0




Sobre a Grande Operação de Socorro, Resgate e Cura

Saudações da Luz, corações amados!

As questões que mais têm gerado dúvidas relacionam-se à Grande Missão - mais conhecida hoje como “GM” -, sobre o que é esse termo e como surgiu, além da curiosidade que desperta em saber como é feito esse trabalho em benefício da Luz! Em seguida, temos outros questionamentos que se somam cada vez mais, a cada nova descoberta.

Este assunto tem sido muito debatido e esclarecido em nossos encontros no Portal dos Trabalhadores da Luz, e no grupo de estudos do Comando Ashtar. Procurem reler os compactos destas reuniões e refletirem profundamente sobre cada conteúdo dos temas relacionados e que estão arquivados em cada página destes grupos.

Um dos últimos encontros abordou o tema sobre a realidade do Guerreiro da Luz e, as questões focaram um ponto de suma importância para a vida individual e pessoal de cada um que se considera um verdadeiro guerreiro e não a imagem de um guerreiro. Esta revelação surpreendeu alguns.

E a verdade sobre este ponto se comprovou durante as primeiras experiências na Grande Operação de Resgate, que mostra a face real do mundo espiritual onde a maioria da humanidade fica aprisionada e como são mantidos na condição de prisioneiros e escravos, até em locais que são imensos campos de concentrações cercados por uma vigilância de extrema violência e abusos.

Muitos trabalhadores da Luz que se consideravam “guerreiros” jogaram suas armas no chão e voltaram para casa, quando se depararam com essa realidade do lado oculto no plano astral e na Terra II. É fácil se declarar um guerreiro da Luz, mas quando se conhece o campo de batalha, a realidade muda da água para o vinho.

Não é um campo de ação para qualquer ser, mesmo para os mais experientes e veteranos guerreiros da Luz. O confronto entre a Luz e a Treva é real e atinge até o plano físico. Ficar por trás das linhas de combate, nos bastidores, é mais seguro do que estar na linha de frente, lutando e combatendo, porque serão alvos constantes dos ataques. E não se deve pensar que um guerreiro da Luz tem vida tranqüila, pois não tem. É perseguido constantemente pelas falanges trevosas.

Somente quem tem sobrevivido a esses ataques sabe o quão difícil e às vezes, aterradora é a vida de um guerreiro da Luz. As trevas não dão descanso um momento sequer. A devastação que causam até na vida do indivíduo no plano físico é fulminante. Sem a consciência de um verdadeiro guerreiro não sobrevive nestas batalhas. A ilusão lançada como dardos energéticos são fatais e os danos físicos são contundentes. E a maioria dos “pseudos” guerreiros desiste no primeiro embate.

As equipes de Socorristas no plano astral conhecem bem quem são estas falanges negras, que mesmo protegidas e amparadas já sofreram algum tipo de ataque nos planos astrais inferiores. O que falar então das equipes que integram a Grande Operação de Resgate a nível planetário?

Porque estas equipes que já vão com o propósito de resgatar seres desencarnados aprisionados em setores do plano astral, sabem que vão encontrar os grandes comandos sinistros que ainda tentam manter seus domínios por lá. E tem plena consciência dos perigos e dos ataques que vão sofrer nestas investidas pelos submundos astrais. E que também, as falanges trevosas não tem compaixão.

A primeira barreira é acreditar no que vêem, percebem ou sentem, pois as trevas jogam os véus ilusórios para desacreditar em cada membro das equipes, a realidade de suas missões nestes resgates. Tudo parece surreal ou uma espécie de ficção científica. Isso decorre, porque o plano astral é completamente diferente do plano físico. É mais plasmático. As formas mudam constantemente e se ajustam à vontade ou ao controle mental de quem atua de forma consciente por estas regiões.

A Terra II e sua relação com o plano físico

Há tempos estamos falando sobre a Terra II e isso também gerou muitas polêmicas e dúvidas. Existe? Sim, existe da mesma forma como existe o nosso plano físico. E é tão real quanto este mundo material, que influencia imediatamente toda a vida neste mundo terreno.

