1




Saudações da Luz, corações!

Em respostas a alguns questionamentos e dúvidas que surgiram no desenvolvimento dos trabalhos relacionados à Missão Paz na Terra, na qual está contido o Ato 4, que diz respeito à nossa recepção e às boas vindas aos nossos irmãos estelares, que farão o seu aparecimento no plano físico a nível mundial, gerou reações negativas contra este Evento.

Atendendo ao pedido de um grupo de leitores que postou em nosso grupo de trabalho, um recado que se dirige abertamente a nós, foi necessário tirar as dúvidas para que todos tomem ciência sobre a  nossa posição sobre o caso. Já foi postado para o público muitas informações sobre a programação deste Evento no artigo "Esclarecimento a dúvidas relativos ao Evento", que deixa claro o propósito que une os Trabalhadores da Luz.

Outra situação que precisa ficar bem clara para não haver mais dúvidas é que a aparição se dará apenas com as naves do Comando Ashtar, já que nossas atividades são diretamente ligadas ao próprio Comandante. Portanto, não respondemos por outros Comandos da Frota Estelar, e ao apresentar o recado enviado a nós, fiz esse esclarecimento:

Shima - É compreensível esta reação irmã (...) já que muito se falou sobre as aparições e portanto temos que respeitar a opinião pessoal de cada um. No mais, não convidamos as naves e sim, os nossos Irmãos estelares, já que são parte da Hierarquia Espiritual e não estamos focado em apenas um ato - aparição - e sim, em vários trabalhos que envolvem 4 Atos de suma importância para todos nós, trabalhadores da Luz, pois a conscientização de quem somos, de onde viemos e para onde estamos indo... é o propósito do Evento mundial. Já passamos pelo processo do despertar da consciência e sabemos do choque que isso causa, e quem poderia julgar que não estávamos prontos?

Se fosse assim, estaríamos até hoje vivendo no quarto escuro. Quanto a assinatura da Grande Fraternidade Humana da Terra, ela não é propriedade individual e sim de todos os Trabalhadores da Luz que se comprometem com a Paz na Terra, como já foi muito divulgado antes mesmo de ser fundada. O caso da reintegração já está bem claro nos propósitos divulgados. Enfim, vamos prosseguir no trabalho, a Missão Paz na Terra é decisivo. 
  • Devemos focar-nos na nossa missão e não nas respostas contrárias... Foco na divulgação da carta e no ATO 3 de dia 10 a 13, sempre em amor infinito. Quanto À resposta da irmã (...) sobre a carta, o Shima  já respondeu ontem... Quanto a esse link, eu não considero que seja contrário, fala de dezembro de 2012, quando nos foi dado um tempo extra no início deste processo que estamos a terminar. (Esclarecimento dado por um leitor)

Shima - Nesta afirmação posso até concordar,  já que a maioria das aparições físicas de naves são diretamente do Comando Ashtar... As Sondas que já mencionei muito, e das milhares de fotos que publiquei, e também dos vários vídeos e publicações que mencionam as Bolhas de Luz... Esferas Luminosas  que chamo de Sondas, são todas do próprio Comando Ashtar... São essas que farão suas aparições em massa no planeta, como já fazem esporadicamente pelo mundo e são constantemente filmadas... Estão todas no Youtube... Quem tem olhos para ver... verá!

A questão será: Estamos preparados? Eu pessoalmente afirmo que sim, pois as naves do Comando Ashtar,  as Sondas luminosas são lindas de se ver, e se contemplarem... Então não causarão sustos ou medos como pensam ou divulgam, e sim admiração pela beleza e pelas formas divinas que se apresentam diante de todos...

