0



Saudações, corações de Luz!

As nossas atividades nos grupos internos de estudos e também de serviço, têm gerado vários questionamentos sobre o plano espiritual e sua relação com o nosso mundo material. E nos dois últimos anos, várias atividades envolveram os treinamentos, cursos e práticas em campo com o objetivo de aperfeiçoar a metodologia de trabalho em operações de resgate, procedimentos de cura e ações de mergulho no plano astral através das projeções.

Os resultados obtidos entre os sucessos alcançados nas operações executadas por diversos grupos envolveram pessoas que jamais imaginavam possuir capacidades adormecidas ou mesmo, que não tinham a noção da importância destes dons internos que promoviam a ajuda e amparo aos nossos irmãos necessitados neste mundo e no plano espiritual.

Dentre tantas descobertas, a revelação sobre suas origens espirituais e divinas foi a que mais surpreendeu a todos em sua busca interna. E como eram essas essências e como podiam servir numa missão em benefício da raça humana a nível planetário. A peregrinação para muito terminaram quando reencontraram suas deusas e deuses internos. E, como se reconheceram como Anjos divinos!

Um dos trabalhos mais desenvolvidos ao longo dos tratamentos espirituais e nos procedimentos de cura acabou por desvendar o lado “nublado” que envolviam a regressão e também o significado das vidas passadas. Tornou-se comum em qualquer atividade de curas, ocorrer uma regressão para localizar, identificar e rastrear os “nós” que bloqueavam a caminhada de uma pessoa neste plano terreno. Muitos destes “nós” desaguavam em vidas regressas, e muitas vezes bem além desta vida atual, chegando a séculos de distância no tempo linear.

Ao juntarmos os fatos e as histórias de muitas pessoas envolvidas numa mesma missão, que somadas formaram a Grande Missão dos Trabalhadores da Luz, foi notável a descoberta e a confirmação de que muitas dessas pessoas tinham seus vínculos como almas grupais, cujas afinidades se estendiam por milênios numa mesma “aventura” pela superfície da Terra, reencontrando-se em várias vidas e, culminando nesta encarnação o encontro final.

Viajando do extremo oriente, cruzando toda a Ásia, Oriente Médio, Europa, África e passando pelas Américas, descortinou-se várias civilizações ao longo da nossa história humana, incluindo a egípcia, atlântida, amazônica, celta entre tantas outras já conhecidas. Nessa imensa jornada por todos os recantos deste planeta, deixaram as marcas de suas passagens. Civilizações ruíram e desapareceram, outras surgiram deixando em suas ruínas uma longa história para gerações vindouras. As atuais civilizações são recentes em cerca de 14 mil anos, outras menos.

É reconhecida no Oriente a aceitação sobre vidas regressas e vidas após a morte que é cultuada nos rituais aos antepassados, contrapondo com o Ocidente que teve os ensinamentos sobre a reencarnação suprimida das doutrinas deixadas tempos atrás. A existência do mundo espiritual é outra verdade que vem sendo divulgada em nosso tempo atual por novas doutrinas, cujos conhecimentos e ensinamentos trazem novas informações sobre este plano espiritual. Até a Ciência agora, começa a abrir seus olhos para este lado que tanto negaram no passado.

Os trabalhos desenvolvidos em sua maior parte no plano espiritual, no plano mais denso do astral, têm ocasionados imensos aprendizados e experiências com o potencial individual de cada um dos envolvidos nestas atividades. A facilidade agora que muitos tem de fazerem suas projeções com os corpos astrais, projeções com a consciência e depois, atuarem no lado de lá resgatando nossos irmãos perdidos e desviados, promovendo suas curas e atuando nos hospitais espirituais, promoveram a expansão de suas consciências e também o crescimento pessoal de cada Trabalhador da Luz.

No plano material, suas vidas sofreram verdadeiros “tsunamis” com reviravoltas em suas crenças e valores individuais. E hoje, são pessoas serenas, alegres, confiantes e saudáveis. Conseguem compreender a razão de suas existências no plano físico, estudam constantemente sobre suas capacidades de atuarem em planos interdimensionais, como também de alcançarem melhores resultados neste mundo material. A visão de Águias é agora bem desenvolvida entre todos esses Trabalhadores da Luz em sua missão de Amor.

Têm sido dentro dos grupos de estudos que surgem as revelações destes que são hoje chamados de Águias. Sentem o chamado interno. Em seguida, quando o momento é chegado, são convidados para integrar grupos mais internos de serviço, onde começam por serem treinados e muitas vezes, trazem consigo o potencial de somar nas equipes de trabalho, formando novos grupos de atividades. Sempre que necessário, passam pelos procedimentos de cura, onde a relação da vida atual e das vidas passadas é trazida à tona, quando durante as ações de campo afloram suas tendências que as identificam como almas guerreiras, as conhecidas Águias.

Em minhas atividades desenvolvidas desde a minha adolescência, e depois na juventude, no trabalho de auxílio às pessoas que necessitavam de apoio, através do processo de regressão, levaram-me a mergulhar também nos hologramas – é assim que chamo esses acessos aos registros akáshicos – onde um campo imenso de aprendizado foi oferecido por meus mentores e guias espirituais ao longo de mais de 40 anos.

Mas foi na minha peregrinação pelo Japão que aprendi a conhecer as diferentes culturas e raças planetárias existentes em nosso planeta. E como os mundos espirituais de cada cultura são diferentes entre si em cada parte do planeta, incluindo as egrégoras religiosas, cujas doutrinas têm um propósito particular, pois envolvem a manutenção de certas raízes tradicionais trazidas do planeta de origem.

Além disso, foi o desenvolvimento da visão interna que promoveu uma maior abertura na compreensão do que ocorre na vida individual de cada ser encarnado e como isso afeta o comportamento humano em toda a sua extensão, das profundezas do inconsciente até aflorar em nossas atitudes e relacionamentos interpessoais. A vivência em várias camadas dos subplanos espirituais, ocasionaram tantas descobertas como também as causas de diversas doenças e seus sintomas nos corpos físicos.

Do plano físico onde estamos vivenciando a experiência humana até as camadas que encobrem o plano mental, percorri quase duzentas camadas, onde as consciências vibram e mantêm as suas existências neste plano terreno da terceira dimensão. É como percorrer verdadeiros labirintos e muitas vezes é como mergulhar em vórtices energéticos. A ilusão abarca até os planos interdimensionais do nosso Universo material.

Será sobre esta jornada pelos mundos internos da nossa consciência que estarei publicando uma série de artigos, divididos em temas, cujos capítulos serão extensos e por demais cansativos se não forem fragmentados em assuntos desmembrados, mas que no conjunto, desvendarão uma parte da nossa caminhada no planeta Terra.

Estudar, pesquisar, analisar e refletir ainda é um bom passo para o nosso aprendizado mútuo, onde compartilhar experiências e vivências é a maior lição entre todos os Anjos estelares, na sua viagem cósmica.

Em Amor e Luz,
Shima.

Copyright © 2012-2013. Por Matéria Sublime e Caminhando com o Mestre Todos os direitos reservados. É dada permissão para copiar e distribuir este material contanto que o conteúdo seja transmitido integralmente e sem alteração, o autor seja creditado, seja distribuído gratuitamente, e esta nota de direitos e o link sejam incluídos. 

Postar um comentário

 
Top