Para uns é chamado de mundo do perispírito já que nesta camada existencial o ectoplasma é a substância que forma este corpo existencial da camada mais densa do plano astral e que fica bem próximo da densidade física. É um lugar onde a maioria dos desencarnados vão, imediatamente após a “morte física”.

Embora seja um lugar de passagem, muitos são aprisionados nesta faixa de vibração. E quem nunca acreditou na vida após a “morte” se acha nesta camada como se estivesse ainda “ vivo” e com o mesmo corpo. É o duplo etérico. Então pelo apego cristalizado em sua mente, permanece nesse lugar que contêm as mesmas características do plano físico.

Desde que iniciei minhas pesquisas nesta camada em meados do ano de 2004, passei a chamá-la simplesmente de “astral denso” ou de “contraparte do plano físico” pela similaridade com o nosso mundo material. Pessoas, casas, ruas, prédios, veículos, jardins, praças, árvores e tudo o mais, estão lá.

Ao assistir os filmes de terror era como testemunhar este lado existencial da vida humana no lugar que hoje, passei a chamar de Terra II. É onde a maioria dos seres trevosos está e vive. Por séculos criaram seus redutos naquelas bandas e com sua existência de milênios de anos, superaram em muito os avanços tecnológicos, mesmo quando civilizações ruíram e surgiram na superfície do plano físico, os conhecimentos por lá foram mantidos pela Fraternidade Negra.

É como os dois lados da moeda. Uma é a realidade física e a outra a realidade astral. E ambas são extremamente densas, cristalizadas num lado e plasmática na outra, mas são interligadas pelos campos energéticos existentes em cada lado e separadas por uma fina “parede” de linha tênue. É como se fosse aquele espaço que separa uma cidade da floresta adjacente.

Aqueles que têm consciência em uma projeção astral, vai se deparar em primeiro lugar, nesta Terra II. Vê-se fora do seu próprio corpo carnal e, muitas vezes sentados na cama, observa todo o ambiente em volta. Olhas as pessoas familiares que não as vê, percorre a casa atravessando as paredes e conforme vai caminhando mais neste plano, consegue perceber que existe uma densidade física além das aparências.

Quando se dá conta disso, pode-se aproveitar esta “viagem” de forma educativa e instrutiva. Apenas deve-se manter atento às suas próprias vibrações, pois assim como um “estrangeiro” chama a atenção quando chega num lugar, o projetor astral consciente chama muito mais, pois o brilho da sua aura é vista de longe.

E da mesma forma como chama a atenção de quem vive por lá, atrai os interesses malignos e trevosos também. E pode ser atacado de forma violenta e ter vários danos se for “seqüestrado” e levado para os laboratórios existentes neste mundo “invisível”, onde sofrerá experiências traumáticas. O modo como vive em pensamentos e emoções no mundo físico reflete por lá através deste corpo sutil.

Tudo o que é projetado para ser criado no plano físico emite uma onda energética com o mesmo potencial de criação neste outro lado, e quando esta criação começa a ser manifestada no plano físico, está sendo criado neste plano astral denso, no mesmo local e tempo. A diferença será por quem será utilizado e quem terá o domínio e posse dessa criação no astral denso.

Por isso, muitos lugares e objetos do plano físico são marcados por situações bizarras e surreais, gerando medos, crenças sobrenaturais ou casos de distúrbios psiquiátricos e, até visões dessas “sombras” se movendo nestes lugares “assombrados”, ocasionando lendas e mitos sobre fantasmas ou seres malignos.

É preciso uma mente aberta alicerçada na busca do conhecimento puro e verdadeiro, com o uso constante do bom senso e discernimento para separar o “joio do trigo” sobre a grande mentira que criaram para manter a humanidade longe deste lugar que para a Fraternidade Negra é a base de sustentação de todas as mazelas que conseguem infringir na humanidade e neste mundo do plano físico.

“Orai e vigiai”, ainda é um bom conselho.