Tive minha própria experiência em 2008 quando surgiram várias destas do Comando Ashtar no mundo inteiro, e quando surgiu aqui em Brasília... O pessoal na rua ficou apenas admirado e não vi pânico ou medo, até que a Sonda desmaterializou depois, e tudo ficou normal com as pessoas nem comentando e seguindo sua rotina normal, quem ficou abismado fui eu, pela falta de interesse das dezenas de pessoas que assistiram esse avistamento em pleno dia  no meio da rua...
  • Fiquei confusa com a informação contraditória. Por isso fiz a postagem aqui no grupo para que os irmãos pudessem me ajudar, com seus esclarecimentos, sua luz. (Pronunciamento da leitora em causa)
  • Uma coisa que aprendi desde os portais 11:11 e de 2012 foi observar que de tempos em tempos todos estamos sujeitos a oscilar e sair do foco do coração, assim manifestando incredulidade quanto ao trabalho a ser feito no agora. Muitos canais oscilam e dão informações contraditórias se esquecendo de que somos muitos grupos, em muitas frentes de trabalho pela luz e de tempos em tempos vamos atuar junto a um grupo ou outro pois estamos envolvidos enquanto Centelhas Divinas em diversas frentes como Trabalhadores da Luz e atuamos de diversas formas para fazer acontecer a Ascensão da Terra. O chamado foi dado a todos e nós todos não sabemos com clareza qual é a missão Total de cada um. Isto ainda será revelado durante este processo de transição. Emanemos luz aos irmãos quando vacilam pois todos estamos sujeitos e todos precisamos nos amparar, e sigamos em frente, focados no centro de nosso coração sagrado onde habita amor, e se tivermos dúvidas, uma boa respirada, uma boa caminhada com O Mestre e tudo volta ao devido lugar. (Esclarecimento dado por leitor)

Shima - Teu raciocínio irmã (...) demonstra clareza e discernimento. Primeiro não julgar! O julgamento é algo inerente do ego inferior, da personalidade que teme perder sua condição terrena para algo mais divino. Para tanto ao lançar dúvidas e criar a divisão entre afins, sinaliza que o temor de ficar só no mundo da ilusão, é algo aterrador. Então para não ir só, tenta criar uma situação de divisão em que possa atrair muitos para um lado da margem onde acredita ser a sua verdade - o que não é errado, mas arca com a responsabilidade de ter consciência dos atos praticados e na lei divina, deve responder diante Daqueles que são os Vigilantes da raça, caso tenha propositalmente por questões de ego pessoal, ocasionado os desvios daqueles que estavam próximos do seu despertar. Ainda mais se são escolhidos para a condução de grupos para o serviço à Luz...

Todo discípulo responde perante o seu Mestre, assim como todo Mestre responde também pelo seu discípulo. A Lei Maior é regido pela Cosmoética. Por isso, afirmei e deixei até registrado em público, que respondo pessoalmente e individualmente por quaisquer danos que venha a causar em qualquer consciência humana por meus trabalhos no serviço à Luz...  Faço isso há 10 anos de forma consciente. Todo o trabalho que é desenvolvido dentro dos grupos que estão sob a minha condução é administrado dentro da disciplina, determinação e discernimento... O que denominamos de "3 D's", para a prática de atividades dentro dos propósitos já inseridos no Manifesto, que é a base e alicerce de todos os nossos trabalhos dentro da Grande Missão...

Nenhuma atividade, operação, ou até mesmo serviços, são executados sem antes ter a aprovação do Tribunal do Conselho Cármico, e todo o projeto anual é apresentado no final de dezembro para ser apreciado pelos membros deste mesmo Tribunal para serem jugados durante o mês de janeiro. E anualmente, também em janeiro, apresento diante deste Conselho Cármico, os resultados dos trabalhos feitos e realizados.

Assim é feito desde o ano de 2005 até o último encontro em janeiro deste ano.

Nestes 10 anos de atividades carrego a alegria do dever cumprindo, mesmo que para isso tenha ocorrido perdas em todos os níveis e graus, e deixei um rastro de amizades, e outros tantos de irmãos e irmãs que despertaram suas consciências físicas, e atualmente compartilhamos nossas vivências em todas as frentes, sempre contando com o apoio mútuo.

