0




O despertar da energia sagrada no homem

Saudações Corações Amados,

Este artigo é o começo de uma série de texto onde vamos abordar o assunto relacionado à energia masculina, sua natureza, seu aspecto, sua essência e seus arquétipos...

O trabalho que venho desenvolvendo nos últimos meses estava focado diretamente na energia da Mãe Divina... e a sua influência em nosso mundo terreno através da atuação feminina em todas as frentes do nosso processo evolutivo...

Agora é chegado o momento de falarmos de outra energia que envolve a nossa espiritualidade humana e como Almas Divinas, fazem parte da complementação de todo o processo ascensional onde cada ser busca dar seus passos na Senda da Luz...

Não existe a separatividade no caminho da Luz... e sim a fragmentação de uma única energia em dois pólos – positiva e negativa - de manifestação, já que a sua união significa a essência original de todo ser humano.

São suas naturezas divinas... a masculina e a feminina.

E os aspectos que distinguem uma e outra no plano físico, são apenas na forma de expressão: a razão e a emoção.

Isso porque, no mundo espiritual é conhecido como a manifestação do pensamento e do sentimento e, toda a Criação segue um padrão tríplice. Portanto, temos o terceiro aspecto: o movimento.

Então no plano físico devemos levar em consideração a terceira forma de expressão: a ação.

Um dos ensinamentos da Hierarquia Divina é trabalharmos da forma que representemos aqui na densidade física a geometria sagrada baseada num Corpo de Luz onde estes três aspectos sejam representados como: a Cabeça, o Coração e as Mãos.

Esta tríplice manifestação é capaz de elevar a raça humana na sua caminhada terrena em direção à sua reinserção na sociedade cósmica e universal. Esta é a meta de todas as Fontes de Luz espalhadas pela superfície do nosso planeta seja de que crença for. A Luz é inspiração.

Os desvios de conduta e do mau uso da Energia Primordial é apenas uma experiência humana em se caminho de descobertas e buscas. As limitações são causadas pelo conflito milenar entre as Forças da Luz e as Forças das Trevas. É aqui que começa a dualidade no processo involutivo da alma em sua jornada terrena.

É a longa caminhada pelo mundo da ilusão e o uso da razão e da emoção serve para alcançar o discernimento através dos tempos, enquanto as sensações moldam suas personalidades de acordo com suas tendências e arquétipos.

No final desta jornada, cada Alma adquire os dois aspectos de energias masculina e feminina. E se integra em sua essência como uma só Consciência.

Neste caso, este é o propósito evolutivo para uma Alma em seu processo de ascensão. Assim como um ser feminino é capaz de conceber em si o aspecto da energia masculina, um ser masculino também tem a capacidade de potencializar em si mesmo uma energia de aspecto feminino.

No momento atual, dentro dessa transição planetária em que vivemos agora, ficou evidente a diferença latente entre estas duas energias em sua manifestação física. Tanto os aspectos quanto as naturezas individuais afloram com tanta força entre s dois seres de sexos opostos que isto leva a alguns dilemas pessoais.

O ser masculino é movido pela razão, pela lógica, pelo raciocínio, pelo pensamento concreto. É um fluxo de energia positiva, evolutiva e, de exteriorização. O campo das idéias e concepções abstratas surgem do plano mental para a sua realização no mundo da forma. E este plano é constituído pela energia de aspecto masculino.

Por isso, muitas das dificuldades de entendimento, de bloqueios ou conflitos existenciais entre os homens diferem das mulheres, pois estas têm o seu campo de atuação focado no plano astral (emocional) cuja constituição é de aspecto feminino. A ressonância funciona como um “eco” e quando uma energia é emitida, ela responde pela lei das correspondências.

Ao apresentar um ponto para ser elucidada, qualquer questão que seja o homem tem o seu ângulo de visão ajustado pelo foco mental e não pelo foco da sensação emocional.

Então, ao falarmos sobre a espiritualidade humana, encontramos dois parâmetros que se diferenciam quando há o envolvimento de dois sexos opostos...

Cada ser vai ter uma forma diferente de abordar o mesmo tema ou um assunto onde o conteúdo é o mesmo. Isto é importante saber logo no início dos trabalhos. O conhecimento é único para os dois seres. Todos têm a verdade inerente em seu interior e no seu subconsciente. A Alma conserva todas as experiências e aprendizados.

Somente que essa informação chega aos homens pela “cabeça” e nas mulheres pelo “coração”. E um deve aprender com outro que na harmonização e complementação destas duas formas de manifestação, há um resultado transcendental na busca pelo autoconhecimento.

O fato de termos vivido por centenas de milhares de anos sob a influência do sistema de cultura patriarcal, onde predominou a energia masculina, isto condicionou a mente física (consciência) para o aspecto mais concreto de qualquer revelação ou realização humana na superfície deste planeta.

Ao lado racional da mente masculina deve-se somar a forma intuitiva e feminina.

Este é o caminho. A meditação, a contemplação amplia o pensamento. Mas é a intuição que abre as portas da expansão da consciência.

Permaneçam em Paz.
Em Amor,
Shima.

Postar um comentário

 
Top