2

Boa tarde Trabalhadores da Luz!!!

É com muita alegria que narro aqui um acontecimento que me surpreendeu naquela noite da abertura do Portal de Açores em Portugal, uma quarta-feira feira (17/07)...

Estava sentado agora na varanda da minha casa, refletindo sobre os acontecimentos maravilhosos ocorridos com alguns membros do Grupo de Trabalho. Enquanto pensava nisso, analisando cada quadro... contemplava os processos de estudos e treinamentos que esses Trabalhadores vinham passando ao longo das últimas semanas, desde que iniciamos os nossos encontros...

E Ele surgiu suavemente... e sentou-se!

- Em que pensas? – perguntou.

- Meu Senhor... estou maravilhado com o que ocorre com essas Guerreiras...

- Sim meu querido... por isso as escolhi!

- Mas...

- Lembre-se, nem tudo o que parece... é! Sabes muito bem, querido, que este momento é de resgate... e sem que elas cumpram o papel que lhes cabe, o Trabalho não pode ser feito! Elas foram “dramaticamente” desviadas de suas verdadeiras missões de vida. Agora, devemos trazê-las de volta, para o Lar onde devem reinar com suas sensibilidades femininas e suas manifestações amorosas, pois isso é o elo que alcança a Unidade na Criação!

- Entendo.

- Veja-as pela janela da Alma... são as grandes Sacerdotisas que um dia tiveram que pegar em espadas para defenderem seus lares e, com o tempo se perderam na escuridão das batalhas... tornaram-se Guerreiras!

- Sim, meu Senhor... é verdade... e agora, elas devem resgatar estas Deusas para que o mundo retorne às suas origens?

- É essa a primeira tarefa de vocês!

Por mais alguns minutos Ele passou instruções sobre os próximos passos a serem dados nos próximos dias e antes que partisse, disse:

- Conte o que viu lá!

Voltei para dentro de casa e disse para Céliah:

- Não vai ser um texto amor, será um artigo.. e longo!

A Operação Resgate em Açores

Na noite anterior à abertura do Portal de Açores, uma grande operação de resgate foi feita pelo Grupo de Guerreiras convocadas para esta tarefa. E para chegar aos locais foi necessário entrar em batalha aérea com suas naves, contra as forças trevosas e a frota de seres renegados que mantinham a região sob o controle deles.

Após longos minutos de confronto com o apoio da Frota Intergaláctica, a vitória se consumou para o lado das Forças da Luz. O retorno de alguns ex-comandantes que operavam do outro lado após a rendição, ampliou o contingente da Frota que os aceitou novamente em suas fileiras.

Logo em seguida, as Guerreiras começaram a descer sobre o arquipélago da Ilha dos Açores e mergulharam pelo interior das cavernas e fendas, dividindo-se em vários grupos de ações. Enquanto um Grupo de Apoio do Comando Ashtar dava proteção, outros também desciam para os resgates em auxílio às “meninas”...

As reações de grupos trevosos que mantinham “encarcerados” os seres desencarnados em câmaras subterrâneas eram rapidamente superadas pela rapidez e agilidades destas Guerreiras... destemidas, que enfrentavam os ataques e abriam caminho pelos corredores e túneis escuros... e entravam velozmente nos recintos para libertar e soltar os “prisioneiros”...

Outros grupos das Guerreiras desciam pelos vales e encostas enquanto outras submergiam no mar, mergulhando pelos leitos submarinos em busca de “seres perdidos”... e encontraram milhões de centelhas incrustadas nas rochas, fendas e nas grutas, já sem os seus corpos astrais...

Recolhiam o que restava dos corpos mutilados, em decomposição...

Abraçavam... pegavam no colo... levavam até ás macas estendidas ao longo da Ilha...

Foi uma noite tensa... inesquecível... marcante... dolorosa e feliz ao mesmo tempo. Eram seres que tinham desencarnado há milhares de anos... outros há pouco tempo... na sua maioria eram do tempo da Atlântida... e uns tantos pereceram nos naufrágios durante as grandes navegações do século XV.

