2



Saudações da Luz, Corações!

Ontem, dia 18/02/2015, conclui um longo processo de transmutação que começou em maio de 2012 no dia do meu aniversário. Foi um retiro espiritual ocorrido durante todo o período do Carnaval. “Isolamento total e pleno” e “Interiorização profunda e serena” foram as instruções que recebi. Devido às condições adversas, não foi possível fazer outra viagem para o interior goiano como costumo fazer nestas ocasiões. Teve a duração de 7 dias.

Uma parte do programa deste isolamento serviria para fazer uma reflexão intensa sobre os acontecimentos ocorridos dentro da GM desde que foi oficialmente iniciada no final de 2012. Estudar todas as mensagens recebidas e aquelas que foram enviadas por outros canais. Fazer em seguida uma análise extensa sobre os desdobramentos após as aberturas de todos os Portais de Luz e seus efeitos no mundo.

Durante os dias de retiro foi pedido o máximo de cuidado na questão da segurança pessoal, orientação emitida durante a última peregrinação em Alto Paraíso de Goiás em janeiro passado, devido à onda de influências negativas que estariam à solta neste período carnavalesco. E seriam através destas sombras que os atos vingativos do lado das forças involutivas perpetrariam os ataques pessoais contra a minha integridade física.

Embora muitos eventos tenham ocorridos logo após o retorno do norte goiano, todos estes acontecimentos se confirmaram ao longo dos dias antes, durante e depois da grande Vitória da Luz. E desde o final do ano passado fomos instruídos para criarmos novos mecanismos de defesa e renovar todos os procedimentos de segurança, por causa da sequência de ataques que viriam sobre nós, de forma fulminante.

E mesmo sob os olhares atentos dos nossos mestres, mentores, guias e guardiães espirituais, principalmente por parte da escolta do Comando Ashtar, esses ataques foram intensos e destruidores, causando danos psicoemocionais, físicos e de relacionamentos dentro das nossas unidades de combate.

Ficamos o mês inteiro de janeiro de plantão permanente, atuando nos procedimentos de cura, para resgatar e curar nossos guerreiros e guerreiras que estavam a todo o momento sob os ataques intermináveis. Os desgastes e os estresses eram constantes. As horas de sono eram simplesmente reduzidas, e muitos viam o dia amanhecer, restando apenas o tempo para ir em seguida ao trabalho e compromissos terrenos.

As influências negativas eram intensas e fulminantes, porque essas investidas vinham sendo executadas por um comando alienígena negativo, com uso de alta tecnologia além de contar com um poderoso exército de guerreiros negros, conhecidos como reptilianos. As técnicas e as metodologias destes ataques já tinham sido identificadas e haviam sido criados vários mecanismos de defesas.

A mais contundente forma de atuação das forças involutivas relacionava-se ao uso de ondas de controle mental, emitidas por uma fonte central e redirecionadas por várias estações retransmissoras em volta do planeta. Durante vários meses investimos também na destruição de diversas bases que sustentavam essas redes de antenas, obtendo êxito em cada uma desta operação.

A intervenção alienígena contra nossas Unidades de Combate deve-se a três fatores marcantes e decisivos nesta campanha de limpeza planetária. O primeiro foi a vitória sobre os comandos terrestres dos exércitos que sustentavam o governo oculto e sinistro do planeta. O segundo foi quando reagimos aos ataques de um Alto Conselho de Magos Negros em que metade deste grupo foi aprisionado e levado ao Tribunal do Conselho Cármico. Com a dimensão da perda, eles pediram socorro aos alienígenas.

E o terceiro e decisivo envolveu uma Cúpula ligada à Fraternidade Negra que domina um imenso grupo religioso no planeta, onde foi desativado e destruído um Laboratório, que envolvia experiências genéticas, principalmente com crianças. Este Laboratório era comandado por seres alienígenas negativos. Este local tinha fortes ligações e intercâmbio com outra base extraterrestre em outra nação que foi alvo de nossas operações e possuíam as mesmas atribuições que envolviam casos de sequestros e abduções de seres humanos

Depois de tudo isso era de se esperar uma onda de ataques por parte do comando alienígena estacionado na Terra. E tal qual como fomos alertados pelo Comando Estelar, aconteceu. Em janeiro último desfecharam uma série de ataques mentais contra nossas Unidades e a perda também foi séria. Conseguiram o que a Fraternidade Negra jamais havia alcançado. Destruiram o C12 e a BRI em uma semana de investidas, dias antes da nossa grande Vitória.