O nosso lado sombra na Terra II

Este tema é uma das novas revelações que vem sendo trazido para os grupos internos da GM, por seu alto conteúdo de informações que se tornam decisivos na vida individual de cada trabalhador ou servidor da Luz e, principalmente na vida dos guerreiros da Luz.

Conhecido na nossa sociedade com uma dupla personalidade, ou seja, o lado “oculto” do nosso ego inferior, este lado sombra repercute na vida de todos os seres humanos sobre a superfície do planeta. É como denominamos de nossa “Parte 2”, por ser o outro lado da mesma moeda, e por ter o conhecimento também da magia sagrada, usam-na para ter o domínio sobre a personalidade humana encarnada.

Em nossos estudos, sempre dizemos que não devemos destruir a nossa personalidade terrena, porque é uma das nossas mais lindas criações feitas por nós mesmos durante milênios de experiências vivenciadas no plano físicos, vidas após vidas. Se foram boas ou más, isso torna-se irrelevantes como almas peregrinas, já que lições são apreendidas através dessas vivências.

Todos nós, trabalhadores da Luz, temos o conhecimento sobre a dualidade desta terceira dimensão e da escuridão que reina neste mundo material, ocasionada pela ignorância e pelo medo que foi imposto sobre a humanidade para não ultrapassar a barreira da 3D. Isto é fato. E ao longo dos últimos séculos, a implantação de metodologias a nível global, tornou-se quase impossível transpor essa barreira entre o plano material e o plano espiritual.

Em contrapartida, foi crescente o número de seres evoluídos que desceram à essa densidade física, para ajudar a humanidade a avançar em seu processo evolutivo como raça do reino humano para o reino espiritual. E uma avalancha de informações e novas mensagens vêm sendo trazidos ao longo dos últimos anos cobrindo todos os recantos do planeta.

E conforme a Luz vem sendo implantado por toda a superfície do nosso mundo material, é natural e constante que as mazelas e forças malignas que se mantiveram ocultas da humanidade comecem a aflorar também, por toda a nossa sociedade. A ilusão é acreditar que o mal cresceu e o mundo tornou-se mais violento. Nada disso é verdade. Significa sim, que através da Luz, o que se mantinha nas sombras, é revelado a olhos nus e por isso, tudo está aflorando, vindo à superfície.

Antes, se podia varrer e “esconder” por debaixo do tapete. Hoje não. Por isso, tudo que é negativo ou que for criado com intenções negativas ou que se tentam difundir de forma maligna ou causem o mal na sociedade humana, literalmente fica à vista, pois não há mais sombra para ocultar e nem escuridão para encobrir essas mazelas na humanidade atual.

Essa é a diferença atual no mundo. A Luz está ancorada e a Treva exposta.

O uso do discernimento é o método mais seguro e eficaz para ultrapassar as situações de dúvidas e incertezas neste momento de transição planetária. O caminho da prática e da vivência do Amor Divino, é a forma correta de ultrapassar essa escuridão que se desvanece dia a dia de forma acelerada, assim como o tempo também está avançando de forma incrivelmente rápida.

Não há como impedir a implantação do Plano Divino na Terra, pois isso já está determinado pelo Decreto de Intervenção Divina em nossa humanidade e no planeta. A Grande Colheita já está tão próxima que muitos trabalhadores da Luz ainda não se aperceberam disso. A posição de ficar na omissão é mais cômoda e se alguém chegar para alertar sobre essa atitude ilusória, será recebido de forma agressiva.

Assim tem ocorrido em todos os lugares e com várias pessoas. Muitos não aceitam que a verdade seja revelada ou difundida. A negação é simples e dura. Não se aceita a nova realidade do mundo. Quebrar isso, é criar mais conflitos desnecessários. “Muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos”. Na verdade, isso significa que as escolhas são individuais, e a maioria escolhe o caminho mais cômodo. Pois mudanças acarretam transtornos e isso é o que menos querem.