Enquanto o resgate prosseguia, membros do Comando iam levando estes seres até as naves-hospitais estacionados sobre a Ilha, onde recebiam os “primeiros socorros”...

Quando tudo tinha terminado, as Guerreiras se reuniram emocionadas.

- Nunca tinha visto algo assim! – disse uma delas!

Assim que todas retornaram, participaram de um processo de limpeza e cura, pois as tarefas do dia seguinte necessitavam que estivessem com seus corpos sutis em condições de atuar sob a forte emanação da abertura do Portal de Luz em Açores...

Cada uma recebeu orientações sobre os procedimentos em cada etapa do trabalho a ser feito em grupo. Era uma experiência inédita neste caso, pois envolvia a reunião de pessoas encarnadas em corpos físicos e executariam um trabalho de forma consciente e projetada em corpos astrais...

A lucidez seria uma das lições promovidas para acelerar o processo de “despertar” de alguns dos seus membros... para todas seria uma oportunidade de ampliar suas capacidades de percepção e visualização. A elevação do padrão vibratório é um dos treinamentos mais eficazes deste grupo de Guerreiras... sabem como fazer isso sobre intensa pressão e “ataques”...

O Portal de Açores

No dia seguinte o grupo foi convocado para vários encontros antes de irem para o trabalho da abertura do Portal... foi um dia tenso e cheio de interferências negativas para impedir que o grupo se reunisse ou estivesse em condições de participar dos trabalhos...

A dificuldade seria como proceder num evento desta dimensão em que um novo grupo de Trabalhadores iria participar... e depois, como seria a atuação de todas as Guerreiras, para darem a proteção e amparo aos seres resgatados na noite anterior... e ainda mais... como seria o  encontro com o querido Mestre que estaria presente neste evento?

As doações através dos cálices de Luz estavam chegando de todos os lugares e isto fazia sorrir os Seres Iluminados encarregados de receber esta oferta amorosa dos Trabalhadores...

Além de ajudar na preparação da abertura do Portal, auxiliava no processo de limpeza e restauração dos corpos sutis daqueles seres que foram resgatados e se encontravam nos hospitais dentro das naves...

A noite chegou...

A cerimônia já estava pronta... e muitos Seres Iluminados estavam presentes como se estivessem num imenso anfiteatro, aguardando o momento solene daquela noite. Ao olhar a região em torno do local onde seria aberto o Portal, a visão de milhares de cúpulas emocionava profundamente... protegiam os seres resgatados...

Dentro de algumas cúpulas transparentes via-se “brotarem” seres que eram trazidos por seus “guias” e conduzidos de forma silenciosa até as proximidades do Portal. Eram de outros lugares do planeta e que também foram resgatados e socorridos para estarem em condições de fazerem suas “viagens” de retorno para suas origens!

Na hora marcada... começou.

“Todos façam um grande círculo e permaneçam numa Bolha de Luz violeta..... Visualizem um lindo vórtice colorido sobre a Ilha de Açores...

Coloquem as Flores em fila dupla...

Trabalhadores e Guerreiras.... permaneçam em círculo! Todos... em duas alas direita e esquerda.... visualizando.... o vórtice de Luz.. Descendo sob a forma de Arco Íris.... como estrela candente... ancoram suas pontas na terra...

Uma linda cascata de Luz começa a jorrar do céu... a noite se ilumina... como fogos de artifícios....

Os trabalhadores... servidores.... guerreiros.... se unem no abraço do Amor do Pai....

Um imenso espelho de Luz se forma no arco colorido.... intensamente começa a brilhar.... resplandecer... uma ponte se faz de um lado a outro... e um tapete de luz surge.... fosforescente... pulsante... desce de uma ponta do Portal e toca a terra....

Corações em alegria... pulsam o Amor.... Amor.... Amor.... em compasso com a extensão do tapete de Luz....