Interessante será falar do que ocorreu no encontro que tive lá em Alto Paraíso de Goiás, já que no dia do meu retorno ao NA começou a acontecer as baixas já previstas.

Num dos encontros na reunião do Conselho Cármico, foi pedido para me deslocar para a cidade que fica no norte goiano. Havia apenas algo que deveria esperar que chegasse às minhas mãos para ir ao tal local. Alguns mensageiros espirituais chamavam essa entrega que viria de “arma amarela” que realmente chegou na véspera da minha partida – numa quinta-feira - para o retiro e, veio do Extremo Oriente. Por pouco o Correio não me entrega a encomenda, quando já estava no balcão para recebê-lo, pois o “pacote” havia chegado poucos minutos antes do encerramento do expediente da empresa.

Partimos na madrugada para evitar o calor sufocante do dia, pois seria uma viagem longa de cinco horas na estrada até chegar em Alto Paraíso de Goiás. O encontro estava marcado para o dia seguinte e deveria subir um morro que já conhecia, mas era mantido em segredo. Lá em dezembro de 2012 foi aberto um Portal de Luz, por onde apenas grandes seres poderiam descer ao plano físico. E este encontro seria uma das mais surpreendentes.

Muito do que ocorreu lá no cume do morro sagrado não pode ser mencionado, devido aos rituais e revelações feitas, mas a parte fundamental deste encontro foi a nova incumbência no serviço a ser executado para a manifestação do Plano Maior. Outra surpresa foi a antecipação das operações finais programadas para março e que, deveriam ser antecipadas para a semana seguinte. Esta decisão foi tomada pelos membros do Conselho Cármico, pela Hierarquia Espiritual e pelo Comando Estelar.

Antes do término do encontro lá no morro, foi-me permitido assistir ao rompimento de um Selo descrito nas Escrituras Sagradas. Depois disso, não tive mais dúvidas do que estava para vir e o que ocorreriana Humanidade e com o planeta Terra. O prazo estabelecido por Sananda relacionado aos eventos futuros estava sendo antecipados e abreviados agora. Um novo Decreto Divino estava sendo emitido naquele Conclave do Conselho Cármico.

Durante a minha estadia naquela cidade goiana, o Comando Estelar passou diversas instruções e orientações sobre as próximas operações que deveriam ser desencadeada a nível planetário, por diversos Comandos de Guerreiros da Luz encarnados na Terra. Tomei ciência destes grupos e como seria desenvolvida a atuação grupal na Grande Operação, além disso, fui informado de como ocorreriam os encontros e reuniões deste Comando Terrestre de Guerreiros da Luz.

Nos três dias do retiro foram feitos diversos procedimentos e rituais com a Céliah, incluindo passagens por cachoeiras e encontro com seres espirituais. Foi na volta para Brasília que tivemos uma surpresa reveladora. Isso tinha sido avisado antes da nossa viagem e nem lembrávamos mais disso, depois de tantas surpresas, mas relacionava-se à manifestação física de uma parte da nossa escolta e segurança. E isso ocorreu durante o percurso na estrada, quando paramos para lanchar e um homem pouco antes de partirmos nos chamou e pediu uma carona. 

Levamos esta pessoa até a cidade seguinte, onde disse que morava. Durante as nossas conversas ficou evidente que não era o homem que aparentava ser naquele momento e sim, que era outro ser que havia ocupado o corpo físico daquele homem. Muito amável, se encantou com a Céliah e deixou uma “senha” para ela, escrito num papel, inclusive o seu nome.

Soubemos que era o comandante de uma legião de guerreiros que foi escalado para nos dar a escolta em todo o percurso naquela região goiana. No dia seguinte, ele veio para o NA com uma força de 3 mil Guardiães para atuar aqui na cidade onde moramos e que agora, somam-se aos 4 mil Lanceiros que protegem o NA. A atuação desta nova legião de guardiães será o novo tema para um artigo, pois o que eles fizeram aqui na cidade durante a semana de carnaval foi algo transcendental e este acontecimento merece ser contado a todos, pois desvenda um dos aspectos que foi descoberto naquilo que mencionamos sempre sobre o “lado 2” ou o “lado sombra” das pessoas encarnadas.