Outra atitude que mantenho, e no uso do discernimento é que "aquilo que vem de graça, de graça dê!"...  Isso é de suma importância para o serviço à Luz, já que se sirvo à Luz, à Hierarquia, são eles os meus "patrões", e passo a ser apenas canal ou instrumento para precipitar a vontade divina na Terra... Então, no caso das mensagens, instruções, orientações e serviços que deve ser prestado à raça, nada posso cobrar,  pois estaria traindo a cosmoética, quando passaria na verdade a cobrar duas vezes pelo mesmo serviço. Isso deve ser analisado profundamente e servir para reflexões. 

Essa opinião já foi dada para muitos irmãos que me consultaram sobre este tema... e sempre deixando claro que nossos mentores dão autorização e permissão para criar proventos para o sustento dentro das atividades espirituais, nos casos de criação intelectual, atividades de cunho profissional na área de cura, desde que este conhecimento foi adquirido pelo próprio mérito e esforço. Mas jamais se podem cobrar por atividades de serviços à Luz onde irmãos e irmãs venham a ser agrupados para doar a Luz ao mundo ou à humanidade, e até mesmo para ajudar e amparar os mais necessitados... 

Cobrar para dar acesso a uma cerimônia onde a presença de seres da Luz devem se manifestar, é contra a cosmoética. Nada é proibido diante da Luz, já que não interferem no livre arbítrio, mas esses seres iluminados deixam de usar o canal e se afastam destes que usam de interesses próprios, e que se aproveitam dos incautos que são iludidos apenas porque acreditam na boa fé destes. Aí neste caso, quando ocorre o afastamento de seres de elevada luz, a treva atua instantaneamente para ocupar o lugar vago, e se fazem passar de mestres, seres interdimensionais, anjos, e seres interplanetários... E até do comando Ashtar.  Falam exatamente aquilo que todos querem ouvir, agradam e satisfazem a fome e sede daqueles que não conseguem caminhar sozinho.

Outro fato de suma importância que define se uma atividade é da luz ou não... basta observar um detalhe, e prestar atenção no que é feito.... a Luz jamais ataca a Luz... Isso é ponto infalível, e também a Luz evita o confronto com a Treva se assim for possível evitar, já que deixa tudo para o livre arbítrio de cada um...  Agora, é certo que a Treva vai sempre atacar a Luz, pois a Luz o incomoda... Se alguém se sentir incomodado com a Luz, é caso para se pensar. Se atacar publicamente a ação da Luz em qualquer instância, é certo que não vem da Luz... a Luz preserva a todos, certo ou errado, pois sabe que cedo ou tarde um irmão sempre pegará o caminho de volta para a Luz...

Os responsáveis por grupos devem ter o discernimento sobre as ações desencadeadas, levando em consideração o fato já mais do que comprovado... "o Amor une... A Treva separa", nada mais precisa ser dito com essa afirmação, a evidência fica para cada um, pois a lição de vida é uma conquista individual, mas o aprendizado é coletivo.

Por enquanto deixo estas instruções para reflexões, pois cada um sabe o caminho e tem consciência de que a voz interna soa mais real do que palavras ditas, e o caminho do coração são únicos para todos! O Amor e compreensão, para toda dúvida é a resposta. 

Certo da compreensão de todos vocês, fica aqui o meu carinho e gratidão pelo apoio que recebo dos leitores que permanecem fiéis e leais desde 2005 quando dei meus primeiros passos nesta jornada pública, para compartilhar experiências das quais jamais imaginei vivenciar! 

A União dos Trabalhadores da Luz tem o propósito de unir, e não dividir! Então não há o que comentar.

Permaneçam na Paz de Cristo, nosso Mestre e Senhor

Em Amor e Luz, Paz na Terra.
Shima

Postar um comentário

 
Top