Trabalhadores... Servidores.... Guerreiros.... agora se viram para o centro do corredor... Enquanto as Deusas começam a trazer os seres que aguardam... que saem das várias Bolhas espalhadas na região... e são conduzidos em direção ao tapete de Luz...

Seres cansados... seres felizes... seres sorridentes.... homens.... mulheres.... idosos... crianças... seres vestidos com roupas estranhas.... antigas.... algumas roupas em frangalhos.... outras alinhadas e brilhantes... alguns sendo carregados... outros apoiados pelas mãos... em várias filas..... seguem na direção do Portal de Luz....

Corações amados.... reverenciem estes guerreiros... essas guerreiras... que sobem pelo tapete de luz.... sobem... suavemente... calmamente.... com brilhos nos olhos.... os que já foram... somem no tunel de luz.... os que vem... vieram de diversas partes do planeta... foram resgatados... foram socorridos..... foram curados.....

Uma fila... várias filas.... intermináveis.... por milhares de anos... esperavam.... aguardavam.... agora são trazidos.... seres de luz.... almas irmãs..... cumpriram suas missões.... fizeram suas jornadas..... cada rosto que passa.... a gratidão estampada em seus sorrisos.... sorrisos de anjos.....

Corações amados.....

Vejam quem está ao lado do Portal..... sintam aquela presença... a Presença da Mãe Maria.... que recebe cada ser com bênçãos de Luz... com o toque de suas mãos.... com o carinho do seu olhar.... chuvas de luz..... descem do céu..... e banham estes seres.... sofridos e lutadores... desbravadores e irmãos.... alguns... muitos.... levam um raminho da terra.... como lembrança.... estão indo.... partindo.... felizes....

Queridos Trabalhadores da Luz.....

Esses seres continuarão a subir o tapete de luz.... são milhares e milhares ainda a passar.... por dias este Portal é para estes irmãos...

Que alguns de vocês... como Guardiães da Luz.... permaneçam aqui... ao lado do Portal.... e que outros irmãos e irmãs... continuem a doar a Luz.... que mantém este Portal ativo...

Que assim seja...

Outros Trabalhadores devem retornar.... voltar... enquanto fazem o revezamento neste Portal de Amor... de Paz... de União... na Graça do Pai.... Na Paz infinita e no Amor Fraternal....

A esses guerreiros e guerreiras... a nossa gratidão eterna...

Está feito... está selado....

Em nome do Santo Cristo!

Recolham-se em si meus amados corações... e vibrem o Amor com toda a Devoção... e a nossa Gratidão...

Paz amados"!!!

Pouco depois de retornarmos, a reunião prosseguiu até tarde da noite com os depoimentos das Guerreiras sobre suas novas experiências...

Enquanto isso... no Portal...

O querido Mestre prosseguia em Seu trabalho de Cura...

A Sua Luz intensa iluminava a noite... e Ele caminhava serenamente entre os seres ali estendidos no campo. Ajoelhava e pousava Suas mãos sobre aqueles corpos feridos, desfigurados... tocava nas chagas... nas feridas... tocava as frontes de cada ser... um a um!

O Seu sorriso acalmava... suavizava as dores... alegrava corações...

Ao chegar numa grande cúpula que se parecia com uma bolha transparente e iluminada, Ele entrou...

Centenas... milhares de centelhas começaram a voar em todas as direções... e Ele estendeu Suas Mãos novamente e tocava individualmente cada uma daquelas emanações de vida...

A cada toque divino... essas centelhas se acendiam... “explodiam” em cores e incrivelmente iam adquirindo formas... formas de corpos... corpos de seres... e seres de Luz!

Olhei para o Portal... as filas continuavam a passar pelo imenso tapete de Luz...

- O Mestre ainda está lá meninas!

Todas vibraram em alegria... e fomos dormir naquela noite com o coração e alma em êxtases!

A missão do Portal estava cumprida.

Em Amor sublime,
Na Paz de Cristo!
Shima.

Postar um comentário

 
Top