2


Chamado aos Guardiães da Luz!!!

Saudações Guerreiros,



Ontem, dia 6 de março, iniciou uma nova operação no astral denso com a atuação de Guerreiros da Luz e das Águias do Comando com a missão de estabelecer uma imensa muralha de Luz em torno do solo brasileiro, onde serão ativadas e abertas vários Portais de Luz, sendo que muitas delas serão Torres de Luz que unirão dezenas de Pontos Focais de Luz, com o propósito estabelecido pela Hierarquia Espiritual de criar um cinturão de defesa e proteção ao Grande Ser que se encontra caminhando nesta Pátria da Nova Era.




Após o ato de “Declaração de Guerra” por parte da Fraternidade Negra, todas as Forças da Luz entraram em estado de alerta máximo. As reações trevosas no astral denso se mobilizaram em verdadeiros acampamentos com estruturas militares e instalações de comandos para promoverem os ataques contra todos os Trabalhadores da Luz envolvidos na Grande Missão. Os combates se alastraram por vários estados brasileiros. As falanges negras em sua maioria são formadas por “voluntários” encarnados que mantém seus contratos com os irmãos trevosos.




Por quê houve essa declaração de ações bélicas no astral denso?




A Grande Missão envolve sete bilhões de almas humanas encarnadas e outros 12 bilhões de desencarnados e mais de bilhões de seres cósmicos e interdimensionais além de toda a Frota intergaláctica. Além disso, assumimos a responsabilidade do resgate de Gaia e a restauração e cura da Terra. Nas várias operações sobre a superfície do nosso planeta, foram abertos... ativados... acionados... dezenas de Portais de Luz... Pirâmides de Luz... Pontos Focais de Luz.




O que mais pesou nestas operações e afetaram as falanges trevosas, foram as perdas que tiveram com suas bases e campos de prisioneiros existentes nos mundos subterrâneos dos planos astrais e mentais inferiores, onde verdadeiras cidades e construções foram criadas justamente para “escravizarem” os corpos astrais de pessoas encarnadas e também de bilhões de seres desencarnados – o “eterno inferno” - que estavam aprisionados nos mais profundos abismos, locais quase impenetráveis.




Durante meses essas instalações nefastas e malígnas receberam as visitas dos nossos Guerreiros e Águias, que se infiltravam nestes redutos e travavam as mais sinistras batalhas contra as falanges de seres trevosos. Eram verdadeiras “bases” militares muito parecidas com os campos de concentrações nazistas da Segunda Guerra. Tinham de tudo: laboratórios de experimentos, celas de torturas, salas de cirurgias para implantes e locais de abusos sexuais contra as mulheres.




A invasão destes redutos eram precedidos por atuações de unidades especiais de combate que desmantelavam todas as defesas criadas para impedir a entrada das Forças da Luz em operações de resgates. Seres desencarnados há centenas e milhares de anos eram encontrados aos milhões e muitos já nem tinham mais seus corpos astrais consumidos pela fome insaciável dos trevosos. Apenas restavam as centelhas divinas para serem recolhidos.




A visão das cenas eram chocantes para os “novatos” Guerreiros que se alistavam nas fileiras da Luz, já que nunca havia presenciado tais situações. Suas consciências físicas jamais tiveram a noção do que ocorria no plano astral, principalmente onde estavam a maior parte da humanidade desencarnada. E principalmente, como tudo ali eram um mundo totalmente dominado pelas trevas. O reino do mal imperava de forma implacável naquelas regiões. E possuíam verdadeiros exércitos de falanges armados “até os dentes”.




Essa nova realidade fez com que muitos “guerreiros da Luz”, desistissem das missões. Era difícil de acreditar no que viram ou sentiram. A falta de aceitação foi o causador das baixas que tivemos ao longo dos meses. As mentes foram condicionadas a serem dóceis e submissas por questões de crenças. Muitos Trabalhadores da Luz foram iludidos quanto a isso. A intenção era clara. Quando se deparassem com a verdade sobre o lado oculto da Fraternidade Negra, negariam isso de forma veemente. Não poderiam crer que existissem seres com tamanho poder de destruição e domínio.




Ver corpos dilacerados, seres que possuíam aspectos de extrema beleza serem encontrados após o desenlace transformados em verdadeiras bestas humanas era demais para uma consciência física. Assistir aos “espetáculos” promovidos por magos negros em seus rituais de sangue e carnificina, traumatizavam os mais amorosos seres da Luz que conseguiam ter acesso a esses lugares satânicos. Lutar contra esses “senhores do mal” eram verdadeiras batalhas de magias e ataques energéticos.




A aniquilação de Corpos




Nos confrontos entre a Luz e a Treva no astral denso - uma das camadas existencial de vida que denominei de “Terra II” -, e que fica bem paralelo ao plano físico (publicado no artigo anterior “A Era da Luz – A nova Realidade”), são consideradas as mais complicadas missões já enfrentadas pelas Forças da Luz. São bem diferentes das batalhas ocorridas ao longo dos séculos no plano físico, porque envolvem tecnologias extraterrestres alienígenas renegados, poderes de magia negra, além das estruturas que sustentam os governos atuais do nosso planeta.




As operações das Forças da Luz são conduzidas por Legiões de seres, incluindo principalmente a ajuda do Reino Angélico, que somam-se a milhões de Guerreiros da Luz espalhados por todo o planeta e se integram em todas as missões para restaurar a Paz neste mundo paralelo. As armas são de Luz e a força é a do Amor. Não há sombra que resista aos Raio de Luz que são emanadas por esses seres angélicos e divinais. As resistências sucumbem já nos primeiros embates. Naves prisões imensas acompanham cada operação.




