fosse levantada uma terceira ponta que fala sobre as “falsas canalizações”, então o circo ia pegar fogo, porque tudo tem sido montado como um grande circo, e a plateia vibram e gostam deste tipo de distração.

Aliás, a linha de trabalho que desenvolvo na GM não é criticar, acusar ou denegrir nenhuma entidade, pessoa ou grupo, isso já demonstrei em todos os meus encontros e nos artigos que escrevo e publico. Todos tem o meu respeito e consideração. Uma coisa é certa: ninguém fica sem resposta para questões positivas ou negativas. É minha função, esclarecer.

Se uma difamação for feita e, em público for postada, em público será respondida. Não que isso seja uma reação intempestiva de minha parte, não perco meu tempo para isso. As respostas se dirigem não à quem desencadeou a onda negra, mas para recuar e conter esta onda destrutiva. A Lei do Retorno cuida sempre do remetente.

A Luz segue pela Linha do Amor. Percorre o caminho da Compreensão. A Luz existe e atua para a sua manifestação. A atitude correta na ação do bem para expandir a bondade, não significa que a Luz é ingênua e passiva e sim, que a Luz é dinâmica e ativa. A sombra que o diga e a Treva mais ainda. Sabem disso. Alertar é o primeiro ato daquele que assumiu a missão de instruir, o segundo é não interferir.

Para que ocorra um Despertar a nível planetário é necessário primeiramente que as consciências destes Trabalhadores da Luz sejam despertas. Muitos já estão acordados, somente que a maioria ainda não conseguem sair do estado de sono, pois são mantidos assim por atuações sinistras e ao som do “canto da sereia”. Encantam “divinamente” os que ignoram os bastidores e como são conduzidos suas mentes e corações. Revelar isso não é a minha missão, tenham a certeza disto. Cada escolha é uma escolha. Mostro apenas outros caminhos.

É verdade que a Luz não ataca a Luz, como é verdade que a Treva não ataca a Treva. Mas uma realidade é evidente em todos os núcleos dos Trabalhadores da Luz, que ao carregar uma vela será alvo de ataques. Isto é outro fato mais que comprovado. Se algum “traballhador da luz” não sofrer ataques trevosos é certo que não incomoda às falanges negras. Isso ocorre, ou porque é canal de desvio da Luz ou então estão em contrato com o lado oculto. A Luz atua para a Luz e pela Luz e não tem vínculo com a Treva. Cada departamento é responsável pela Dualidade.

Como também é característica da Luz não atacar a Treva, pois a ação da Luz é regida pela não intervenção e pela ética da Lei do Livre Arbítrio. O que ocorreu antes foi a declaração de guerra feita pela Treva contra a ação da Luz em seus domínios quando começou a promover os resgates. Já que os seres desencarnados serviam como alimentos para eles. Quando derrotados nos combates, invocaram a ação da 3ª força que eram seus aliados. A Luz neste caso, apenas manteve a postura de reagir quando atacada. E se diz “resgate” é porque o que é feito já era Luz antes da operação resgate.

Vem o caso agora que tem sido revelado dentro dos núcleos dos Trabalhadores da Luz há tempos sobre a existência da 3ª força negativa neste planeta e que está infiltrada justamente dentro dos núcleos dos Trabalhadores da Luz, que é a dos seres alienígenas negativos. Não importa quem são e sim o potencial de destruição e devastação que são capazes de promover naqueles que atuam em seus domínios, onde manipulam a mente, a consciência e o coração das pessoas submissas.

É preciso muita consciência e lucidez para se lidar diante de um ataque deste porte, e sem o conhecimento deste lado oculto é percorrer como um “cego” este mundo da escuridão. É no astral que estes contratos e parcerias são feitos. A vestimenta física e a personalidade é apenas uma fachada para a atuação destes seres malígnos, cuja maldade está além do entendimento de uma consciência humana. E podem ter a certeza de que são difíceis de serem confrontados devido a terem criado uma posição social “impecável”, senão “intocável”.

Desde que a Missão Paz na Terra foi iniciada, o estado de Paz após a vitória da Luz em janeiro teve fim. A 3ª força interveio de forma fulminante e já deixou claro que não aceita a mudança de forças neste planeta. Vão jogar pesado. A nossa posição já foi definida no Ato do Interventor Divino e não atuaremos mais nas linhas de frente nos combates, a não ser que a ameaça seja um ato desferido diretamente contra a Missão Paz na Terra. A não aceitação de atos de guerra não implica uma ação defensiva e operações de proteção à estrutura da GM.

Vamos dar continuidade aos nossos trabalhos desenvolvidos dentro da Missão Paz na Terra de forma dinâmica, ativa e participativa. A Bandeira Crística será mantida e sustentada pelos Trabalhadores da Luz alinhada na Lei do Amor. A liberdade da alma será um efeito deste movimento global, conforme as verdades venham à superfície. Manter a velha egrégora como a antiga energia será nocivo nesta aceleração vibracional de Gaia e muitos já sentem estes efeitos, por isso as dúvidas, dilemas e choques. A reação negativa advêm desta situação, da perda do controle das massas.

O ponto decisivo em suas escolhas será agora a de que lado vão estar, pois muitos ainda “amam” o estado de prisão e, as mudanças e os ventos que sopram agora colocam suas crenças e valores por água abaixo. Avaliem o “coração” que bate pelo plexo solar, o que revelamos muito sobre este assunto. Pois nada tem a ver com o Sagrado Coração do chacra cardíaco. É por aí que muitos Trabalhadores da Luz foram aprisionados.

A Missão Paz na Terra é um movimento para libertar as almas desta prisão e promover de forma consciente – não ilusória – a saída do “casulo”. O medo e o temor provêm deste “coração” ancorado na personalidade. Quem realmente vibra o Amor Divino, nada teme e sabe a verdade que ressoa no que é Sagrado. Muito já foi falado sobre esta situação. Pensem nisso.

O Despertar da Consciência é a reconexão com o Mestre Interno, com o Eu Superior. Não existe uma fórmula mágica para isso e sim, muito trabalho e desenvolvimento. Há que ter disciplina, determinação e discernimento, os itens que faltam em muitos Trabalhadores da Luz, por comodismo e omissão. Querer o que é fácil é ilusão. Pagar ainda por algo que é seu direito de saber e acessar, é crueldade espiritual. É exploração.

O que venho dizendo até hoje, digo há mais de 10 anos. O meu despertar não me custou um centavo. Veio por mérito. E a minha vida até agora só foi mantida intacta por ação da Luz, até nos dois últimos atentados desfechados nestas duas semanas. E garanto que esses ataques que recebo por mais de 50 anos, não veio da Luz.

E quanto mais ataques venham, sinalizam que estou no caminho correto da Luz, pois sei que a Luz incomoda mesmo. Então não preciso sair combatendo Treva alguma, basta seguir meu caminho na Luz e promover o Amor em todos os corações, e quanto eles atacam é aí que tenho a certeza que cheguei no ponto certo. E isto é um fato incontestável.

Ser um guerreiro da Luz não é vã filosofia e nem ficção científica ou conto de fadas. É quando assume a missão de ser Luz. Aí a prova vem... e é de fogo!

Em Amor e Luz,
Paz na Terra!
Shima.

Postar um comentário

 
Top