“Aqueles que quiserem Me Seguir, pegue a sua Cruz e Siga-Me!”, assim disse o Grande Mestre, dois mil anos atrás. E essa “Cruz”, sinceramente, pesa. Por isso, poucos conseguem ultrapassar a barreira do comodismo. Se apoiar numa cruz é uma situação diferente de carregar. E quando Ele disse: “Siga-Me!”, há uma revelação incrível nisso: caminhar.

Muitos permanecem “sentados” na beira do caminho.

A dualidade é isso. São escolhas entre a positividade e a negatividade, os dois lados da mesma moeda. Se a tua Deusa ou teu Deus – Ego Superior – ou a tua Sombra – Ego Inferior – refletirem na tua personalidade, escolhas devem ser feitas. Ser passivo ou ativo é a questão do momento. A omissão é um erro.

Haverá dois orbes na quarta dimensão também. Um positivo e outro negativo. Ambos existirão para acolher os “escolhidos”. A Terra atual vibrará na quarta dimensão positiva e outro orbe foi reservado em outro ponto da Galáxia, para receber os que “ascenderam” para a quarta dimensão negativa.

Será bem diferente daqueles que irão permanecer em outro orbe da terceira dimensão. A separação do joio do trigo ocorrerá na Grande Colheita final que está próxima e, já começou.

No orbe da quarta dimensão negativa, não haverá seres iluminados ou ascensionados na Luz, mas será sim, um mundo de plena escuridão. Os que foram dominados pelo lado sombra da sua personalidade, serão levados para este mundo de plena escuridão, até que ciclos e eras sejam transpostos, em suas novas jornadas.

O egocentrismo em sua forma sutil também deve ser observado. Aquilo que pode se parecer com algo positivo, pode também conter algo negativo e o que for potencializado, se manifestará, mesmo que sutilmente. Os “escolhidos” não serão feitos por outros seres e sim, por si mesmo. É a lei da atração. Está no código genético. A criação segue o seu criador.

Fica aqui o alerta.

O reinício das operações de resgate e cura

Finalizando aqui este artigo, encerro também as duas semanas de retiro espiritual a que me submeti para cuidar de várias situações impostas pelas ações negativas contra os trabalhos da GM. E vamos retomar as operações resgates que foram suspensas por questões de segurança.

Muitas mudanças e alterações ocorreram neste período de 14 dias, e alguns culminaram em várias baixas em nossas fileiras. Foram executadas diversas operações de combates contra as forças negativas e trevosas em vários níveis, pois estes comandos sinistros desfecharam ataques diários contra nós desde a vitória a Luz em 26 de julho último.

Neste tempo todo, as renovações nas fileiras da Luz, com a vinda de novas Águias ocorriam quase que diariamente também. E com esses reforços, foi possível manter as conquistas, e bilhões de seres foram resgatados nos planos astrais e mentais inferiores. Sem contar que vários Portais de Luz foram restabelecidos e retornaram aos nossos domínios.

No último dia 13 de setembro agora, um grande evento ocorreu através da intervenção do Logos Solar na atuação direta de Hélios e Vestas com a descida vitoriosa da energia do Cristo Cósmico em nosso planeta, sendo ancorado diretamente no coração de Gaia, o Cristal existente no centro da Terra.

A ação também foi feita através do Grande Ser e da Mãe Maria que juntos, estabeleceram o Grande Portal para a precipitação do Reino dos Céus na Terra. Isso era tudo o que a Fraternidade Negra e o Governo Sinistro tentaram impedir ao longo de um ano. O que não ocorreu há dois mil anos, aconteceu agora neste último evento de sábado passado.

A contagem regressiva para o salto quântico começou.

Restam às Trevas, arrumarem suas bagagens para se retirarem do planeta. O Príncipe Planetário está vindo para assumir o seu Trono que foi usurpado há milênios. A era da escuridão dará lugar à era da Luz.

E o Reino Espiritual será a nova etapa da humanidade. E uma nova civilização será erguida sobre os alicerces da Paz e da Fraternidade Humana.

Paz na Terra!
Em Amor e Luz,

Shima.

Postar um comentário

 
Top