A misericórdia divina se defronta com situações surrealistas mesmo neste plano existencial. É quando as falanges trevosas são compostas por seres cujos corpos já perderam todas as qualidades divinas e nada servem senão para sugar as energias de outros seres desencarnados e de pessoas ainda vivendo no plano físico. São verdadeiros “vampiros”. Feições aterradoras para uma pessoa comum, mutantes soltos na escuridão que saltam sobre qualquer ser que carregue um mínimo de Luz em seu campo áurico. Nada sabem da sua própria existência a não ser que devem se alimentar de todas as emoções humanas e dos corpos que caem em suas mãos.




Esses seres perderam suas condições divinas e são consideradas apenas criaturas tenebrosas, cujos corpos fétidos e gosmentos não podem mais serem aproveitados para qualquer nível de evolução. São verdadeiros “lixos” astrais. A Ordem Divina emitida por seus próprios Criadores são para que sejam aniquilados em sua totalidade e que sejam apenas resgatados as centelhas divinas que deverão ser levadas até à Câmara do Fogo Sagrado, onde serão dissolvidas, desintegradas e suas energias purificadas e devolvidas ao reservatório universal.




Essa queima cármica serve também para quitar qualquer débito que estes Seres de Consciência Crística – Eus Superiores – possam ter com o planeta Terra e a Humanidade terrestre. Essa extinção de centelhas divinas foi autorizada pelos Senhores do Carma e determinadas pelo Tribunal do Conselho Cármico da Humanidade. A “Limpeza Planetária” envolve ainda uma série de “expurgos” e como a maioria estão encarnados em corpos físicos, é aguardado o momento final dos seus desencarnes para que possam ser resgatados e levados a estarem diante deste mesmo Tribunal Cármico para que sejam decididos seus destinos.




Por isso em todas as operações de confrontos entre as Forças da Luz e das Trevas estão havendo extinção em massa dessas criaturas já condenadas e cabem aos Guerreiros da Luz o cumprimentos destas determinações. A misericórdia divina alcança até os profundos subterrâneos astrais e aqueles que ainda tem condições de evoluírem em outros orbes, estão sendo aprisionados e levados às naves prisões, mantendo-se assim os seus corpos astrais para futuras experiências.




As emoções nestes embates não podem ser sentidas durante as operações, já que os Guerreiros atuam plenamente com suas consciências mentais e seguem o código sagrado... servir. Não questionam a Ordem Divina, apenas cumprem o que foi determinado para cada missão e o fazem com nobreza e de forma amorosa. Não julgam porque são executores do mandato divino. Servem porque são missionários. E missionários da Luz.





Os Novos Portais de Luz



Na operação ocorrida ontem com a abertura de 12 Torres de Luz em toda a região oeste do Brasil de norte a sul... do Oiapoque (AP) ao Chuí (RS), foi estabelecida uma imensa muralha de Luz com quase 100 metros de altura e conforme outras Torres forem instaladas ao longo da costa brasileira, serão ativados vários Portais de Luz em todas as cidades capitais e nos locais consagrados pelo interior do Brasil. O propósito estabelecido pela Hierarquia Divina é que em todo o solo brasileiro seja estabelecido a proteção total ao Grande Ser que vive nesta região central do Brasil em corpo físico.




Assim que todos estes Portais de Luz... as Torres de Luz... e os Pontos Focais de Luz sejam estabelecidos pelo Brasil inteiro, uma imensa cúpula da Teia Crística será ativada exclusivamente para este evento em benefício da Grande Missão conduzida pelo próprio Mestre dos Mestres. Tem sido desencadeado uma ação a nível global contra as Forças da Luz e os ataques desfechados tem sido intensos. A atuação das falanges do Norte vindas de outras nações tem causados muitos danos nos Trabalhadores da Luz e o tempo dispendido nos socorros e curas estão sendo feitos em regime de plantão 24 horas por todos os locais onde os chamados são feitos.




Enquanto outras operações estão em andamento, é feito agora o chamado aos Guardiães da Luz para que assumam seus postos juntos aos Portais e Torres de Luz que estão sendo abertos. Cabem a este grupo de guerreiros a proteção, sustentação e manutenção destes Pontos de Luz. Todos os membros da Força de Guardiães da Luz são pessoas treinadas e preparadas para este tipo de missão e que são selecionadas entre os Trabalhadores da Luz. Até que a Grande Missão seja concluída, a guarda e proteção de todos os Focos de Luz acionadas pelo planeta inteiro ficarão sob a responsabilidade deste grupo de Guerreiros da Luz.




O Chamado foi feito. A ação necessita de Trabalhadores que possuam a alma guerreira. Que sejam conscientes e disciplinados. E que acima de tudo tenham despertado para a sua missão de vida e aceitem o serviço que lhe é oferecido pela Hierarquia Espiritual da Terra. A vitória da Luz já está consumada... falta apenas a sua manifestação plena e real neste mundo em que vivemos. E lembrem-se amados Guardiães que toda a ação, gera a reação contrária na mesma força. É isso que ocorre. A sombra tenta reagir para se manter no domínio do planeta, mas a Luz chegou e veio para restabelecer o Plano Divino.




Então, onde a Luz surge... a sombra desvanece.




Assim é.




Paz na Terra!

Shiwa.

Postar um comentário

 
Top