1


Grupo de Trabalhos

Corações amados,

Saudações da Luz...

Este assunto era para ser tratado durante a reunião no encontro deste sábado – dia 22/06/2013 – mas não foi possível devido à queda da conexão com a Internet. Como todos foram comunicados a tempo, receberam o material para os estudos deste final de semana, pois teremos várias tarefas ao longo dos próximos dias, a começar neste domingo – amanhã...

De posse da programação semanal junto com o calendário de eventos, mantenham-se Unidos no propósito do Serviço à Luz. Permaneçam em comunhão com a essência do Grupo de Trabalhadores e tudo estará bem. A sintonia desta união fortalece e dinamiza a atuação e a interação grupal. Todos vocês pertencem a uma Família Espiritual e hoje se reconhecem como Irmãs e Irmãos na Luz...

Desde o momento em que todos vocês atenderam ao chamado para Servir, foram reunidos para participarem das aberturas dos Portais de Luz na Missão Paz, ocorrida há um mês. A partir deste evento que durou exatos 14 dias, começaram também a receber a atenção da Hierarquia Divina e do Conselho Cármico da Humanidade, iniciando assim, um processo coletivo grupal do despertar da consciência espiritual.

Imediatamente ao término da Missão Paz, a união do grupo se consolidou em torno de alguns participantes que se denominam de Guerreiros e Guerreiras da Luz que são também as Águias que integram o Comando Ashtar em suas Operações de Resgate e Cura. Receberam então um novo chamado para percorrerem uma Jornada de 21 Dias que incluía um processo de limpeza e purificação espiritual...

Na etapa final desta jornada receberam instruções, orientações e treinamentos especiais para iniciarem o cumprimento de suas missões individuais de Vida. Foram uma semana de reuniões e encontros, nas quais muitas revelações foram passadas para tornarem suas consciências mais expandidas e preparadas para o Serviço à Luz...

A primeira tarefa missionária – no final desta Jornada de 21 dias - do Grupo de Trabalhadores em sua nova fase foi coroada de êxito em vários aspectos e essa atividade em si, determinou uma mudança profunda na vida de todos os participantes. Foram selecionados para integrar uma nova Unidade criada pelo Comando para servir nas Operações de Resgate e Cura!

Enquanto isso, os participantes deste trabalho grupal prosseguem em seu processo de despertar da consciência num regime de “maratona” para alcançar as metas estabelecidas na programação. Nestas metas existem os ciclos, fases e etapas que devem ser concluídos com disciplina, estudos e debates, para que o propósito maior do Grupo de Trabalhadores alcance seu objetivo final... A Nova Consciência.

O Trabalho de Cura


Nestas tarefas de resgates de seres no plano astral vão se deparar com situações que devem ser solucionados de forma imediata em muitos casos específicos. Isto se relaciona com o momento em que encontram seres com corpos dilacerados ou extremamente feridos e machucados por danos causados por acidentes ou catástrofes que ocasionaram seus desencarnes físicos.

Para que o socorro aconteça de forma efetiva é necessário um mínimo de conscientização e “sangue frio” para enfrentar essas condições adversas tanto para a “vítima” como para o Trabalhador que faz o resgate. Há casos individuais como há os coletivos. E sempre ter em mente que “cada caso é um caso”! A generalização pode ser danosa, pois um simples ato determina o sucesso de uma operação de resgate.

Os procedimentos de curas são feitas com a emanação de energias através das mãos e dos dedos. As Chamas dos Raios atuarão em cada caso de acordo com a necessidade, pois somos “transmissores” e não os “curadores” e isto deve ficar ciente em cada Trabalhador que esteja no “campo” de trabalho. Ninguém vai estar só e jamais estará desacompanhado de um ser iluminado ao seu lado.

A função do Trabalhador encarnado atuando no plano astral deve-se ao fato de possuir um corpo físico para ancorar a energia telúrica da Terra. Isto possibilita a atuação dos seres interdimensionais e dos grupos extraterrestres que integram todas as equipes e unidades de Resgate no planeta. Não se iludam quanto a isto...

Os treinamentos serão repassados a todos os membros do Grupo de Trabalhadores que fazem parte desta nova Unidade de Resgate do Comando Ashtar. E farão da prática uma constante em suas aprendizagens terrenas. Por isso, muitos de vocês Corações amados, estão sendo “exigidos” nestes encontros diários. Há muitas tarefas e missões a serem executadas e a falta de “mão de obra” fica evidente na hora que surge uma necessidade de ir a campo fazer o que deve ser feito.

Muitas questões têm sido levantadas sobre a quantidade e o tempo em que estes seres estão “aprisionados” nos níveis de densidade máxima nos planos astrais. Isso se deve justamente ao fato de não termos pessoal com preparo e consciência para estas tarefas. E os seres de Luz de dimensões superiores não podem permanecer por muito tempo em níveis de baixas vibrações. A contaminação existe tanto para nós terrenos quanto para eles que são seres de elevada vibração.

O chamado que foi feito para os Trabalhadores da Luz reside neste propósito primordial de Servir. E servir é Doação e Amor... e nada mais se pede a não ser a dedicação despojada de interesses e de apegos. Nossos irmãos que necessitam do nosso amparo há muito esperam por nós, por nosso socorro... por nosso esforço em resgatá-lo. Estão sem forças porque desconheciam este lado da existência e se deixaram levar para estas armadilhas que causaram suas escravidões em camadas com energias pesadas que mais se parecem com grilhões e bolas de chumbo.

Esses Trabalhadores devem ter o espírito das Águias e a alma dos Guerreiros, pois a Luz é simplesmente o Amor... Divino... e Sublime!

Que a Missão seja cumprida,
Na profundidade do Amor Infinito!
Shima.

Postar um comentário

 
Top