0

A Jornada Espiritual 
A Visão Multidimensional
Ciclos de uma Jornada

Hoje completa os 10 dias da Cura Cármica. Até agora, está tudo bem, com o corpo totalmente estranho, aliás, vibrando muito intensamente, principalmente a cabeça. Sinto-me às vezes rodopiando igual um pião. Para mim, este aspecto é novidade. Ficar girando como se estivesse no vórtice de um redemoinho!

Outra coisa é bem estranha mesmo e se relaciona ao modo como me comporto ou como minhas sensações são expressas. Sinceramente é como me sentir um "estranho no ninho", como se eu não pertencesse mais a este mundo.

Ontem, durante a festa do meu aniversário... era como se a festa fosse para outra pessoa. Não me senti em festa, embora pudesse perceber que aquele encontro familiar tivesse um significado especial de reconciliação. É a primeira festa de aniversário que fazem para mim após mais de 20 anos!

Ultimamente tenho recebido muitas demonstrações de afetos e carinhos e, fazendo novas amizades. Essas novas amizades são interessantes, porque me chamam muito a atenção. Eu, na verdade sinto a necessidade de ter a minha liberdade de ir e vir, fazer o que eu quiser da minha vida, sem ter que dar justificativa para ninguém.

No caso da Jornada do 9º Dia, aconteceu algo surpreendente.

Algo que vinha tentando desvendar há anos, desde dezembro de 2006. Relacionava sobre a minha última encarnação, que pelas orientações que recebia, eu deveria ter paciência porque "sempre" não era o momento ainda.

Esta última encarnação é um ponto que busco respostas desde a minha primeira viagem a Okinawa em agosto de 1990, quando descobri uma série de fatos que me ligavam àquela ilha no Pacífico.

Pois bem, ontem de manhã quando perguntei sobre o tema que seria trabalhado na cura cármica, apareceu a intuição sobre esta última encarnação. Com essa revelação, muitos fatos e muitos problemas de conflitos existenciais estavam ligados com os últimos eventos da minha existência passada.

Senti um alívio imenso com as respostas que surgiram sobre esta e aquela vida. Estou mais tranquilo e sereno agora e, feliz.

Hoje, continuo fazendo reflexões sobre tudo o que ocorreu comigo nos últimos dias...

Sinceramente, ainda é cedo para afirmar ou confirmar essas mudanças radicais que aconteceram de forma tão rápida e, eu diria até instantânea. Uma coisa é certa: não sinto a mesma coisa de antes da Jornada.... algo muito, mas muito profundo aconteceu....

Olho para o céu e vejo uma série de luzes cobrindo tudo... parece que estamos envoltos numa imensa camada de luzes, são fachos que cruzam o espaço como se entrelaçando.... muito impressionante isso tudo...

Sinto também o meu interior muito bem equilibrado... mesmo que às vezes me atrapalho um  pouco com essa nova situação... o meu corpo físico está bem estranho e ainda  não sei exatamente como lidar com ele... mas responde bem... eu sinto o meu corpo físico bem vivo... vida própria... algo novo para mim.... é como estar sentado dentro de um carro e sentir o motor funcionando... trepidando... se movimentando... algo assim...

A nuca e a fronte... está constantemente irradiado... uma vibração que as vezes me deixa um pouco tonto (lapsos momentâneos)...

Quando estou no meio de movimento de pessoas, elas parecem meio que "zumbis" à minha volta... tudo parece em câmara lenta... muito estranho isto... parecem todas sem vontade própria...

Ao ficar contemplado o céu... à minha volta... eu vejo cores mais nítidas... bem diferentes das "normais" que se parecem agora opacas... vejo energias fluindo por todos os lados... vivas... de uma beleza ímpar...

Sabe amiga, é como estar sentado num computador olhando a tela do monitor passar imagens holográficas, de cenas ocorrendo como nos jogos virtuais onde você vê e interage... olhas as ondas de energias desses personagens criados nos jogos eletrônicos... na verdade, eu me sinto em outro patamar... como se estivesse no alto de um edifício, observando o movimento de pessoas e de coisas lá embaixo na rua, na calçada... assistindo o desenrolar das cenas, como nas novelas de tv.... mais ou menos isso... sei lá como explicar isto?!

Estou agora, pesquisando e estudando tudo o que é possível sobre os corpos que foi trabalhado no processo de cura kármica... e muitos deles não tinha conhecimento... embora eu tivesse passado por várias experiências com esses corpos, não sabia o nome deles... agora é diferente. Tenho consciência deles!

Por enquanto, fico por aqui... é muito assunto e ainda estou digerindo essas informações e acontecimentos...

Depois falamos sobre tudo isso.

“Meu querido amigo.

Fico muito feliz por você ter me permitido participar de sua jornada.


Você está ancorado na 6a dimensão com os seus corpos e sua nova percepção. 


É daí que você começará a sua etapa de buscar pessoas para compartiharem esse estado e também ajudar nas que ainda não estão prontas para tal.

Todos esses sintomas são decorrentes do processo quando é aproveitado na sua plenitude.

Vá em frente, pois agora a sua real jornada começou!” (Amiga anônima)

Paz...
Shima

Postar um comentário

 
Top