0




"Colhemos aquilo que plantamos ao longo da nossa jornada terrena; receberemos sempre a nossa cota que contribuímos na semeadura!"


O ser humano quando passa por uma purificação espiritual (transformação e transmutação dos seus níveis vibracionais), sente como primeiros sintomas que se manifestam a nível físico, as febres e as dores que surgem no próprio corpo. Dependendo da gravidade da situação, a febre, quando atinge o seu ponto culminante, pode retroceder se o primeiro estágio do processo de cura for concluído naturalmente, e pode, também, entrar no estado de convulsão se o processo de cura for longo.


O espírito da Terra, nos tempos atuais, está passando por um período de transmutação - ascensão planetária - que faz parte do seu processo de evolução espiritual, pois o nosso planeta é um ser vivo e pertence a um grupo de seres de Luz que seguem outra linha evolucional dentro deste nosso Universo Local. Uma das razões da sua existência é servir de abrigo para sustentar o projeto evolutivo das almas humanas.


A nossa querida Terra, hoje, está em estado convulsivo.


Isto ocorre porque a nossa humanidade durante a sua jornada sobre a face do planeta violou os acordos que foram firmados de respeitar, preservar e cuidar do lar que lhe foi cedido, através da compreensão amorosa e maternal do espírito da Terra. Além dos danos físicos e materiais causados pelos seres humanos em sua ânsia por riquezas e poderes, a Terra também foi prejudicada nos seus níveis mais sutis.


Este fato chegou a tal ponto que a aura da Terra perdeu o seu brilho radiante e de extrema beleza. A Mãe Terra foi contaminada pelos sentimentos e emoções de grande negatividade - como ódios, raivas, vinganças, mágoas, ressentimentos e todos os efeitos oriundos destes aspectos - alimentando um ciclo vicioso que envolveu até a parte mental do ser humano. Seus pensamentos se desviaram do lindo propósito para o qual existia: evoluir.


A humanidade ficou presa na tridimensionalidade, quando se tornou escrava de si mesma. Tornou-se prisioneira dos seus desejos e dos seus prazeres terrenos e escravizou também o seu corpo mental, para atender ao lado emocional do ser humano. A reversão do estado original do ser divino que somos é que causa todos os sofrimentos que fazem parte do nosso cotidiano nesta vida física.


A atmosfera da Terra está tão impregnada desta negatividade que se formam densas nuvens - que são uma espécie de toxina - com diversas camadas e cada uma delas é "imantada" com as energias negativas da psique do ser humano - emocional e mental. Conforme uma pessoa expressa seus sentimentos, conforme ela emite seus pensamentos e do modo como ela age - palavras e atitudes - ela acrescenta ou não mais volume nessas nuvens. E essas nuvens, em contrapartida, funcionam como verdadeiros ímãs.


As suas "camadas internas" interagem com os indivíduos aqui embaixo. Essas energias são atraídas por aqueles que vibram na mesma sintonia do aspecto negativo em si. É aí que se forma o ciclo vicioso, quase imperceptível para o ser humano que ficou "embrutecido" e "insensível" - principalmente por causa do seu egocentrismo - diante do seu semelhante e com o seu meio ambiente. As energias densificadas destas nuvens, em sua interação com o ser humano, multiplicam-se e contaminam a aura do espírito planetário da Terra.


É neste ponto que o nosso planeta entra no seu processo de cura. O estado febril - como no caso do corpo humano - se observa no aumento da temperatura do globo terrestre. Devido ao grande "lixo" que se acumulou nas camadas energéticas do seu corpo, ela atinge um ponto em que o estado convulsivo se torna inevitável. Este é o motivo das grandes catástrofes naturais que ocorrem atualmente.


O espírito da Terra esteve também adormecido como ainda está a maioria da humanidade. Ela vem acordando há quase duas décadas e está em seu pleno processo ascensionário. Ela sabe que cumpriu a sua parte no projeto divino nesta dimensão e que agora vai para a sua próxima etapa evolutiva. Ela tem o seu próprio caminho a percorrer. O que muitos não sabem é que o espírito planetário da Terra renunciou a uma evolução superior e de forma voluntária - muitos espíritos planetários declinaram do convite - aceitou participar do projeto evolucional das almas humanas, dentro da tridimensionalidade.


Por causa desta aceitação foi-lhe concedida a ascensão física, após o término desta experiência. É o que está acontecendo agora. E a humanidade, como fica nesta história toda? Como a nossa humanidade tem outra linha evolucional - a humana - segue por outro caminho, embora paralelo. Toda evolução segue adiante e para cima, como numa espiral ascendente. Independentemente do estágio em que se encontra a própria humanidade terrestre, a Terra vai prosseguir em sua caminhada. É assim que tem que ser.


As catástrofes que se abatem sobre todo o planeta irão continuar a acontecer até o ponto em que ocorrer o salto quântico da Terra. Isso significa que ainda virão mais e maiores tragédias que atingirão a humanidade como um todo. Ninguém estará livre dos seus efeitos porque de alguma forma - em muitas vidas passadas - contribuímos para que isso, um dia, viesse a surgir. É o tempo da colheita!


Paz!

Shima

Postar um comentário

 
Top