1



Hoje é dia 4 de outubro de 2012, uma quinta-feira ensolarada. Não tem como dizer que algo transcendental não tenha ocorrido comigo depois de um processo de purificação espiritual que começou na noite do dia 29/9 em pleno início da Lua Cheia e só foi concluída na madrugada do dia 2/10, três dias depois. O efeito foi forte – intenso e profundo – aflorando toda a minha sensibilidade.

Este trabalho que chamo de “purificação espiritual” é um processo que engloba dois aspectos fundamentais que são: a sutilização dos três corpos (físico, emocional e mental) e o seus alinhamentos energéticos (aumento das frequências vibracionais). Normalmente isto ocorre durante um retiro para um lugar onde tenha ou um santuário ou um portal de luz. Neste último, ocorreu em casa mesmo.

Com a exceção da “Jornada de 10 Dias”, ocorrida em maio passado, que foi outro processo, este de agora está relacionada ao que ocorreu no ano passado em Caldas Novas/GO, nos dias 8, 9 e 10 de outubro, quando foi concluída a quarta iniciação, portando, há um ano. O significado destes dois procedimentos tem relação com o momento atual: a Ascensão.

Para entrar na corrente da quinta iniciação, a alma peregrina tem que concluir as 4 etapas da sua evolução terrena. Aquele que alcançar a quinta etapa alcança a maestria dos quatro mundos inferiores da manifestação tridimensional e está livre da roda de renascimentos. Uma parte da humanidade está concluindo a quarta etapa e está a um passo da ascensão. Se ainda assim, não chegar à 5ª dimensão, estará automaticamente na 4ª esfera.

Apenas aqueles que fizerem suas escolhas para permanecer ainda na 3ª dimensão, mesmo com a aptidão da 4ª, poderão fazê-la e, isto tem sido a opção da maioria dos seres humanos. Mesmo que o despertar em massa esteja ocorrendo por todo o planeta, muitas pessoas ainda têm seus apegos em vários níveis, o que não devem ser encarados de forma negativos, mas sim que precisam experienciar estas sensações e dominá-las. Os mundos inferiores da terceira dimensão foram criados com essa finalidade. Para este aprendizado.

O que é a ascensão?

O Plano Divino estabelece um campo de experiências multidimensionais, onde seres espirituais possam criar de acordo com as Leis Cósmicas. A partir de pequenas centelhas de vida emanadas de si mesmos, eles iniciam a descida à matéria, cujo processo é a densificação lenta e gradual. Suas criações são ancoradas em quatro planos diferenciados, mas interligados e complementares. São os quatro mundos inferiores que compõem a densidade física.

No plano etérico é construído a semente do modelo dos corpos de acordo com a personalidade do seu criador. Esta semente mantém sua matriz na quinta esfera, de onde vai ser observado ao longo da sua jornada evolutiva. A segunda escala é o nível mental, onde é implantada também uma semente com sua frequência original estacionada na sexta esfera. Em seguida, na terceira fase surge a semente do aspecto emocional que acionará o corpo de sensações, e estará conectada com a sétima esfera.

Por último vem a semente da consciência física que ficará ancorada num corpo carnal. Este veículo de manifestação foi criado apenas para este propósito, atuar no plano físico como um instrumento receptor e emissor da mente do seu criador. Desenvolvido ao longo de milhões de anos - foi um projeto único dentro do nosso universo -, o corpo humano foi criado a partir da própria matéria que já existia neste planeta, diferente do ocorrido nos outros orbes em que foram levados protótipos de corpos físicos.

Em cada um dos quatro planos de manifestação a descida seguiu uma linha evolutiva que neste caso, poderia ser considerada uma linha de involução. E para cada uma das experiências, foi moldada uma civilização nos moldes existentes na sociedade cósmica. As duas primeiras destas criações não deixaram registros porque não foram manifestações no plano físico, mas sim anteriores.

O plano físico está no quarto nível, no ponto mais denso do grande círculo. Os três primeiros simbolizam a descida, sendo que a terceira conhecida como lemuriana, era uma raça muito especial e refletia o aspecto astral com suas qualidades mediúnicas. Desenvolveu a terceira visão como característica básica e em suas sete sub-raças alcançou a evolução para o corpo denso, o quarto. Onde estamos é o meio da jornada, a partir deste nível começa a subida para a quinta ronda, ou melhor, a linha evolutiva, pois nos leva direto para a fonte de onde partimos. Após passar pelo sexto e sétimo nível, completamos todas as sete rondas previstas para esta humanidade terrestre.

A confusão hoje sobre a quarta ou quinta dimensão relativa ao nosso destino está relacionada ao atraso de uma ronda, causada por um acidente entre a terceira e quarta civilização. Foi neste período que surgiu um novo projeto denominado de “Missão Terra” elaborado por um excelso ser, cujo amor pelo nosso planeta e sua humanidade, evitou que a vida fosse extinta na Terra. Mas, isso é outra história. A quarta civilização, a Atlântida, alcançou em seu período evolutivo as metas traçadas para o domínio do plano físico relacionado ao corpo sensorial.