Toda essa Força de Segurança deve-se aos constantes ataques que recebemos ao longo de dois anos na condução da GM. Além dela existe o apoio do Comando Ashtar através das Sondas que já foram diversas vezes fotografadas ou filmadas em ações de escolta e proteção. A nossa vida depende da atuação destes guerreiros, guardiães e de Ashtar. Se não desencarnamos até agora, é devido às interferências deles. Isto é fato.

Na Grande Operação contra as bases alienígenas e militares terrestres, nosso Comando estava reduzido à metade, com as baixas que ocorreram. Faltavam três dias para a nossa ofensiva final e o objetivo do nosso grupo era mantido em total sigilo e segredo. Nem o alvo era mencionado e apenas os comandantes do grupo sabiam qual era a nossa missão. Seria uma atuação em todas as frentes com cada Comando ciente de sua missão especial.

No dia “D” toda a Operação foi desencadeada simultaneamente por 12 Comandos de Guerreiros da Luz no planeta inteiro. A confusão do lado das forças involutivas foi total, facilitando o golpe fatal na base de sustentação do domínio negro na Terra. O gerador de ondas eletromagnéticas que mantinha a humanidade aprisionada na terceira dimensão foi destruído e junto, todas as bases retransmissoras no mundo. A Vitória da Luz foi consumada na Terra. O véu ilusório vai se desvanecer dia a dia agora!

Tanto na Terra II quanto na Terra física as operações se desenvolveram até com as atuações das naves da Frota Estelar, investindo contra todos os redutos subterrâneos e as instalações militares existentes no planeta. Lá no espaço por todo o Sistema Solar, foram instalados bloqueios e barreiras em todos os níveis para evitar invasões das frotas alienígenas que estavam chegando para dar apoio as forças negativas estacionadas na Terra. O bloqueio maciço ocorreu em torno do Cinturão de Asteróides. Os confrontos ocorreram com a vitória da Frota Estelar.

As operações resgates no planeta, depois de intensos ataques e infiltrações nos grupos de trabalho, foram desenvolvidas em regime de operações secretas e criadas frentes inovadoras para os resgates. Um Portal de Luz foi acionado no NA, por onde é feito o serviço semanal de levar esses nossos irmãos e irmãs de volta para casa.

Após a Vitória da Luz, todos os nossos Guerreiros e Águias perceberam que a calmaria, harmonia e tranquilidade retornaram às suas vidas, vivenciando algo inédito em suas rotinas diárias. Os ataques contra os membros da GM cessaram logo após o final da guerra contra as Trevas. Tudo agora transcorre de forma natural, normal e sem sobressaltos. Os nossos encontros são marcados para as atividades voltadas à Operação Resgate, à segurança grupal e ações desenvolvidas para a Limpeza Planetária, no qual a purificação da nossa atmosfera é o foco principal.

No plano físico e terreno as nossas vidas tomam um rumo também diferente e gratificante. Somos agraciados por bênçãos divinas em tudo o que fazemos, idealizamos e realizamos. Novas amizades vêm surgindo de todos os recantos e em todos os meios onde atuamos materialmente. A paz agora pode ser vivenciada de forma mais serena, produtiva e acolhedora. Tudo se transforma, renova e expande.

A GM prossegue em outra missão desafiadora, inspirar a formação da União dos Trabalhadores da Luz e com esse propósito criar as sementes da futura Fraternidade Humana na Terra, sob os cuidados e apoio da Grande Fraternidade Espiritual da Terra.

Muitas histórias e ocorrências serão mencionadas nos próximos artigos a serem publicados em Caminhando com o Mestre, recheado de cenas, dramas, conflitos, revelações, descobertas e desvendamentos no campo da espiritualidade humana.

Até lá, deixamos aqui a nossa gratidão eterna a todos os Guerreiros, Trabalhadores, Servidores eas queridas Águias que não mediram esforços e fizeram muitas renúncias para se voluntariarem na Grande Missão de estabelecer o Plano Divino na Terra.

Em Amor e Luz,
Shima e Céliah.

Postar um comentário

 
Top