0

Todo o ser humano é formado por energias condensadas. Somos criaturas de pura energia. Emitimos e recebemos ondas energéticas. Interagimos em nosso meio ambiente e nas nossas relações pessoais criando campos energéticos. E cada ser humano, não importa qual a sua personalidade que está vivenciando hoje, tem a sua "marca" original desde a sua criação como ser espiritual e, toda a sua "obra" carrega a sua "assinatura". (Processo de purificação – Despertar da Consciência 9)

Ninguém é obrigado a aceitar aquilo que não quer e pode então recusar. Ao recusar a carta que lhe foi enviada, o correio o devolve ao remetente. Não importa quem, mas aquele que receber a carta e abri-lo será contaminado. Com o acréscimo da “poeira” e da “sujeira” que se acumulou em sua “viagem”. Tudo o que se refere à vibração é potencializada pelo próprio meio em que ela se move, atraindo as mesmas energias “soltas no ar”, igual a um imã. Portanto, existe a Lei do Retorno. (Reforma íntima – Despertar da Consciência X)

O tema deste artigo é baseado nas minhas vivências – mais de 40 anos - sobre a espiritualidade humana e o assunto aqui é relacionado à magia e feitiço, um instrumento muito utilizado tanto pelas forças da Luz como das Trevas. A energia que vibra no Universo é a essência de toda a Criação. Essa energia é o Amor.

Na sua densificação no mundo da forma (3ª dimensão) ela é manipulada de acordo com a Lei do Livre Arbítrio. Nesta manipulação, essa energia é usada para a criação do Bem ou do Mal, e depende da intenção do seu criador em questão. O aspecto positivo desta energia na sua essência original é o Amor. O lado negativo desta mesma energia que foi implantada neste plano dimensional, onde fazemos as nossas experiências humanas, é o Medo.

O “medo” é um mecanismo que foi implantado dentro de nós em um passado remoto, quando éramos seres livres, felizes, saudáveis... perfeitos! Vivíamos em harmonia... em comunhão com a criação divina. A Terra era o paraíso! Uma das grandes ilusões que foi inserida na mente do ser humano é que quase tudo o que fazemos de “errado”... é pecado! Criou-se a partir disso uma egrégora onde a humanidade toda foi praticamente aprisionada... e escravizada. (O quarto escuro – Parte II)

O fato de a nossa humanidade estar em permanente estado de conflito durante mais de 400 mil anos, deve-se à implantação deste mecanismo criado com a intenção de dominar a raça humana neste planeta. E, foi no último grande conflito cósmico encerrado há 13 mil anos – quando as Forças da Luz foram derrotadas – que o domínio das Trevas se estabeleceu neste planeta. Desde então, ficamos confinados numa quarentena (“cortina de ferro”) imposta pela Hierarquia Espiritual, cuja consequência foi o isolamento da humanidade terrestre da sociedade universal.

Neste atual momento em que ocorre a transição planetária para uma nova era, surge a oportunidade de se transmutar essa energia negativa. É isso que está acontecendo por todos os cantos do nosso planeta e com a nossa humanidade. Durante os últimos milênios, as Forças da Luz se infiltraram na Terra através das encarnações sucessivas de seus membros em diversos locais da Terra e estabeleceram os pontos estratégicos para a futura ancoragem da Luz. Nesse objetivo, as batalhas se sucederam em cada recanto deste orbe terreno conhecido na história pela guerras de conquistas. A paz somente será alcançada quando a humanidade voltar ao seu estado original. Á sua divindade.

Na grande batalha que vem ocorrendo no plano físico nos últimos anos, está acontecendo no nível de manipulação das energias em suas diversas facetas e nuances. O desconhecimento sobre estas ocorrências está levando a maioria dos trabalhadores da Luz a desistirem de suas missões, porque estão num estado de conflito interior, contaminado pelo medo. Isto é conhecido hoje como “conflito existencial”. É a brecha utilizada pelos nossos Irmãos Negros, nos ataques contra a implantação da Luz em nosso mundo terreno.

Além dos permanentes conflitos entre os seus "Eus" a personalidade ainda tem que retirar, pouco a pouco, os véus que cobrem seus olhos e que a impedem de ver a verdadeira realidade da sua existência. Tem que conhecer, durante a sua experiência terrena, o significado dos cinco sentidos e seus efeitos e consequências. Após isso, fica sabendo de outros mais sutis que ignorava por completo. (Guerreiros da Luz)

Vocês estão passando por intensas transformações em suas vidas terrenas o que acarreta imensas dúvidas e muitos conflitos internos. Chegam a vislumbrar essas mudanças que estão por vir porque possuem a visão das águias. Mas vacilam diante da decisão que precisam tomar. A pressão é intensa e terrível. Apavoram-se ante a grande guinada que irá sacudir a vida de vocês. Temem o fato de serem marginalizados ou mesmo ridicularizados por aqueles a quem sempre dedicaram seus afetos. (O voo das Águias)

"Agora, não há mais tempo para questionarem se "Isto vem de Deus!" e "Isto não vem de Deus!" É hora de tomarem vossas decisões e escolherem de que lado estão! Ninguém mais conseguirá ficar em cima do muro porque este irá desmoronar. A hora chegou!" (Aos filhos da Luz – Alerta!)

Portanto, voltando ao assunto sobre magias e feitiços, quero esclarecer que as minhas experiências nesta área alcançam um conhecimento além da consciência física, astral e mental, onde as forças trevosas têm atuado. Muitas vidas foram perdidas e não foram acidentes ou doenças fatais. Foram manipulações energéticas. Este conhecimento e a utilização dos sentidos mais sutis para entender a metodologia utilizada em cada ataque, evitou que eu mesmo desencarnasse em diversas situações bizarras e absurdas.

“Faça a tua parte neste momento! Estamos te amparando nestes momentos difíceis em que está sob ataques constantes. Ampliamos a nossa proteção à sua volta, cuide apenas das brechas que estão sendo usadas e que já está consciente delas, feche-as, cuidaremos do restante!” (Ashtar – Orientação do Comando)

Durante toda esta minha existência física passei por situações que envolveram a magia negra e os feitiços (macumbas), cujos trabalhos desencadearam uma série de consequências desastrosas para ambos os lados. A grande lição que obtive neste embate é que há realmente a Lei do Retorno. Esta é a minha segurança. A linha da cura e do resgate se processa através deste conhecimento. Não importa o caminho que um ser procura trilhar em sua jornada terrena. Também não são relevantes as perdas durante o caminhar e sim o aprendizado que acompanha o peregrino.

Nada se perde na “natureza”, tudo se transforma! E, foi este o meu aprendizado em cada ataque dos nossos irmãos negros: “o feitiço sempre volta contra o feiticeiro!”... Infelizmente ou não, é triste comprovar através de acontecimentos traumáticos, o resultado e a inversão das energias que foram criadas para o Bem. O último evento ocorrido neste mês teve um desfecho dramático com a perda de uma vida humana, ainda em sua juventude, ocasionada pelo mau uso das energias.

O Universo responde.

Paz!
Shima
(30/03/2012)

Postar um comentário

 
Top