Infelizmente, houve intervenções externas vindas de outros planetas ocasionando o bloqueio do processo ascensional da humanidade naquela etapa, impedindo assim a continuidade do projeto evolutivo. A humanidade estacionou novamente até a vinda de um interventor divino, que reacendeu o projeto original conhecido como Plano Divino.

Portanto, apesar do atraso conseguimos avançar para a quinta civilização onde alcançamos um nível de desenvolvimento mental capaz de fazer a religação com a nossa origem espiritual. Este foi o objetivo proposto no projeto Missão Terra. A quinta ronda estabelece a nossa conexão com o nosso criador – eu superior – e o nosso retorno como alma peregrina às esferas celestiais.

É nisso que consiste o processo ascensional. A passagem de uma ronda evolutiva para a seguinte. E para prosseguir nesta jornada, de nada adianta manter-se preso ao antigo modelo e suas convenções, pois o novo sempre trará outras perspectivas de crescimento, aprendizado e evolução. E cada etapa tem levado milhares e milhões de anos para serem concluídas. Então, porque permanecer na velha casa em ruínas, se uma civilização inteira está sendo construída para uma humanidade mais evoluída?

Há que romper as correntes das energias negativas de baixa frequência que travam o avanço da alma humana em sua experiência terrena. Os portais estão sendo abertos para toda a humanidade. Mas só poderão passar aqueles que deixarem seus apegos e medos para trás, porque são como “bolas de ferro” atados às correntes, e impedem a sua elevação suave e harmoniosa.

Não há necessidade de ritos mirabolantes ou curas milagrosas, basta que cada alma peregrina alcance apenas os 51% de positividade para estar às portas da ascensão. Na dualidade é metade boa ou metade ruim, então basta 1% de esforço para se entrar na fila. E isto é possível apenas com Amor e Compreensão. Nada mais.
Estamos na reta final da Ascensão.

Os últimos anos têm sido confusos e conflituosos na vida individual de cada um. Essa foi uma realidade diante de todos vocês que geraram dúvidas, incertezas, depressões, mal estar e até conflitos existenciais. As visitas aos médicos terrenos têm sido uma rotina constante, embora o sentimento de que a cura estava além da ciência soprasse em seus corações.

As mudanças que estão ocorrendo por todo o planeta sinaliza a finalização da “realidade” do mundo dual que estivemos vivendo até hoje. Enquanto a dualidade persistiu por esses milhares de anos, assistimos os embates intermináveis entre as Forças da Luz e das Trevas. Vivíamos na “era da escuridão” onde tudo foi permitido através da Lei do Livre Arbítrio e isso fez parte do grande processo de resgate da humanidade desde a sua “queda”.

Todos nós estivemos em um dos lados destas Forças, em várias encarnações tanto no bem ou no mal, para aprendermos o domínio das energias, independentemente da nossa vocação original. Alguns fizeram suas escolhas de permanecerem ao lado das Trevas e outros de prosseguirem sua caminhada evolutiva rumo à Luz. A grande batalha que sempre permeou neste plano terreno restringiu-se entre dois pontos: o caminho da liberdade da alma ou a sua escravidão através do domínio.

Agora, o grande Círculo se fecha.

O domínio das Trevas chega ao fim. A vitória da Luz está consumada. Isto ocorreu por um decreto divino do nosso Criador. A divisão que se estabeleceu entre as entidades humanas encarnadas neste plano tridimensional foi como um véu lançado na consciência física para impedir de ver além das sensações físicas. Foi um plano bem arquitetado ao longo de milhares de anos, quando as forças trevosas assumiram o controle da Terra e manipularam o processo evolutivo da raça humana, através da grande mentira que disseminaram por todo o planeta.

Não há nos tempos atuais qualquer “sombra” onde esses seres trevosos e seus aliados possam se esconder ou manipular a massa humana. Tudo e toda a verdade vêm à tona! A época que estamos vivenciando é a “queda das máscaras” e não há como esconder as más intenções ou propósitos escusos. A opinião pública está sendo iluminada pela Força da Luz. Todo o planeta está sendo banhado pela Luz. E a raça humana está caminhando num tapete de Luz!

O final do ciclo cósmico é agora. E vamos vivenciar isto, testemunhando um dos mais lindos espetáculos deste nosso Universo quando a Terra e a sua Humanidade derem o salto quântico rumo à nova Era. Esse é o tão esperado momento da Ascensão. E, hoje mais do que nunca, e em nenhum momento da história humana, foi tão necessário que cada ser humano - uma alma espiritual – encontrasse a sua paz interior. Porque na sua serenidade verá a harmonia entre toda a vida que flui à sua volta e nesse instante, o seu discernimento aflorará em seu coração e na sua mente, dando-lhe a visão magnífica da sua divindade dentro da Criação.

Vocês, Almas Estelares, são os Anjos Celestiais que vieram a este mundo para trazer a Luz e, fizeram isto com a Força, Fé e Coragem. Recolham-se em si mesmo a partir deste momento, reconheçam-se como uma grande família cósmica atraindo-se uns aos outros na única canção que toca em seus corações: a melodia do Amor!

Um lindo regresso para todos vocês!!!

Paz eterna!

Shima




Postar um comentário

 
Top