3

Comando Ashtar - Pack
 

Estaremos em breve com vós!

Amadas Águias do Comando,

Saudações da Luz!

Há muito tempo gostaria de estar escrevendo este artigo. Mas muito precisou ser feito antes de publicar esta nova informação. Devido aos últimos eventos que tem ocorrido com os Portais de Luz no Oriente Médio e o sucesso que está ocorrendo com esta Missão Paz, é possível agora adiantar algumas notícias que é do interesse de todos os Trabalhadores da Luz, principalmente o grupo conhecido como Águias do Comando Ashtar.

A maior parte destes Trabalhadores são membros do Comando Ashtar encarnados em corpos físicos e cumprem com abnegação e desprendimento nestas tarefas que se comprometeram a fazer nesta época. Outra parte, pertence ao grupo de Guerreiros da Luz e, já mencionamos as naturezas e origens de cada grupo em artigos anteriores.

Nestes últimos dias também recebemos de vocês que estão envolvidos na Missão Paz, vários depoimentos que confirmam estarem recebendo interferências em suas vidas de forma “sui generis” e com o mesmo “modus operandi” executados pelos nossos irmãos menores que estão tentando impedir o avanço da Luz.

O Comando passa a informação de que tudo está sob controlo e em total vigilância, a escolta individual para cada membro do Grupo de Trabalho da Missão Paz está obtendo resultados eficazes em suas tarefas de proteção e amparo.


"Nada temam! Estamos convosco e em comunhão com as tarefas que cada um de vós desenvolve em benefício da Grande Missão. Permaneçam sempre calmos e vibrem o Amor!" – Foi a mensagem do Comandante Ashtar.

Semanas atrás comuniquei a Céliah sobre uma reunião sigilosa ocorrida uns dois meses antes na oitava física entre todos os comandantes da Frota Intergaláctica convocada por Ashtar e a Hierarquia Espiritual da Terra. A pauta deste encontro relacionava-se à comunicação oficial do advento do Grande Ser em nosso planeta.

Muitos comandantes não tinham o conhecimento sobre este acontecimento.

A partir desta reunião formou-se um Conselho Intergaláctico de toda a Frota envolvida com o processo de transição planetária em nosso orbe terreno. A decisão unânime foi a mudança no plano geral das atuações e propósito de cada Comando estabelecido em nosso Sistema Solar, da terceira à quinta dimensão.

Agora, as Unidades estabelecidas na Terra em seus quatro planos existenciais tem funções específicas de atuações com prioridades na Grande Missão que ocorre na superfície do planeta. Todas as raças planetárias que integram a Frota Intergaláctica passam a dar apoio total em todos os níveis de manifestações físicas e interdimensionais.

A unificação operacional de todas as naves em órbita terrestre segue uma única diretriz a partir do Comando Ashtar que coordena todas as atividades no planeta a partir da 8ª dimensão. As operações de resgate e cura continuam com suas atividades normais e rotineiras. Em caso de emergência na superfície terrestre já estão delineadas as ações que devem ser executadas imediatamente.

O Decreto Divino sobre a Intervenção no planeta Terra está sob a custódia do Comandante Ashtar e é Dele a primazia para determinar a necessidade de uma possível atuação de apoio ou socorro a pedido do Grande Ser.

Em todos os pontos estratégicos do planeta estão estacionadas várias naves-mães orbitando bem próximos à superfície. Á noite é possível avistá-las.


Sobre a Aparição Física das Naves

Assim que for concluída a tarefa especial do dia 30/05, uma nova revelação será feita à humanidade. Nesta mensagem haverá uma orientação sobre os procedimentos iniciais a serem tomadas pelas Àguias do Comando encarnadas no plano físico. A operação será compartilhada em conjunto com todos os Trabalhadores da Luz no planeta inteiro.

Desde meados do ano passado estava prevista o aparecimento físico em massa das naves da Frota Intergaláctica em nosso planeta. O que não ocorreu é devido a uma orientação pessoal do Comandante Ashtar para evitar um estado de pânico generalizado entre os seres humanos que não estão ainda preparados para a presença das naves.

Outro aspecto refere-se a não interferir no livre arbítrio da humanidade. Em outro caso, poderia criar um conflito desnecessário ocasionando uma situação que poderia caracterizar uma invasão planetária e, isto o Comandante não deseja. É necessário que os governos concordem com a vinda pacífica da Frota em nossa superfície. Caso contrário poderia haver uma reação negativa nos meios militares terrestres e este tipo de confronto o Comando quer evitar a qualquer custo.

Não há pressa em causar o aparecimento em massa das naves da Frota, mesmo que a intenção de vários comandantes seja esse, porque o propósito da presença “extraterrestre” precisa ser compreendido que a sua missão é de paz e o entendimento que se deseja por parte da humanidade é não ocasionar uma onda de histeria coletiva, pois isso não é benéfico para nenhuma das partes. O Comando vem com o objetivo de auxiliar a humanidade terrestre em sua transição e a tecnologia que possuem será um grande avanço para toda a raça humana.

Aguardamos os términos dos trabalhos da Missão Paz, porque depois deste evento, tudo será possível no planeta Terra em sua jornada cósmica.

Que o Manto da Paz,
Estabeleça o Reino da Luz!

Em Amor,
Shima.

Postar um comentário

 
Top